Quer trabalhar com produção cultural? Veja estas 5 dicas de carreira

trabalhar com produção cultural

Teste Vocacional Rápido

Você tem interesse em atividades culturais e artísticas? Pois saiba que existem inúmeras possibilidades de atuação pra profissionais que desejam trabalhar com produção cultural. O mercado da cultura, aliás, até antes da pandemia empregava cerca de 5 milhões de pessoas1 e representava 2,61% de toda a riqueza gerada no país2 — e esse cenário deve voltar com tudo em 2022. 

Produção cultural é toda atividade voltada à promoção de ações para o desenvolvimento artístico, cultural e educacional, como espetáculos musicais, teatrais e de dança, exposições, festivais, produção audiovisual, literatura, preservação do patrimônio etc. Para isso, o curso de Produção cultural possibilitará a você atuar nos bastidores e fazer a coisa acontecer.

Interessou-se? Então, veja neste post 5 oportunidades pra trabalhar com produção cultural!

Quais são as atribuições do profissional de produção cultural?

Trabalhar com produção cultural exige uma série de atribuições e valores, já que as ações beneficiam populações inteiras. As principais são:

  • compreender o conceito de cultura e trabalhar pela sua difusão;
  • conhecer os diferentes tipos de equipamentos culturais (teatros, centros culturais, museus, escolas, institutos etc.);
  • preservar a memória cultural e histórica (por exemplo, ao trabalhar com a gestão de museus);
  • conhecer as principais manifestações artísticas;
  • planejar ações culturais criativas para a formação de público;
  • elaborar projetos para captação de recursos por meio de leis de incentivo à cultura, como a Lei Rouanet (federal) e ProAc (estado de São Paulo);
  • entender os processos e administrar as necessidades de cada projeto.

Onde trabalhar com produção cultural?

O passo seguinte é saber como atuar na área de produção cultural. Para isso, vamos mostrar rapidamente quais são as principais atividades do ramo! Confira.

Produção de eventos

Como produtor cultural, você poderá participar de todas as etapas de um evento (pré-produção, execução e pós-produção). Alguns exemplos são: turnês de shows, concertos, espetáculos de dança e teatro; feiras; festivais; exposições; congressos; atividades esportivas, entre outros.

 👉 Dica! Se você também gosta de eventos, pode ser tornar um grande produtor. Para isso, conheça aqui a faculdade de Eventos.

Produção audiovisual

A produção audiovisual é um campo forte para a cultura. Filmes, documentários, podcasts, audiolivros, programa de TV, websites são alguns dos produtos que o produtor cultural pode desenvolver.

Gestão de equipamentos culturais

Na gestão de equipamentos culturais, o produtor cultural atua como um administrador dos espaços e das atividades ocorridas ali. Para ficar mais claro, veja alguns exemplos de entidades culturais e educacionais brasileiras:

  • Sesc e Sesi (Brasil todo);
  • Teatro Nacional Cláudio Santoro (Brasília, DF)
  • Sala São Paulo e Fundação Theatro Municipal (São Paulo);
  • Museu Inhotim e Sala Minas Gerais (Minas Gerais);
  • Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e Parque Lage (Rio de Janeiro);
  • Theatro da Paz (Pará).

Gestão de museus e preservação do patrimônio

Os museus têm um tipo de gestão específica, pois você precisa lidar com acervos permanentes de obras de arte e itens históricos. Além disso, um museu também pode ser um instituto de pesquisa e coordenar grupos de arqueólogos, historiadores, restauradores, urbanistas etc.

Captação de recursos e marketing cultural

A captação de recursos junto ao setor público ou privado também é outra atividade importante do produtor cultural. Consiste na apresentação de projetos, gestão de recursos e realização do marketing cultural para que as marcas participantes recebam os benefícios do apoio financeiro ― publicidade, peças publicitárias, gestão de redes sociais e outras contrapartidas.

Faça um curso de produção cultural!

Agora que você já sabe o que faz um produtor cultural, especialize-se com um curso de Produção Cultural, que acontece na modalidade Tecnólogo e tem duração de até 2 anos. Nessa graduação, você vai aprender os principais conceitos e ferramentas para atuar na área. Na Pitágoras, funciona assim:

  • aulas online com professores especializados, em uma plataforma exclusiva;
  • conteúdos em diversos formatos para facilitar seus estudos;
  • biblioteca virtual;
  • horário flexível;
  • polo de apoio presencial;
  • atividades complementares para ampliar suas competências profissionais, como a Aula Destaque e as Trilhas de Carreira;
  • acesso exclusivo ao Canal Conecta, maior portal de empregabilidade vinculado a instituições de ensino do país.

Depois de saber essas informações, você vai adorar trabalhar com produção cultural, não é mesmo? Então, não perca esta chance!

Inscreva-se já no vestibular da Pitágoras e estude em uma das melhores faculdades do Brasil!

Ah, você também pode se inscrever pelo Vestibulares!

1Mapeamento da Indústria Criativa no Brasil, 2019.

2Conjuntura do Setor de Economis Criativa ― efeitos da crise da Covid-19.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

[E-BOOK] Guia de áreas e salários: conheça as profissões mais bem-pagas hoje

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.