Dá para ser produtivo e ter sucesso no trabalho em casa? Descubra!

casal trabalhando em casa

A dinâmica das profissões nunca para de mudar e até mesmo esse processo passou por uma série de transformações. A tendência é voltada às possibilidades de adaptação da carreira de acordo com as necessidades pessoais de cada colaborador. Diante desse cenário, é essencial descobrir como ser mais produtivo dentro das novas rotinas.

Com o tempo, o trabalho remoto passou a ser uma realidade. Trabalhar em casa — conceito também conhecido pelo nome de home office — é uma possibilidade que permite a flexibilização dos horários e confere ao colaborador uma maior qualidade de vida.

Os profissionais de tecnologia, por exemplo, fazem parte do grupo de profissões que consegue trabalhar dessa forma. Outras funções são redatores, designers, professores particulares… A lista é grande! Com o home office, é possível dedicar mais tempo à vida pessoal e até mesmo conciliar o trabalho com os estudos e a qualificação profissional.

De acordo com a Agência Brasil, o número de empresas com home office deve crescer 30% após a pandemia do novo coronavírus. Mas, afinal, como obter sucesso trabalhando dessa forma? A seguir, conversaremos sobre algumas dicas para melhorar a sua produtividade ao trabalhar no conforto de seu lar:

  • converse com a sua família;
  • crie um cronograma e programe a sua agenda;
  • tenha um local específico para trabalhar;
  • fuja da rotina;
  • minimize as distrações;
  • estabeleça metas;
  • cuide de sua saúde;
  • faça um bom uso de seu tempo;
  • conheça 7 ideias de trabalhos home office.

Vamos começar? Tome nota e coloque o que aprender em prática. Boa leitura!

Converse com a sua família

O primeiro passo para ser bem-sucedido no trabalho em casa é, sem dúvidas, contar com o apoio e a compreensão das pessoas que moram com você. Sabemos que barulhos e interrupções podem ser muito prejudiciais para a produtividade. Portanto, é preciso que todos caminhem na mesma direção.

Quando decidir trabalhar em casa, reúna-se com os seus familiares e converse abertamente sobre essa questão. Explique os benefícios dessa prática e peça para que todos colaborem e respeitem seu espaço. Dessa forma, sobrará muito mais tempo para vocês aproveitarem os momentos livres juntos.

Crie um cronograma e programe a sua agenda

A organização é outro fator fundamental, assim como a disciplina. É, mais ou menos, como estudar sozinho: para a obtenção de bons resultados, é preciso ter responsabilidade com os horários. Criar um cronograma e se apoiar em técnicas como o método GTD, então, são uma boa pedida!

Por meio da organização da agenda, fica muito mais fácil se guiar, cumprir com os compromissos firmados e ainda ter tempo para se dedicar a outros tipos de tarefa — como cuidar da família, da vida pessoal e da qualificação profissional.

Tenha um local específico para trabalhar

Outra dica muito importante é ter um local específico para realizar o seu trabalho. Ainda que você não possa dedicar um cômodo de sua cada exclusivamente para favorecer a produtividade do home office, uma mesa organizada com tudo que é necessário já é o bastante.

Também vale ressaltar que o ambiente precisa ser tranquilo, silencioso na medida do possível, arejado e bem-iluminado, de modo que o serviço flua e que você não prejudique sua saúde física e mental. Aqui, a ideia também é gerar uma situação de hábito. Associar aquele local ao seu trabalho fará com que os seus dias sejam muito mais produtivos. Além disso, você terá tudo do que precisa sempre por perto, facilitando bastante o serviço.

Fuja da rotina

Ainda que o hábito e a rotina sejam muito úteis para a produtividade, quebrar um pouco o ciclo de vez em quando também é muito bacana. Esse é um dos pontos fortes do trabalho em casa: você pode fazer o seu escritório mudar de local.

Por isso, em dias nos quais a desmotivação bater à sua porta, não pense duas vezes — pegue suas coisas e faça o seu expediente em um local completamente novo, como a varanda da sua casa, a mesa da cozinha ou aquele cantinho com boa incidência de luz solar.

Outra opção bacana é utilizar a plataforma Meetup. Nesse site você descobre grupos e pessoas que compartilham os mesmos interesses. Além de ser uma ótima oportunidade de networking profissional, dá para fazer mais daquilo que ama.

Minimize as distrações

Um dos maiores desafios de trabalhar em casa é lidar com a procrastinação. O famoso “deixar para amanhã o que se pode fazer hoje” é um problema que acompanha boa parte das pessoas que trabalham com home office. Por isso, evitar esse tipo de situação é uma prioridade!

A dica que podemos dar é: fuja das distrações. Na hora de trabalhar, mantenha o seu celular bem longe e dê um jeito de ficar afastado das redes sociais. Assim, você produzirá rápido e melhor, finalizando sua meta diária de modo muito mais veloz e, claro, com mais qualidade.

Estabeleça metas

Já que falamos sobre as metas, que tal conversarmos um pouquinho sobre esse assunto? Estabelecer objetivos diários, semanais e mensais é algo essencial não só para o planejamento financeiro e para o plano de carreira em si, mas também para a produtividade como um todo.

Quando temos um objetivo bem traçado, fica muito mais fácil se manter motivado. Além disso, quando batemos a meta, a sensação de satisfação é recompensadora, o que pode gerar um trabalho prazeroso, estreitando consideravelmente os laços emocionais que temos com o nosso serviço.

Cuide de sua saúde

Uma de nossas últimas dicas é sobre um ponto muito importante, mas que normalmente é deixado de lado quando estamos muito focados em nosso trabalho: a saúde. Afinal, cuidar bem dela é essencial para evitar problemas que prejudiquem a sua produtividade.

Por isso, pratique exercícios físicos (essenciais para a postura!), cuide da alimentação (com um bom planejamento, isso é perfeitamente possível!) e capriche nas noites de sono. Esses cuidados farão toda a diferença na qualidade de seu trabalho.

Faça um bom uso de seu tempo

Também precisamos falar sobre a importância de utilizar a liberdade e a flexibilidade trazidas pelo home office de maneira inteligente. Nos períodos vagos, embora descansar seja muito importante, aproveitar bem esse tempo extra é algo essencial.

Ao trabalhar em casa, você se vê diante de uma excelente oportunidade: retomar os seus estudos. Investir em uma qualificação profissional pode ser o que você precisa para mudar completamente a sua vida de rumo. Quer uma dica? Confira os cursos oferecidos aqui na Pitágoras e dê esse novo passo em sua carreira!

Conheça 7 ideias de trabalhos home office

Além da ideia de voltar a estudar, também há outra forma de como ser mais produtivo. É interessante, por exemplo, ampliar o leque de opções para trabalhar em casa. Assim, dá para fazer uma renda extra ou até mesmo descobrir novas habilidades e potenciais.

Vamos descobrir, a seguir, algumas áreas que são bem-vindas quando o assunto é home office. Será que você consegue adotar alguma das ideias?

1. Revisão de textos

Se você tem uma boa escrita, gosta de leitura e já apresenta um certo histórico nessa área, vale a pena começar a trabalhar com revisão de textos. Aqui, é importante estar em dia com a gramática, a ortografia e, dependendo do tipo de material revisado, com as regras de formatação da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Muita gente não se dá bem com essas normas ou até mesmo com o português. Então, o campo é promissor para trabalhar corrigindo desde trabalhos acadêmicos até conteúdos para editoras, materiais para autores ou websites e blogs.

2. Tradução

Se você tem fluência em outra língua, também é possível trabalhar com tradução de documentos, textos e outros materiais. Caso não saiba, essa é uma função com ótimas remunerações, principalmente porque o tradutor realiza uma tarefa delicada — uma palavra colocada de forma equivocada e todo o sentido do enunciado pode mudar! O lado bom é que esse tipo de trabalho pode ser feito em casa, bastando que sejam respeitadas as dicas anteriores.

Existe a tradução corporativa, em que as empresas dependem de estabelecer relações e negócios com o exterior, por exemplo. Além disso, há a tradução da linguagem de games, softwares, filmes e até mesmo de programas e séries de TV, de modo que sejam disponibilizadas as famosas legendas.

Para quem quiser investir na profissão, também temos a tradução juramentada, que é quando há um valor oficial em contratos, documentos estrangeiros e outros textos. Para atuar nessa área, contudo, é preciso ser aprovado em concurso, mas vale a pena, já que a remuneração é ótima — com um teto salarial de R$ 9.399,53.

3. Produção de conteúdo

Todo mundo hoje procura informações na internet, e elas são disponibilizadas pelos sites e blogs que investem na produção de conteúdo. Então, se você gosta de escrever, além de revisão, também pode trabalhar com a redação de vários materiais para web.

A modalidade está em alta e existem muitas oportunidades no mercado para que você trabalhe principalmente como freelancer. Assim, é possível desenvolver conteúdos diversos, como artigos, e-books, infográficos e outros materiais ricos. O mais legal é que você pode escrever a respeito de tudo, mas também sobre coisas de que gosta, tornando-se especialista no assunto!

4. Vendas pelo App Consultoria Educação

Outra forma de ganhar dinheiro em casa, que provavelmente você não conhecia, é por meio da indicação de cursos de graduação nas modalidades semipresencial ou a distância. A ideia é a seguinte: o aplicativo, que pode ser baixado pelo celular, é uma plataforma em que você atua como promotor do Consultoria Educação.

Por lá, você cria uma parceria com a Pitágoras e indica as opções para pessoas físicas interessadas em estudar e conquistar o seu diploma de graduação. O programa permite que você receba um prêmio por toda indicação, que equivale ao valor de uma mensalidade do curso escolhido pelo estudante.

Ressaltamos que os ganhos são ilimitados: quanto mais cursos você indicar, mais dinheiro você recebe. Também é importante lembrar que, para participar do App Consultoria Educação, a pessoa precisa ser pelo menos Microempreendedora Individual (MEI), uma vez que o pagamento só é feito mediante emissão de Nota Fiscal.

5. Prestação de serviços

Uma alternativa bacana para trabalhar em home office e ter um bom retorno é investir em algum tipo de prestação de serviço. A manutenção de computadores e outros eletrônicos é um exemplo, já que você pode realizar os reparos sem sair de casa.

Contudo, existem mais opções, como a função de secretário remoto ou assistente virtual. Esse profissional autônomo costuma oferecer assistência para clientes de forma online, em áreas técnicas, administrativas, criativas ou simplesmente pessoais. Interessante, não é mesmo?

6. Aulas online

Se antes essa já era uma realidade para algumas pessoas, depois da pandemia do coronavírus, as aulas virtuais se tornaram um serviço essencial para a continuação dos estudos de muita gente. Portanto, vale a pena investir na ideia, seja para atuar como professor particular de matérias específicas, seja para ensinar uma língua estrangeira ou até mesmo para compartilhar outros tipos de conhecimentos — como aulas de artesanato, de música, de empreendedorismo, entre outros.

O mercado de educação a distância (EAD) vem crescendo a cada ano e já é uma realidade para milhões de brasileiros. Então, por que não apostar na modalidade e disponibilizar também algum curso online para gerar uma renda recorrente? Enquanto isso, você pode continuar com aulas pontuais ou até mesmo com outras atividades listadas neste conteúdo.

7. Design gráfico ou de desenvolvimento de games

Se a sua especialidade é a tecnologia, saiba que hoje os designers são muito requisitados, assim como programadores e desenvolvedores de games, softwares e aplicativos. No caso do design gráfico, por exemplo, você pode trabalhar montando e criando identidades visuais para marcas, logotipos, catálogos, diagramação de revistas, embalagens etc.

O mesmo acontece com a área de programação e desenvolvimento de soluções digitais, sejam aplicativos mobile, sistemas e softwares ou jogos eletrônicos para celulares ou computadores. O mercado está aquecido, e a maioria dos serviços que surgem são remotos — com aquela flexibilidade que só o home office tem!

Trabalhar em casa é, sem dúvidas, algo que traz uma série de benefícios para a qualidade de vida de quem investe nessa estratégia. No entanto, considerando como ser mais produtivo nesse cenário, é pertinente lembrar que esse estilo de vida também demanda muita responsabilidade, profissionalismo e alguns cuidados, além da compreensão e da participação de todos os membros do núcleo familiar.

E aí, gostou do conteúdo com as dicas de produtividade? Não o deixe parar em você: compartilhe nas suas redes sociais e mostre aos seus amigos como eles também podem ser produtivos sem sair de casa!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.7 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.