Residência em Enfermagem: como funciona na prática?

residência em enfermagem

Teste Vocacional Rápido

O curso de Enfermagem prepara os futuros profissionais pra cuidar de pacientes em diferentes graus de complexidade médica. Eles são responsáveis por fazer desde curativos até prestar assistência aos médicos em cirurgias.

Muitas pessoas acreditam que apenas os formados em Medicina podem fazer residência. Porém, a área de Enfermagem também conta com estágio supervisionado em unidades de saúde. As atividades contribuem significativamente pra aprendizagem, uma vez que capacita os enfermeiros pra atuar da melhor forma na rotina de trabalho.

Quer entender como funciona a residência em Enfermagem na prática? Acompanhe a seguir e confira!

O que é a residência em Enfermagem?

Quem pretende estudar Enfermagem na faculdade deve saber que, pra se tornar um bom profissional, é importante ter experiência e vivenciar o dia a dia da profissão. A residência médica serve justamente pra desenvolver o aluno nas atividades corriqueiras da área, como acontece no curso de Medicina.

O programa de residência em Enfermagem tem duração de 2 anos e é remunerado. Assim como os médicos, os enfermeiros estudam enquanto trabalham em hospitais, prestando serviços de atendimento e cuidados aos pacientes.

Pra conseguir ser um residente em Enfermagem, é preciso ter dedicação e estudar bastante, já que as provas são concorridas. Os alunos devem decidir, ainda no período da faculdade, quais são as áreas de seu interesse profissional pra se empenhar com mais foco e produtividade.

Qual é o objetivo da residência em Enfermagem?

Entendendo o que é residência em Enfermagem, chega o momento de descobrir quais são os objetivos da aprendizagem na prática. Antes de tudo, você deve saber que existem diferentes tipos de residência –– características que variam de acordo com o hospital ou instituição de ensino que oferta esse programa.

Um enfermeiro em formação pode atuar em diversas especializações e seguir inúmeros caminhos dentro da profissão. Dentre os principais tipos de residência em Enfermagem, destacamos:

  • tratamento cardiorrespiratório;
  • nefrologia;
  • saúde da família;
  • urgência;
  • terapia intensiva;
  • pediatria;
  • dependência química;
  • cuidados paliativos;
  • saúde mental e psiquiátrica.

O objetivo da residência no setor é direcionar o profissional pra uma área em que deseja obter crescimento e trabalhar pelos próximos anos. Por meio da grade curricular de Enfermagem, é possível ter uma ideia do segmento que mais tem relação com o seu perfil e interesses.

Qual é a importância da residência pra formação do enfermeiro?

Por meio da residência, é possível optar por uma especialização de Enfermagem e se dedicar pra se tornar um profissional diferenciado entre os concorrentes da profissão. Além disso, o período de experiência também aperfeiçoa as técnicas do estudante e demonstra como será a rotina em um hospital ou centro de saúde.

Nesse período, o futuro profissional pode melhorar o atendimento aos pacientes e aprender habilidades que a graduação não ensina. A residência é uma modalidade extra pra formação dos colaboradores da área da Saúde, que acabam tendo mais alinhamento com os conhecimentos teóricos e práticos adquiridos na faculdade.

Sem a residência em Enfermagem, os estudantes não conhecem a rotina de trabalho e podem perder muitas oportunidades de emprego no mercado. Como a modalidade é obrigatória em todo curso superior de Enfermagem, fica mais simples prestar serviços de qualidade e atender às demandas dos pacientes e principais contratantes.

Como funciona a residência em Enfermagem?

Você deve estar se perguntando como funciona a residência em Enfermagem na prática, não é mesmo? O período de aprendizagem é geralmente ofertado pelas instituições de ensino superior, que oferecem programas de especialização e capacitação para os alunos.

O processo seletivo pra realizar a residência inclui algumas etapas, como provas teóricas, análise de currículo, entrevista e provas práticas. O aluno não pode ter outro vínculo empregatício, tendo que se dedicar inteiramente ao programa, em especial pra conseguir uma bolsa.

Ao realizar as funções designadas a eles, os residentes são supervisionados por um profissional ou docente da área. Entre os direitos do futuro enfermeiro na residência, listamos um dia de folga por semana e 30 dias de férias por ano, que pode ser consecutiva ou fracionada.

Quanto tempo leva a residência em Enfermagem?

Grande parte dos programas de residência em Enfermagem leva 2 anos, com carga horária de 60 horas semanais, que são divididas entre atividades práticas e teóricas. Basicamente, 80% do tempo é destinado ao cuidado e acompanhamento de pacientes e 20% ao estudo de conteúdos teóricos.

A quantidade de vagas pra cada tipo de especialidade dos hospitais que oferecem o treinamento pode variar. O aluno deve entrar em contato com a faculdade e o centro de saúde de seu interesse pra conferir quais são as opções oferecidas.

Quais são as vantagens de fazer residência em Enfermagem?

A residência em Enfermagem conta com inúmeras vantagens. Primeiramente, ela é essencial pra ter uma boa formação acadêmica e também pra se tornar um excelente enfermeiro. Assim como os estudos da faculdade, ter experiência prática pode diferenciar o candidato no momento de conseguir um cargo no mercado de trabalho.

Um enfermeiro ganha, atualmente, a média de R$ 3.399,91*, considerando uma jornada de 38 horas semanais. Mas é claro que o salário pode aumentar, caso você apresente diferenciais no currículo profissional, como ter estudado em uma boa instituição de ensino superior.

Aqui na Pitágoras, os estudantes aprendem tudo sobre o curso de Enfermagem e são incentivados desde o início dos estudos a se tornarem enfermeiros completos. Oferecemos disciplinas que ajudam no relacionamento com os pacientes e também com outros colaboradores, tendo matérias voltadas pra gestão em Saúde.

Além disso, contamos com laboratórios equipados pra ensinar com qualidade nas aulas práticas da profissão. Aqui na Pitágoras, os futuros profissionais ainda têm acesso às Trilhas de Carreira, que consistem em aulas 100% online e atividades extracurriculares que auxiliam no desenvolvimento de habilidades complementares. O objetivo é que você se torne um enfermeiro de excelência e atenda às necessidades do mercado de trabalho.

Prepare-se pra ter uma carreira de sucesso como enfermeiro!

A residência em Enfermagem é uma etapa essencial pra conquistar uma boa formação acadêmica. É por meio dessas atividades que o profissional desenvolve habilidades e conhece mais de perto os desafios da carreira. Lembre que, pra se tornar um bom enfermeiro, é essencial optar por uma faculdade de qualidade, que apoie o estudante na trajetória da carreira, como fazemos aqui na Pitágoras.

Vai ficar de fora dessa? Aproveite pra se inscrever agora mesmo no vestibular da Pitágoras e garanta a sua vaga no ensino superior!

* Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.