Vestibular de Medicina: por que não se inscrever somente no Enem?

objetos de profissional de medicina

Saber tudo sobre Medicina é o sonho de muita gente! Mas ser aprovado é também uma grande preocupação dos estudantes, já que estamos falando sobre um dos cursos mais concorridos para o vestibular. Além disso, as provas tendem a ter muitas especificidades que deixam o candidato de cabelo em pé.

Mas vamos ser sinceros: todo esse esforço vale muito a pena! Além de ser uma profissão muito gratificante, a Medicina tem um dos melhores salários entre as carreiras — um clínico geral recém-formado recebe cerca de R$ 7 mil* — e conta com a alta valorização no mercado de trabalho.

Por isso, saber como funciona o vestibular de Medicina é muito importante se preparar para as provas e saber quais são as suas opções pra ingressar nessa faculdade. E o Enem não é tudo! A seguir, a gente fala sobre alternativas e mostra como a Pitágoras pode te ajudar a ser um grande médico.

Como funciona o vestibular de Medicina?

Pra se tornar um clínico ou ingressar numa das várias áreas da Medicina, é importante saber como a prova funciona, né? Afinal, esse é o primeiro grande passo na sua jornada.

O vestibular pra essa carreira é um processo diferenciado. Ainda que muitas instituições façam uma prova padrão pra todos os cursos, os vestibulandos de Medicina precisam lidar com alguns detalhes.

Eles podem ser:

  • necessidade de pontuação maior em provas que 1 questão = 1 ponto;
  • necessidade de pontuação superior pra nota de corte no Enem;
  • questões elaboradas especificamente pra esse vestibular;
  • pesos diferentes pra matérias distintas (uma ênfase maior, por exemplo, no caderno de Ciências da Natureza no Enem).

Em resumo, tanto os vestibulares próprios das faculdades quanto o uso da nota do Enem por essas instituições podem sofrer alterações quando o assunto é Medicina.

Por isso, sempre leia o edital — documento essencial para saber direitinho como funciona o vestibular de Medicina — com muita atenção e saiba no que deve focar e como precisa estudar!

Em quais situações a nota do Enem pode ser usada?

O Exame Nacional do Ensino Médio acontece uma vez ao ano (normalmente em novembro), em 2 dias distintos. A nota conquistada nessas provas pode ser usada:

  • no Sisu, pra vagas em faculdades públicas;
  • no FIES ou Prouni, pra vagas, bolsas e financiamentos em faculdades particulares;
  • em instituições privadas, que utilizam, às vezes, a nota como substituição ou complemento ao vestibular tradicional.

Por que não se inscrever apenas no Enem?

Como dá pra ver, a nota do Enem pode ser utilizada em muitos lugares. Porém, a gente precisa estar atento a um fator importante: a concorrência. Para o Sisu, por exemplo, ela é muito acirrada e envolve notas de corte altíssimas. Por isso, é bem complicado conseguir uma vaga em Medicina a partir desse programa.

O Prouni e o FIES, por outro lado, são opções muito interessantes e com possibilidades melhores de ingressar num curso superior. Apesar disso, a concorrência também é bastante acirrada.

Sendo assim, não se inscreva apenas no Enem! Amplie as suas chances de começar um curso de Medicina o quanto antes. Caso você consiga o ingresso por meio dessa prova, ótimo! Mas ter outras cartas na manga é uma estratégia inteligente quando falamos de um curso tão concorrido quanto esse.

Quais são as características do vestibular de Medicina?

Enfim, chegou o dia da prova. O que esperar quanto ao nível de dificuldade e às características do vestibular de Medicina? É o que a gente vê a partir de agora.

Alta concorrência

Muitas pessoas querem seguir uma carreira na área da Medicina, mas há poucas vagas disponíveis na faculdade. Isso gera um desequilíbrio que acaba num problema que a gente já viu: a alta concorrência.

Uma das características principais desse vestibular é a grande quantidade de candidatos concorrendo por pouquíssimas vagas.

banner plano de estudos medicina pitágoras

Prova específica

Provas como o Enem são iguais pra todos os candidatos, independentemente do curso. A diferenciação acontece na seleção pelo Sisu, Prouni ou FIES, nos quais os cursos de Medicina têm notas de corte mais altas.

Mas as instituições particulares podem fazer provas específicas para os vestibulandos de Medicina, com um conteúdo mais focado naquilo que o futuro médico precisa saber. Fique de olho nos editais!

Exigências específicas pra provação

Outra diferença possível é o peso nas provas. Vamos pegar como exemplo o caderno de Ciências da Natureza no Enem e uma faculdade, que vamos chamar de X. O vestibular, na instituição X, pra Arquitetura aplica peso 1 pra essa área. Já em Medicina, o peso é 3.

Essa lógica também pode ser seguida pra outros cadernos ou até mesmo pra provas que não sejam o Enem. Novamente, tudo isso está sempre explicadinho no edital, que deve ser lido com calma e atenção.

Programa de bolsas e descontos

Conseguir uma bolsa em Medicina é possível, mas também é provável que você veja regras específicas pra conquistá-las. No Prouni, por exemplo, o programa exige uma pontuação maior no Enem pra que o candidato possa participar da seleção.

Outras instituições facilitam a vida desse estudante que já dá tão duro na preparação para as provas. Na Pitágoras, o Creditas é uma estratégia concedida exclusivamente aos alunos dos cursos de Medicina, Odontologia e Medicina Veterinária.

Como funciona o curso de Medicina na Pitágoras?

Pra terminar o nosso bate-papo, não podemos deixar de apresentar o curso de Medicina na Pitágoras!

Oferecido no campus de Eunápolis (Bahia), essa é uma graduação focada em te preparar para o mercado de trabalho e, claro, pra prática da profissão. Tudo isso sem deixar de lado a humanização e a preocupação com os pacientes!

Em resumo, é um curso com alto nível de preparo técnico, teórico e também prático.

Alguns dos diferenciais desse curso são:

  • tradição de décadas;
  • parceria com o Mais Médicos;
  • campus com toda a infraestrutura necessária;
  • docentes capacitados;
  • acesso à Policlínica da cidade e às Unidades Básicas de Saúde;
  • metodologia PBL, com uma abordagem baseada na resolução de casos clínicos;
  • parcerias e programas internos que promovem o melhor aprendizado, além do contato com a tecnologia e do desenvolvimento de habilidades fundamentais para o mercado (como a empatia, o trabalho em equipe, o raciocínio lógico e muito mais!).

Além de tudo isso, temos diversas formas de ingresso, incluindo o uso da nota do Enem e um vestibular online próprio!

Se prepare desde já!

Prestígio, valorização no mercado de trabalho, ótimas remunerações e, claro, a sensação única de salvar vidas e ajudar outras pessoas: essas são apenas algumas das vantagens do vestibular de Medicina e de investir nessa carreira. Se isso é o que você realmente deseja, vá em frente!

Agora que você já sabe como funciona o vestibular de Medicina, não perca tempo! Se inscreva agora mesmo para as provas da e dê o primeiro passo rumo a uma carreira de muito sucesso e reconhecimento!

 *Sujeito a alteração

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content