Quanto ganha um psiquiatra? Como se tornar um?

quanto ganha um psiquiatra

Teste Vocacional Rápido

A Psiquiatria é uma especialidade do curso de Medicina que ganhou muito destaque nos últimos anos. Esse crescimento aconteceu por conta do aumento de pessoas com transtornos mentais e distúrbios de comportamento. Depressão e ansiedade fazem parte desse grupo e já são reconhecidas como doenças do século.

O que muita gente sabe é que a área da Psiquiatria é muito vasta, tendo uma série de especialidades ligadas a ela. A ideia deste post é justamente falar sobre a profissão, quais as possibilidades de carreira, quanto ganha um psiquiatra e muito mais. Se liga!

Quanto ganha em média um psiquiatra?

Se você tem curiosidade de saber quanto ganha um psiquiatra, se liga nesta informação. O especialista em Psiquiatria recebe, em média, R$ 7.330,91* pra uma jornada de 20 horas semanais de trabalho, segundo dados do CAGED.

A faixa salarial varia entre R$ 6.461,73 e R$ 16.384,86*, sendo o primeiro o salário médio e o último o teto salarial. Claro que esses valores consideram o trabalho em clínicas e empresas de terceiros. Quando se fala em consultório próprio e dependendo do nível de especialização, eles podem atingir patamares muito mais altos do que esses. Legal, né?

O que faz um psiquiatra e quais são as principais competências?

A psiquiatria é uma das áreas da Medicina em que os profissionais atendem, diagnosticam, tratam, reabilitam e previnem doenças e transtornos mentais e de comportamento.

Da ansiedade, demência, passando pela bipolaridade até transtornos obsessivos compulsivos (TOC), o psiquiatra busca analisar os pacientes de maneira completa. Pra isso, tem como base a Psicologia, Biologia e até cultura da pessoa. Afinal, o ambiente pode interferir na mente e comportamento de cada ser humano, certo?

O perfil profissional do psiquiatra é de uma pessoa paciente, mas também empática. Além disso, é alguém que saber ouvir, é compreensivo e tem forte o trabalho em grupo. Sem contar que os profissionais que mais se destacam têm amplo conhecimento em clínica médica e psicofarmacologia. Afinal, o tratamento das doenças mentais também costuma estar associado à medicação.

Quais são as possibilidades de atuação do psiquiatra?

O foco do trabalho do psiquiatra está ligado à parte ambulatorial, que são aqueles lugares em que é prestada assistência a pacientes que não necessariamente precisam da internação. Esse é o caso dos consultórios e clínicas, bem como postos de saúde. Mas a presença do profissional também é bem requisitada em hospitais, centros de tratamento e outros.

Outra possibilidade é nos Centros de Atuação Psicossocial (CAPS). Eles são mantidos pelo Ministério da Saúde e têm como foco o atendimento de apoio e serviço pra pessoas com transtornos mentais considerados de natureza grave. Também ajudam dependentes químicos que precisam de tratamento de urgência e observação clínica.

Como trabalhar na área de Psiquiatria?

A Psiquiatria está entre as principais áreas de especialização da Medicina. Ou seja, o profissional precisa ter feito a graduação e ser formado como médico pra obter a titulação como psiquiatra. O que muita gente não sabe é que existem diferentes maneiras de atuação nessa área. Veja só algumas delas a seguir!

Psicogeriatria

Essa é uma área da Psiquiatria que prioriza o cuidado exclusivo de idosos. O profissional pode ser tanto pesquisador de doenças mentais que ocorrem na velhice, como também atender pacientes que tenham algum quadro com origem da psique e, até mesmo, combinada com tratamento de enfermidades físicas.

Psiquiatria forense

Quando se trata da Psiquiatria forense, o profissional atua junto a órgãos de justiça do país, como tribunais e até mesmo Polícia Federal. O trabalho dele é solicitado pelo juiz, promotoria ou advogados, com o objetivo de determinar se uma pessoa acusada tem algum tipo de transtorno mental que interferiu n=o seu comportamento ou se a vítima de um crime sofreu com danos psicológicos.

Dependência química

Como já falamos, o CAPS é um dos locais que trata dependentes químicos com necessidade de tratamento psiquiátrico. Logo, essa área é uma possibilidade de carreira ao profissional, que lida em seu dia a dia com pessoas que têm algum vício e não conseguem sair dele.

Mas não é só no CAPS em que esse profissional atua. Também dá pra trabalhar em centros de apoio, clínicas de reabilitação e institutos terapêuticos que a presença do psiquiatra é fundamental.

Perícia

O psiquiatra também pode atuar no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), ocupando o cargo de perícia médica. Ele será o responsável por avaliar as pessoas que entram com a solicitação de auxílio-doença, dando a resposta positiva ou negativa para o pedido.

Cabe a ele identificar as pessoas que estão, de fato, com problema e precisam se afastar parcial ou totalmente do trabalho, pra cuidarem da saúde mental.

Em cada umas dessas áreas da Psiquiatria o salário varia, conforme a gente já viu. O salário médio de um Psiquiatra concursado é de R$ 6.161,20* por 19 horas semanais. Já no caso daqueles que atuam diretamente com a dependência química, por exemplo, os ganhos ficam em torno de R$ 6.827,40* por 18 horas de trabalho na semana.

Ainda é preciso considerar as diferenças entre as cidades: algumas capitais pagam mais do que outras. É o caso de São Paulo e o Rio de Janeiro com piso de R$ 7.804,33 e R$ 6.816,61*, respectivamente, enquanto em outros locais como Pernambuco e Mato Grosso do Sul, com ganhos médios de R$ 2.268,86 e R$ 1.460,30*.

Como aumentar os ganhos na profissão?

Diante dessas informações sobre salário da Medicina Psiquiátrica, fica o questionamento: como aumentar os ganhos na profissão? O primeiro passo é se profissionalizar, focar nos estudos e escolher uma boa faculdade. Tudo isso faz diferença na preparação pra residência médica.

Na Pitágoras, você encontra um curso de Medicina com toda a infraestrutura pra aulas práticas, além de docentes altamente capacitados. A graduação dura 6 anos, segundo diretrizes do Conselho Regional de Medicina. Se quiser se especializar em Psiquiatria, é preciso fazer a residência na área, com duração de 3 anos.

A faculdade conta com várias oportunidades pra você, como estágios em Unidades Básicas de Saúde (UBS), hospitais, a Policlínica Municipal, além do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS). Entre as matérias da graduação se encontram:

  • funções biológicas;
  • habilidades médicas;
  • concepção e formação do ser humano
  • saúde da mulher, sexualidade humana e planejamento familiar;
  • problemas mentais e do comportamento;
  • desordens nutricionais e metabólicas;
  • emergência.

Além de se capacitar com qualidade, você pode aumentar o salário na profissão à medida que ganha experiência, consolidando a sua marca pessoal como médico especialista. É interessante conhecer também tudo sobre Medicina pra saber como a especialidade se relaciona com outras.

Agora é com você!

Esperamos que você tenha entendido melhor sobre a profissão e quanto ganha um psiquiatra no Brasil. Como a gente viu, a área é vasta e tem bons rendimentos já no início de carreira.

Se você ficou interessado no curso de Medicina, inscreva-se no vestibular da Pitágoras e dê início a um futuro de sucesso!

*Sujeitos a alteração

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.