Expanda sua rede de contatos e conquiste mais oportunidades

expandasuaredesdecontatoseconquistemaisoportunidades

Não importa se você já tem anos de experiência no mercado ou se está dando os seus primeiros passos rumo a um estágio ou ao primeiro emprego, por exemplo. Encontrar formas de se destacar em meio a concorrência e, consequentemente, ter as portas abertas para boas oportunidades é fundamental. O networking é uma prática que ajuda muito nesse sentido, pois, trata-se da construção de uma rede de contatos profissionais.

Nutrir um relacionamento com pessoas da sua área de interesse ou até mesmo de outros segmentos é uma ótima forma de mostrar o seu talento e suas habilidades, potencializando as chances de empregabilidade. Foi pensando nisso que, neste post, trouxemos algumas dicas infalíveis sobre como criar uma rede de contatos de trabalho. Vamos conferir?

A importância do networking para o sucesso profissional

Como falamos logo acima, até mesmo as pessoas mais experientes e com anos de mercado precisam do networking para potencializar oportunidades. Quando se está no início da carreira ou ainda na faculdade, por exemplo, montar uma rede de contatos se torna essencial — já que é nessa etapa que você está traçando objetivos e construindo, pouco a pouco, a sua imagem profissional.

A lógica é simples: ao conhecer pessoas e nutrir um relacionamento profissional com elas, as chances de ser lembrado por essas conexões quando surgir alguma oportunidade alinhada ao seu perfil são significativamente maiores. Tudo isso, no entanto, deve funcionar como uma via de mão dupla. Do contrário, você pode acabar passando a imagem de alguém interesseiro ou oportunista, que só entra em contato para conseguir o que quer.

Sendo assim, vale lembrar que existem algumas boas práticas ao fazer networking. O melhor de tudo é que você pode começar ainda na faculdade. Acompanhe o próximo tópico!

Como fazer uma rede de contatos ainda na faculdade

Estar no ensino superior é um dos primeiros passos para trilhar uma carreira bem-sucedida. Ao concluir a faculdade, você terá um diploma em mãos e o conhecimento que precisa para exercer a profissão desejada. Contudo, como mostrar as minhas habilidades para o mundo? Justamente por meio de uma rede de contatos profissionais!

Veja a seguir o passo a passo para criar relacionamentos duradouros e otimizar suas chances de encontrar a oportunidade dos sonhos.

Construa relacionamentos na faculdade

Se engana quem pensa que construir uma rede de contatos é uma prática restrita aos ambientes corporativos — pelo contrário! A faculdade é uma ótima maneira de começar a montar a sua network. Como? Nutrindo conexões com os colegas e professores. Na Pitágoras, você tem um ambiente que proporciona essa interatividade aos alunos, por meio de oportunidades como projetos de extensão.

Então, monte grupos para realizar trabalhos, participe de atividades extracurriculares no ambiente acadêmico, mostre o seu portfólio para os professores e demais acadêmicos, pedindo dicas e sugestões. Todos esses exemplos são formas de colocar as suas habilidades em prática, ao mesmo tempo em que conhece pessoas diferentes e estreita o relacionamento com elas.

Participe de eventos

É claro que montar uma rede de contatos é algo que também parte muito da sua iniciativa. É preciso sair da zona de conforto e frequentar espaços nos quais as chances de fazer conexões profissionais são maiores. Em outras palavras, seja visto para ser lembrado.

Eventos da faculdade ou relacionados à sua área de interesse, palestras, seminários, oficinas, workshops, projetos de voluntariado, programas de trainee: esteja por dentro de tudo o que anda acontecendo e que pode agregar à sua carreira. Trata-se da oportunidade perfeita de fazer networking.

Pratique a escuta ativa

Um dos principais objetivos de criar uma network é contar com uma rede de suporte, ou seja, saber que tem conexões que poderão ajudá-lo em busca de seus objetivos de carreira. Contudo, tenha em mente que os seus contatos também projetam em você as mesmas expectativas. Por isso, muito além de acumular números em uma agenda, é preciso ter empatia e praticar a escuta ativa.

Nada de fazer monólogos sobre seus esforços e competências. Esses tópicos devem ser abordados com naturalidade em uma conversa, impedindo que você passe a imagem de alguém forçado ou interesseiro. Se encontrar uma oportunidade de networking, escute o que o próximo tem a dizer. Muitas vezes, ele poderá até mesmo compartilhar experiências e informações de grande valia.

Dê preferência à qualidade em detrimento da quantidade

Muito mais vale ter uma rede de contatos pequena, mas de qualidade, do que acumular contatos, como dissemos. Números não são importantes aqui, afinal, não é a quantidade de seguidores em redes sociais profissionais como o LinkedIn que fará a diferença, mas, sim, o fato de essas pessoas terem um relacionamento duradouro com você.

Por falar nisso, se ainda tem dúvidas sobre qual é a maior rede social de contatos profissionais, saiba que o LinkedIn é a plataforma mais popular ao redor do mundo para esse fim. Sendo assim, ao conquistar uma conexão, busque adicioná-la na ferramenta.

Ajude e dê suporte a quem precisa

Lembra que falamos que a prática do networking é uma via de mão dupla? Pois bem, além de receber suporte, você também deve ser ativo e oferecer ajuda a quem precisa. Ficou sabendo de alguma oportunidade que se encaixa perfeitamente nos objetivos de algum colega ou contato? Repasse-a para ele! Nada impede que essa mesma pessoa retribua a atitude em algum momento da sua carreira.

Sendo assim, seja ativo em relação às suas conexões. Procure manter contato via e-mail e nutra-os sempre com publicações interessantes em plataformas como o LinkedIn. Tudo isso, é claro, com muito bom tom. Acredite: as pessoas percebem quando alguém está sendo forçado ou agindo de forma genuína.

Por fim, outras dicas rápidas, porém, importantes para quem quer aprender como fazer uma rede de contatos incluem:

  • ter uma boa presença digital;
  • fazer marketing pessoal;
  • ser proativo;
  • ser simpático e se colocar no lugar do próximo.

Como foi possível perceber, praticar o networking, ou seja, montar e nutrir uma rede de contatos é fundamental para ser lembrado no universo corporativo. Quem sabe aquela pessoa que você conheceu em um evento ou até mesmo um colega da faculdade, sabendo de suas habilidades, não acaba o indicando para uma oportunidade incrível de estágio? Sendo assim, coloque em prática as informações que leu e potencialize sua carreira!

Gostou das dicas? Então, compartilhe este post com seus amigos nas redes sociais e ajude mais pessoas a entenderem a importância de uma rede de contatos para a carreira!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.