Por que a profissão de professor é cada vez mais valorizada?

porqueaprofissaodeprofessorecadavezmaisvalorizada

A ciência e a tecnologia trouxeram mudanças profundas para a sociedade e impactaram, especialmente, o mercado de trabalho. Com a crescente modernização, algumas profissões deixam de existir e outras se transformam totalmente. Mas um aspecto se mantém mesmo diante dessas modificações: a valorização do professor.

Houve quem apostasse que a docência seria impactada de maneira negativa com o aumento da rapidez no compartilhamento de informações. Mas, na verdade, os mentores continuam sendo protagonistas na disseminação de conhecimentos.

Com isso, a carreira como professor não só se manteve, mas também passou a ser mais valorizada a cada dia. Afinal, esse profissional será sempre necessário. Quer saber por que? Nós contamos a seguir!

Por que a valorização do professor é cada vez maior?

Muitas pessoas têm dúvidas sobre seguir ou não a profissão de professor. Entretanto, ainda que enfrente alguns desafios em sua carreira, o docente também conta com uma valorização profissional crescente — que resulta em melhores oportunidades no mercado de trabalho. Veja por que isso acontece!

Tem papel central na formação da sociedade

Uma observação superficial sobre o funcionamento das sociedades hoje já deixa evidente a importância do professor. Inclusive, a própria tecnologia que temos atualmente não seria possível sem a presença desses profissionais.

Por que não? É simples: o professor é necessário para que ocorra a aprendizagem e o desenvolvimento, seja em que área for. Ele está presente desde a educação básica, formando crianças e adolescentes mais conscientes e abertos aos novos conhecimentos.

Além disso, os professores são indispensáveis na formação profissional de jovens e adultos. Ou seja, quem atua na área tecnológica precisou passar por bons professores — assim como médicos, advogados e todos os outros profissionais.

Em resumo, adquirir novos conhecimentos se torna muito mais difícil sem a figura do professor para auxiliá-lo. Basta refletir: você já tentou aprender uma língua sozinho? As chances de você abandonar o projeto no meio do caminho e ter dificuldades no processo são muito maiores quando se faz isso sem o apoio de alguém, concorda? Sendo assim, esse profissional se torna uma referência em conhecimento para você e para todos os que convivem com ele.

É indispensável no mercado de trabalho

Como você pode ver, um fato inegável é que há sempre novas coisas para serem aprendidas. Ao longo do tempo, surgem diversos conhecimentos e profissões. Com isso, aparecem mais demandas para os professores.

Se sempre existe o que aprender, sempre há espaço para os docentes no mercado de trabalho. Esse é mais um fator que explica a crescente valorização dos professores. Principalmente considerando o contexto de que a educação é uma das maiores preocupações da sociedade.

Isso significa que as escolas, faculdades, cursos técnicos e outras modalidades de ensino estão frequentemente em crescimento. A consequência é o aumento da demanda por novos profissionais dessa área. A cada curso de graduação aberto, por exemplo, surgem novas vagas para o professor.

Como é o mercado de trabalho para professor?

O mercado de trabalho para a profissão docente é um dos mais amplos. Um motivo para que isso aconteça já foi citado aqui: a visão de que a educação deve ser uma prioridade amplia a demanda por professores. Além disso, as boas oportunidades encontradas nessa área também se devem ao grande leque de atuação do professor.

O que isso significa? Que alguém formado nessa profissão tem muitas possibilidades de trabalho. Por exemplo, dar aulas na educação básica — para crianças na educação infantil e ensino fundamental ou adolescentes no ensino médio.

Professores também podem atuar em cargos de gestão ou orientação educacional nas escolas. E fora das instituições de ensino, podem oferecer suas contribuições em hospitais, empresas, editoras, órgãos do governo, organizações não governamentais etc.

Outro grande mercado para os docentes é no ensino superior, em diversos cursos de graduação ou pós-graduação. Se falarmos sobre professores especializados em algum campo, as oportunidades se ampliam — eles podem trabalhar com inclusão, psicopedagogia, ensino a distância e muito mais.

Vale destacar, ainda, que a tecnologia expandiu as fronteiras da atividade docente. Hoje em dia, é possível ver diversos professores construindo sua carreira na internet. Um exemplo é o oferecimento de cursos online sobre os mais diversos assuntos, assim como consultorias para quem estuda para concursos.

Que cursos fazer para ser professor?

Outra boa notícia sobre o mercado de trabalho nessa área é que não existe apenas um tipo de graduação para quem quer ser professor. É possível escolher entre cursos distintos, dependendo dos seus objetivos e interesses. Conheça as principais opções para isso!

Pedagogia

O curso de Pedagogia forma professores que podem atuar na educação infantil e nos primeiros anos do ensino fundamental. Assim, se você pretende trabalhar com crianças pequenas, essa é a graduação ideal.

Como falamos, pessoas com esse diploma também podem exercer outros cargos, como na gestão escolar. Podem ser coordenadores ou supervisores educacionais, além de orientadores. E também é possível trabalhar em hospitais e empresas diversas.

Licenciaturas

As licenciaturas são os cursos específicos para dar aulas para crianças maiores e adolescentes — nos anos finais do ensino fundamental e no ensino médio. Diferentes da Pedagogia, os cursos de licenciatura focam em uma disciplina específica.

Então, os profissionais se formam, por exemplo, em Letras, História, Matemática, Educação Física etc. Com isso, eles ministram sua matéria específica nas escolas. Uma das vantagens de cursar a Licenciatura é exatamente focar sua atuação em assuntos de seu interesse.

Mestrado e doutorado

Além dos cursos de graduação, que preparam docentes para a educação básica, também existem formas específicas para se tornar professor de ensino superior. Isto é, dar aulas em faculdades e em cursos de pós-graduação.

O caminho ideal para isso é fazer cursos de mestrado e doutorado. Eles são tipos de pós-graduação próprios para a formação de pesquisadores e de professores universitários. O doutorado é cursado por quem já tem o título de mestre.

Pessoas formadas em qualquer graduação podem cursar mestrado e doutorado e se habilitar para dar aulas no ensino superior. É o caso de engenheiros, profissionais de Administração ou de outras formações que fazem a pós e dão aulas em faculdades.

Quem não se forma em Pedagogia ou em uma licenciatura também pode atuar como professor antes mesmo de fazer mestrado ou doutorado. Isso acontece em cursos técnicos ou livres. Por exemplo, alguém formado em Ciências da Computação pode ministrar aulas de informática, ou quem fez Ciências Econômicas dar um curso sobre finanças empresariais.

Percebeu como o mercado de trabalho oferece ótimas possibilidades para docentes? Sem dúvida, a valorização do professor é uma realidade muito interessante. Então, aproveite essa e outras vantagens da carreira, mas não se esqueça de procurar uma instituição de ensino comprometida com a formação de excelência.

Na Pitágoras, nos preocupamos em oferecer educação especializada e de qualidade. Por isso, temos todos os cursos aqui citados, além de contarmos com uma infraestrutura adequada para cada um deles e um corpo docente preparado para compartilhar todos os conhecimentos teóricos e práticos com você!

Quer começar a investir em você agora? Entre em contato conosco e saiba como podemos ajudá-lo nisso!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3.4 / 5. Número de votos: 15

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.