Qual é o salário do brasileiro? O que fazer para ganhar mais?

qualeosalariodobrasileirooquefazerparaganharmais

Você tem ideia de qual é o salário do brasileiro? A média salarial varia conforme a região do país e o nível de escolaridade dos trabalhadores. Mas as pesquisas deixam claro que a maior parte da população vive com uma renda baixa.

Para melhorar essa condição, é preciso investir em qualificação. O primeiro passo para aumentar o salário do brasileiro é fazer uma graduação. O profissional graduado, além de ter maiores rendimentos, encontra mais oportunidades no mercado de trabalho e pode diversificar suas opções de carreira.

Continue a leitura e descubra qual é o salário do brasileiro e como uma graduação pode ajudar você a ganhar mais!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

Qual é o salário do brasileiro?

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnadc), feita periodicamente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), levantou dados que mostram a média salarial do brasileiro. Segundo os resultados da pesquisa, o rendimento das pessoas ocupadas entre Setembro e Novembro de 2019 foi estimado em R$2.332,00.

Se considerarmos as despesas básicas com habitação, alimentação, água, luz, saúde e educação, vemos que, com esse valor, fica um pouco apertado para dar conta de tantas contas, concorda? Mas esses números estão relacionados à média salarial, o que significa que os valores podem variar bastante entre os profissionais.

A discrepância na renda dos brasileiros também tem relação com as taxas de empregabilidade no país. A crise econômica dos últimos anos fez com que milhares de postos de trabalho fossem fechados.

Com a redução da quantidade de vagas disponíveis no mercado, as chances ficam reservadas para os candidatos mais qualificados. Por isso é essencial se preocupar com preparo profissional, a começar por uma graduação.

Por que o graduado ganha mais?

Que a empregabilidade está diretamente relacionada à escolaridade do candidato, isso é um fato óbvio. Mas você sabe o quanto um profissional pode aumentar o salário, conforme o seu grau de formação acadêmica?

Dados coletados pela Catho Educação, revelaram que a graduação pode aumentar o salário do brasileiro em 25%. E o aumento salarial não para por aí! O profissional que decide dar sequência aos seus estudos pode ganhar cada vez mais, chegando a um percentual elevado em cerca de 50% para quem investe em pós-graduação.

Então, vale a pena fazer faculdade, pois a educação é um investimento para vida toda e, além do aumento na média salarial, o profissional graduado conta com outras vantagens. Veja!

Mais oportunidades

A falta de qualificação limita as possibilidades de atuação do trabalhador, ou seja, ele acaba condicionado a aceitar somente as oportunidades de trabalho que se encaixam no seu perfil.

Por outro lado, a graduação abre portas não apenas na área de formação escolhida, mas ainda coloca o candidato em um nível elevado em comparação com os concorrentes com ensino médio.

Assim, o graduado pode seguir em vários ramos de sua profissão, tentar uma transição de carreira no futuro ou ainda experimentar o caminho do empreendedorismo. Tudo isso porque, além do conhecimento técnico, o estudante também desenvolve diversas habilidades e competências que o preparam para os desafios da vida profissional.

Vamos a um exemplo para deixar mais claro: se você se interessa pela área de Marketing, é possível fazer uma graduação e prestar serviço em diversos ramos de atuação — consultoria, gestão de comércio, produção de conteúdo, análise e impulsão de negócios etc.

Mas você também pode seguir um caminho autônomo, abrir uma agência própria e buscar especializações para melhorar o seu salário como profissional de Marketing.

E essas oportunidades podem variar de região para região do país. Confira abaixo alguns dados relacionados a cada uma delas para ter uma visão mais clara das oportunidades.

Boa colocação no mercado

Acabamos de falar sobre o amplo leque de oportunidades para as pessoas graduadas. Além da variedade de caminhos a seguir, o profissional com nível superior também tem mais chances de conseguir as melhores colocações do mercado.

Isso significa ter possibilidade de trabalhar em uma posição confortável, desenvolvendo atividades que tragam realização profissional. Ao contrário, quando você precisa trabalhar somente pelo salário, em um cargo em que não se sente bem, a tendência é que o emprego se torne uma fonte de frustração e desmotivação.

Qualificação ampla

Vale a pena frisar essa questão: a faculdade ajuda a desenvolver uma qualificação ampla. O estudante não é preparado somente para atuar em sua área de formação, mas aprimora uma série de habilidades que moldam seu perfil.

O conhecimento específico é fundamental, mas a educação vai além disso e promove crescimento no sentido pessoal, intelectual e social. A pessoa que entra em uma graduação jamais será a mesma. Durante os anos de faculdade, o aluno passa por uma transformação mental, muda sua visão de mundo e ganha muito mais maturidade.

Outras habilidades adquiridas na graduação e que garantem destaque ao perfil profissional são:

  • comunicação;
  • trabalho em equipe;
  • responsabilidade;
  • pensamento crítico;
  • amplitude de visão.

Quais são as oportunidades para quem quer fazer faculdade?

Sair do ensino médio direto para graduação, fazer faculdade depois do curso técnico ou dar um tempo entre uma jornada acadêmica e outra: não importa as etapas que você decida seguir, só não desista do seu futuro!

No começo deste post, você viu o quanto ganha o brasileiro e, de acordo com as pesquisas que vimos, o salário do trabalhador não tem sido muito motivador, não é mesmo? Mas a boa notícia é que existem formas de melhorar essa média salarial — e investir em educação e desenvolvimento profissional é o caminho mais seguro.

Se sua preocupação é em relação ao comprometimento das finanças e o valor de investimento em um curso superior, pode relaxar um pouco e conhecer suas alternativas. Hoje, os alunos podem contar com várias opções de bolsas e financiamento estudantil:

  • bolsas do governo, como o Prouni;
  • financiamento da graduação pelo governo, como o Fies;
  • bolsas de estudos das próprias instituições de ensino;
  • crédito universitário, cedido pela IES ou por instituições bancárias.

Além das formas facilitadas de pagamento, o estudante também pode optar por um curso EAD (online ou semipresencial). Assim, você garante o seu diploma de ensino superior com a mesma validade que a graduação presencial e ainda leva algumas vantagens — principalmente mensalidades mais baratas e flexibilidade para estudar no horário e no local que puder.

Como você viu, o salário do brasileiro pode ser melhor. Para isso, é importante investir em formação acadêmica e qualificação profissional. Então, não arrume desculpas para ficar estagnado: pesquise mais sobre as opções de bolsas e financiamentos e siga em frente com seu objetivo de fazer uma graduação!

Agora, leve informação aos seus amigos e compartilhe este post em suas redes sociais. Assim, você pode incentivar mais pessoas a refletirem sobre o salário do brasileiro e como melhorar essa condição!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.