Tudo que você precisa saber sobre o curso de Radiologia

Radiologia

Radiologia é o ramo da Medicina que trabalha com exames de imagem para visualizar a estrutura interna de um corpo humano ou animal. Exames como raios X, tomografia e ressonância magnética são fundamentais no diagnóstico, no controle e no tratamento de doenças.

Como se trata de uma ocupação bastante específica, é necessário investir no Curso de Radiologia para atuar na área sem necessariamente trabalhar em um centro de diagnósticos antes. O que é positivo, pois a falta de experiência não é um problema que prejudique a carreira. 

É importante ressaltar que, para trabalhar com a Radiologia, é possível se formar em técnico em Radiologia ou tecnólogo em Radiologia, mas apenas a segunda opção garante o diploma de ensino superior. Ambos os profissionais poderão atuar na execução dos exames de imagem, mas o Tecnólogo também apresenta a habilitação para trabalhar na administração de negócios dessa área.

Você está considerando a carreira? Chegou até este artigo em busca de um material robusto, com informações práticas e valiosas para seu futuro profissional? Então, vai gostar de ler o conteúdo. Aqui, você vai saber mais sobre as áreas de atuação da Radiologia, as principais atividades profissionais desempenhadas pelos tecnólogos e as diferenças no grau de formação.

Para fechar com chave de ouro, vai descobrir como escolher a faculdade certa dá mais do que um diploma e facilita a entrada no mercado de trabalho. Vamos lá!

O que é Radiologia?

Nós adiantamos para você que a Radiologia é a especialidade que trabalha com imagens internas de corpos humanos e de animais, viabilizando o diagnóstico, o acompanhamento e o tratamento de doenças e de outros casos clínicos. Mas como será que isso acontece e como é possível se tornar um profissional da área?

Primeiramente, você precisa saber que os exames de imagem são coletados por meio de radiação. Por isso, a jornada de trabalho dos profissionais em Radiologia é reduzida, visando diminuir o tempo de exposição a essas máquinas. Não precisa se assustar: há leis e normas que orientam a execução profissional para que não haja nenhum problema de saúde durante a carreira.

A segunda coisa que você deve saber é que há radiologistas técnicos, Tecnólogos e médicos radiologistas. Cada formação tem suas especificidades e permissões para conduzir, interpretar exames e emitir laudos. Nós falaremos sobre isso nos próximos tópicos. Por hora, vamos abordar as diferenças entre os profissionais e, a seguir, você vai saber mais sobre as atividades.

Técnico em Radiologia

O técnico em Radiologia tem uma formação mais simples, rápida e específica. Por isso, sua atuação é limitada e costuma se restringir aos raios X — diferentemente do Tecnólogo, que é solicitado em outras áreas e utiliza aparelhos para captura de imagens.

Tecnólogo em Radiologia

O Tecnólogo em Radiologia é quem executa os exames. Ele tem respaldo para escolher os melhores parâmetros técnicos para a execução e sabe como posicionar o paciente de forma correta. Assim, garante que a captura da imagem realmente mostre o que o médico quer ver.

De acordo com o portal Salário, a remuneração média para o Tecnólogo em Radiologia é de R$ 1.932,83*, com teto que pode alcançar R$ 3.963,12* em uma jornada de 30 horas de trabalho semanal no estado de São Paulo.

As áreas mais bem-remuneradas são serviços de ressonância magnética, atendimento em pronto-socorro e em unidades hospitalares para atendimento a urgências e emergências, tanto nas esferas públicas como privadas.

Médico radiologista

O médico radiologista é quem interpreta o exame realizado pelo Tecnólogo, redige o relatório com o laudo e, por se tratar de um documento, faz a sua assinatura. Alguns radiologistas fazem a emissão deste relatório para outros médicos. Em outros casos, é ele mesmo quem revela o diagnóstico. O salário pode ultrapassar a faixa de R$ 20.000,00*.

Quais são as atividades desenvolvidas pelo radiologista?

Na Radiologia, existem vários profissionais envolvidos em um único processo para diagnosticar doenças por meio da leitura de imagens. Isso pode confundir e trazer muitas dúvidas para as pessoas, já que estamos falando de vários tipos de exames de imagem e de procedimentos com diversos objetivos. Consequentemente, muitos profissionais se envolvem nesses processos e, a depender de suas funções, a formação desejada é diferente.

No caso do Tecnólogo, esse profissional é indispensável para a Medicina e fundamental para o diagnóstico de doenças.

Ele é o responsável pela execução e a produção das imagens obtidas em exames como os raios X, mamografia, tomografia computadorizada, densitometria óssea, ressonância magnética e hemodinâmica, além dos tratamentos em Medicina nuclear e radioterapia. Sendo assim, porta-se como o braço direito do médico, que é quem interpreta e assina o laudo.

A partir da execução de tais exames, é possível que o médico atue com mais segurança. Por exemplo, determinando a necessidade de uma cirurgia, se ela deverá ser aberta ou se pode ser um procedimento via vídeo — conhecido como laparoscopia, cujo benefício é diminuir a exposição do paciente a riscos —, acompanhar visualmente e orientar o melhor tratamento para doenças.

Veja com mais detalhes algumas das principais atividades desenvolvidas pelo radiologista.

Análise de radiografia

Fazer uma boa análise de radiografia, ou melhor, produzir um bom diagnóstico, é tão importante quanto a aplicação de boas técnicas na execução do exame. Afinal de contas, será a partir dele que o radiologista elabora um laudo eficaz, de forma que o médico oriente com mais eficiência o tratamento do paciente.

Os raios x são exames que produzem imagens internas do paciente por meio da utilização de radiação ionizante, funcionando como uma fotografia que permite enxergar órgãos, músculos, ossos, vasos sanguíneos e outras estruturas.

Este exame é rápido, simples, não invasivo e indolor para o paciente, podendo ser aplicado em várias partes do corpo e atender diversos tipos de pessoas, com exceção, é claro, daquelas que não podem receber radiação, como as gestantes. O técnico acompanha o procedimento, e o médico utiliza a imagem para o diagnóstico.

Emissão e laudos de tomografias

A tomografia é um exame de imagem por meio de radiação ionizante como os raios X. O uso do tomógrafo pode ser considerado a evolução da radiografia, possibilitando a produção de centenas de imagens de diversos ângulos em poucos minutos.

Assim como no procedimento anterior, o tecnólogo acompanha o exame para que o médico utilize as imagens no diagnóstico. Com os avanços da tecnologia na Medicina, a tomografia tornou-se muito útil para a emissão de laudos a distância. Isso faz com que o tecnólogo em Radiologia seja uma profissão ainda mais promissora.

Outro benefício de utilizar a tomografia é em relação à exposição do paciente à radiação. Por ser um exame rápido, simples e não invasivo, os riscos são menores que em outros procedimentos, como ressonância. Além disso, é indolor, e o custo também é menor.

Para que o tecnólogo envie essas imagens ao médico, o caminho é bastante simples: após as imagens tomográficas serem produzidas, elas são salvas em um computador por meio de software específico, redes ou na nuvem (espaço de armazenamento na internet), e são encaminhados a um radiologista qualificado para interpretar e elaborar o laudo do exame.

Realização de ultrassonografias

A ultrassonografia é um exame que utiliza ondas sonoras para a obtenção de imagens para laudos médicos. E assim como os raios X e a tomografia, também é rápido, simples, não invasivo e indolor ao paciente.

Esse exame é bastante utilizado em gestantes no acompanhamento do desenvolvimento do feto e é uma ótima ferramenta nas mãos dos radiologistas. Mas, nesse caso, o Tecnólogo apenas acompanha o exame, que é conduzido pelo médico.

Quais são as principais áreas de atuação do profissional?

Você pode pensar que o radiologista é um profissional que trabalha apenas em um ambiente hospitalar ou em clínicas específicas operando máquinas para diagnósticos médicos. Entretanto, a Radiologia permite que o profissional tenha a possibilidade de trabalhar em diversas áreas como indústrias, aeroportos ou até mesmo área forense.

Abaixo citaremos as áreas de atuação de um profissional da Radiologia graduado em um curso superior Tecnólogo.

Radiologia Forense

Na Radiologia Forense, o profissional trabalha diretamente com a realização de exames radiológicos buscando a causa das mortes em pessoas. Essa técnica é importante para investigações, uma vez que é possível descobrir provas como projéteis, ou o grau de um trauma causado no corpo de um morto sem danificá-lo. Ele também permite identificar um cadáver por meio da arcada dentária, entre outras possibilidades.

Radiologia Industrial

Como falamos, aquelas pessoas que acham que a Radiologia está ligada somente a questões da área da saúde estão enganadas. Na Radiologia Industrial, o profissional radiologista trabalha diretamente com o controle de qualidade na produção de artigos. Ele utilizará seus conhecimentos e máquinas de raios X para detectar imperfeições internas que não podem ser vistas a olho nu.

Por isso, podem trabalhar em aeroportos, na indústria de automobilismo e aviação ou até mesmo em portos. Essa área da Radiologia poderá proporcionar bons salários e grandes possibilidades de crescimento. Mas lembre-se: para atuar nessa função, é necessário a habilitação pela Comissão de Energia Nuclear (CNEN).

Radiologia Veterinária

Assim como em humanos, a Radiologia é aplicada em exames feitos em animais. A área é denominada como Radiologia Veterinária. Os exames têm como objetivo identificar estruturas internas nos pets e, assim, revelar doenças, fraturas e demais problemas, facilitando o trabalho do médico veterinário por meio das imagens.

Radiologia Odontológica

A Radiologia Odontológica é uma área específica que trabalha com a produção de imagens da face, principalmente da arcada dentária. Para pessoas que precisam fazer o tratamento ortodôntico para alinhar os dentes, esse tipo de exame é extremamente importante. Ele permite identificar deformidades, traumas, ou eventuais mazelas, facilitando o trabalho do ortodontista.

Pesquisa Acadêmica

Além de trabalhar diretamente com os exames radiológicos, para aquelas pessoas que se identificam com a área acadêmica, uma ótima possibilidade de trabalho é na formação de novos radiologistas ou técnicos em Radiologia.

Segundo o Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia (CONTER), durante a pandemia da COVID-19, o número de vagas de emprego na área de Radiologia Médica cresceu devido à quantidade de exames que foram realizados para auxiliar nos diagnósticos médicos. Investir na carreira acadêmica em uma área que está aquecida é uma ótima alternativa para quem busca por excelentes possibilidades de crescimento.

Gestão de unidades de diagnóstico

Outra opção que o radiologista tem como carreira profissional é em hospitais, em unidades de diagnóstico e em clínicas de saúde, podendo atuar na organização e na gestão das unidades. Ele é responsável pela coordenação de equipes, buscando melhorar os processos e o atendimento, bem como otimizar resultados.

Fabricantes de equipamentos e desenvolvedores de softwares

O avanço tecnológico permite o desenvolvimento de diversas áreas do conhecimento, e isso acontece também com a tecnologia na Medicina. Novas técnicas e métodos capazes de melhorar o diagnóstico e o tratamento de doenças surgem o tempo todo. Na Radiologia, o profissional pode trabalhar como application em empresas que desenvolvem máquinas e softwares.

Afinal, os profissionais em TI sabem como desenvolver sistemas, e os engenheiros constroem máquinas, mas é o tecnólogo em Radiologia que será o responsável pela apresentação, configuração, ajustes finais, treinamento de operação e suporte remoto para todas as equipes envolvidas no processo de fabricação, entrega e atendimento ao cliente que encomendou as máquinas.

Como é o curso de Radiologia da Pitágoras?

Na Faculdade Pitágoras, o curso de Radiologia é oferecido na modalidade a distância e tem duração de 6 semestres. Ou seja, 3 anos.

Os profissionais são formados para atuar em todas as áreas apontadas durante este artigo, em processos de captura de imagens para diagnósticos médicos, odontológicos e veterinários.

Dito isso, a graduação da Pitágoras vai preparar você para planejar, gerir e executar serviços radiológicos com qualidade, precisão e segurança. Para isso, trabalha com uma grade curricular dividida entre:

  • ciclo básico — com disciplinas das Ciências Humanas, Biológicas e Exatas;
  • ciclo profissionalizante — com disciplinas como Radioterapia, Radiologia Industrial, Medicina Nuclear e Gerenciamento de Serviços Radiológicos.

Veja a grade curricular completa:

  • Anatomia das Imagens;
  • Anatomia e Fisiologia Humana;
  • Biossegurança;
  • Dosimetria das Radiações;
  • Exames Radiológicos em Contraste;
  • Exames Radiológicos Especiais;
  • Física Aplicada à Radiologia;
  • História da Radiologia;
  • Legislação em Radiologia;
  • Mamografia e Densitometria Óssea;
  • Medicina Nuclear e Radioterapia;
  • Orientação Profissional;
  • Patologia Geral e Radiológica;
  • Primeiros Socorros;
  • Proteção Radiológica;
  • Radiologia Convencional;
  • Radiologia Industrial;
  • Radiologia Odontológica;
  • Radiologia Veterinária;
  • Ressonância Magnética;
  • Técnicas Radiológicas;
  • Tomografia Computadorizada.

Preço médio da mensalidade

Para cursar o Tecnólogo em Radiologia na Pitágoras, você encontra mensalidades a partir de R$ 239,00*. O valor pode sofrer alterações dependendo da data em que você estiver lendo este artigo, mas uma coisa é certa: a Pitágoras tem ótimos programas de bolsas e descontos! Confira detalhes a seguir.

Bolsa Incentivo

Concedida para quem não consegue iniciar um curso superior por falta de dinheiro. Há uma série de critérios estabelecidos, por isso, é necessário solicitar a Bolsa Incentivo no ato da inscrição do vestibular e ler os requisitos.

Bolsa Primeiro Semestre

A Bolsa Primeiro Semestre é exclusiva a alunos que estão no primeiro semestre de cursos presenciais ou EAD. Os descontos incidem sobre os valores de todas as mensalidades nos primeiros seis meses de curso.

Bolsa Servidores Públicos e Militares

Servidores públicos federais, estaduais e municipais e seus filhos de até 24 anos também têm direito a descontos exclusivos na mensalidade.

Bolsa Transferência

Se você já faz um curso superior, mas deseja mudar para a graduação da Pitágoras, também tem um desconto especial. Para solicitar a bolsa, é necessário apresentar alguns documentos específicos:

  • atestado de vínculo com a Instituição de origem;
  • conteúdo programático de todas as disciplinas em que obteve aprovação — também chamado de ementa;
  • CPF;
  • histórico escolar oficial e atualizado da Instituição de origem — expedido há, no máximo, 6 meses.
  • RG.

Convênio Empresa

Se você trabalha, verifique se a sua empresa está conveniada à Pitágoras. Nesse caso, garante descontos exclusivos durante todo o curso de graduação. Converse com seu empregador e sugira ao responsável pelo RH (Recursos Humanos) que entre em contato com o polo mais próximo e firme a parceria, se ainda não tiver.

Matrícula Antecipada

Manda bem na redação e garante que vai ser aprovado no vestibular? Você pode optar por realizar a matrícula antecipada ao se inscrever no vestibular! Dessa forma, além de garantir a vaga na turma, leva a isenção da taxa de inscrição. Isso facilita o seu ingresso, pois pesa menos no bolso.

Desconto Pontualidade

Consegue pagar a mensalidade até o quinto dia útil do mês? Você vai ter uma surpresa boa: um descontinho de pontualidade oferecido para todas as pessoas que fazem curso EAD.

Qual é a bolsa mais interessante? Entre em contato com o polo da Pitágoras mais próximo a você, confira as condições ofertadas e como garantir o seu benefício!

Quais são os diferenciais da Pitágoras?

A Pitágoras dá condições para você estudar por meio de uma ementa bem construída e planos de bolsas e descontos que facilitam o seu ingresso no ensino superior.

Mas os benefícios da faculdade não param por aí, ela também faz a conexão entre você, aluno, e o mercado de trabalho! Veja nossas iniciativas.

Trilhas de Carreira

Sabemos que, para se destacar no mercado de trabalho, não basta ter um diploma profissional. É necessário trabalhar uma série de características e competências pessoais — como comunicação e liderança — e aptidões profissionais — como gestão de pessoas e projetos —, que garantem o diferencial necessário para evoluir dentro da carreira escolhida.

Pensando nisso, a Pitágoras oferece o Trilhas de Carreira, um portal 100% online com aulas gratuitas e certificados para rechear o currículo. Veja algumas opções de curso*:

  • Coaching e Liderança;
  • Comunicação em Negócios e Mídias Sociais;
  • Empreendedorismo e Inovação;
  • Finanças Pessoais e Investimentos;
  • Gestão de Projetos;
  • Gestão de Projetos de Sustentabilidade;
  • Inglês: Incrementando o Vocabulário;
  • Inovação em Gestão de Pessoas;
  • Tecnologia, Direito Digital e Propriedade Intelectual.

Canal Conecta

Depois de toda a preparação, é hora de aproveitar o Canal Conecta, um portal de empregabilidade que promove a conexão entre o formando da Pitágoras e o mercado de trabalho, com vagas exclusivas nas maiores e melhores empresas da sua área de formação.

Além de ter acesso as oportunidades, o Canal Conecta também divide uma série de conteúdos informativos sobre carreira profissional, como:

O EAD da Pitágoras

O sistema de ensino da Pitágoras é inovador e humanizado, pois posiciona você na condição de aluno como a peça central de toda a jornada de conhecimento.

Ou seja, tudo o que é faculdade faz é por você e para você, considerando perfil, demandas e dificuldades. No final, o resultado é o crescimento e o amadurecimento profissional precoce, ainda quando está estudando.

Para isso, a modalidade de ensino EAD trabalha com conteúdos enriquecedores, simuladores e experimentos que os alunos podem acessar e garantir a proximidade com o curso e a faculdade mesmo a distância. E todos os conteúdos são revisados com frequência, garantindo acesso a uma ementa atualizada — tanto em relação ao mercado como à profissão em si, as descobertas científicas e as evoluções que acontecem em qualquer área do conhecimento.

É com essa junção de elementos que a Pitágoras se posiciona enquanto uma faculdade que garante uma formação de qualidade e completa, além de facilitar o destaque para entrar no mercado de trabalho. Com nosso apoio e suporte personalizado, você não fica na mão. Não se trata só de receber o diploma, mas também de ter segurança e oportunidades para trabalhar.

Gostou de tudo o que viu até aqui? Então, agora é com você!

O curso Tecnólogo em Radiologia é realmente incrível! Mais do que um leque de oportunidades de trabalho em várias áreas da saúde, sejam elas para o corpo humano, sejam para os dentes, sejam para os animais, a Pitágoras é mais do que uma faculdade: ela é uma facilitadora da sua vida profissional e ingresso no mercado de trabalho!

Todos os programas são pensados e oferecidos para que você se desenvolva continuamente, evoluindo e remando para o sucesso. Certamente, a Radiologia é uma ótima opção para quem deseja trabalhar na área da saúde, e a Pitágoras promove uma carreira promissora!

Portanto, não perca tempo e faça a inscrição para o vestibular online da Pitágoras. Esperamos por você!

*Sujeito a alterações.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.