Descubra quanto ganha um cardiologista no Brasil

quanto ganha um cardiologista

Teste Vocacional Rápido

O curso de Medicina é uma das faculdades com maior reconhecimento, empregabilidade e remuneração. Um bom exemplo disso é quanto ganha um cardiologista, que é uma das principais especialidades dos médicos. Você já pensou em atuar nessa área?

Neste post, a gente explica quais são os benefícios de atuar no diagnóstico e tratamento das doenças que acometem o sistema circulatório e o coração. Aliás, o conteúdo também é uma oportunidade pra entender como funcionam as especialidades e o mercado de trabalho. 

Então, se você pensa em fazer Medicina, continue a leitura pra saber o salário de cardiologista e ter ainda mais certeza de que a faculdade é a decisão certa pra sua carreira!

Quanto ganha um médico cardiologista?

O cardiologista ganha em média R$ 8.107,30*, de acordo com a Pesquisa Salarial da Catho. Os valores são quase o dobro da média dos profissionais com diploma de nível superior, que é de R$ 4.938,00*, segundo o IBGE.

Em relação às consultas, o piso salarial da Federação Nacional dos Médicos (FENAM) serve como base pra gente avaliar os ganhos. O valor está em R$ 187,49*. Na prática, orienta os profissionais na fixação de preços, sem ser obrigatório.

Em 2017, a Revista Exame publicou levantamento da Proteste sobre os preços das consultas com cardiologista em São Paulo e Rio de Janeiro:

  • Clínica particular;
  • Rio de Janeiro — R$ 250,00 a R$ 800,00 (com eletrocardiograma);
  • São Paulo— R$ 140,00 a R$ 230,00;
  • Clínica popular;
  • Rio de Janeiro— R$ 89,00 a R$ 100,00;
  • São Paulo— R$ 90,00 a R$ 125,00.

Se a gente corrigir o valor pela inflação, a quantia mínima da consulta no Rio de Janeiro ficaria em R$ 275,30 na média, enquanto em São Paulo seria de R$ 157,64.

Pra complementar essa visão geral sobre as remunerações, reunimos alguns procedimentos previstos na tabela do SUS:

  • cateterismo cardíaco — R$ 122,20;
  • cateterismo em Pediatria — R$ 161,20;
  • tratamento de crise hipertensiva — R$ 41,87;
  • infarto agudo do miocárdio — R$ 116,72;
  • insuficiência cardíaca — R$ 40,17.

Vale ressaltar que os salários das áreas de especialização em Medicina são bem elevados. A remuneração do médico é de R$ 6.854,82*, o que se deve a diversas opções de carreira com excelente remuneração.

Como se tornar um cardiologista?

O diploma de bacharel te qualifica pra exercer as funções de clínico geral. Assim, logo após sair da faculdade, você deve escolher um programa de residência em Medicina pra se habilitar caso queira outras especialidades.

A residência em Cardiologia é realizada em 2 anos e apresenta o valor de uma pós-graduação no currículo. É um curso que combina aulas e atividades práticas. Nessas últimas, você é acompanhado por profissionais mais experientes.

Uma das vantagens de fazer o curso na Pitágoras é a qualidade no ensino. O diploma tem mais de 20 anos de tradição, contando com amplo reconhecimento do mercado e diversos alunos aprovados em programas de residência médica.

Além disso, a Pitágoras tem uma parceria com o Município de Eunápolis — sede do curso de Medicina — pra facilitar o acesso às especializações. Nela, os moradores da cidade podem obter bolsas de 50% ou 100% para fazer as residências médicas.

Uma dica pra escolher a sua especialidade é conhecer as áreas em alta da Medicina. Muitas opções de carreira recebem tão bem quanto ganha um cardiologista e também são excelentes alternativas pra construir uma carreira de sucesso.

O que pode influenciar o salário na Medicina?

As perspectivas do estudante de Medicina são bastante positivas, desde que você opte por uma boa faculdade. Afinal de contas, quando se trata de escolher um médico, todo mundo é um pouco mais cuidadoso, não é mesmo?

Um dos segredos é sempre buscar qualificação profissional e experiência. O médico de sucesso mantém uma rotina de aprender mais e mais, estando sempre atualizado para oferecer o melhor para os seus pacientes.

Lembre-se também de desenvolver as competências comportamentais. Saber se comunicar com o atendido, fornecer orientações claras pra equipe, manter a calma em situações de urgência e emergência: todas essas coisas fazem um bom médico.

Por fim, o médico de hoje está de olho nas novas tecnologias. Cirurgias robôs, análise de dados em diagnóstico, telemedicina são exemplos das mudanças que você vai enfrentar quando se formar daqui a uns anos.

Como garantir as melhores oportunidades?

Agora que você já sabe quanto ganha um médico cardiologista e a importância de se qualificar, podemos abordar os elementos que fazem uma boa preparação e garantem as melhores oportunidades de mercado. Vamos lá?

Infraestrutura do curso superior

O primeiro deles é a infraestrutura do curso superior. Na faculdade de Medicina, você aprende principalmente enquanto pratica. Por isso, os laboratórios da instituição devem simular os desafios, problemas e experiências necessárias para o aprendizado.

Corpo docente qualificado

Um profissional experiente consegue trazer casos e exemplos pra sala de aula, facilitando a compreensão dos assuntos de Medicina, que, muitas vezes, são complexos. Portanto, professores que consigam aliar teoria e prática também serão um diferencial durante a sua formação.

Experiências durante a faculdade

Outro ponto é ficar atento ao que você vivencia na faculdade. Ter o contato com pacientes e ambientes de trabalho reais tem um grande impacto. Assim, consegue entender o funcionamento do contexto profissional e reagir às situações que aparecem no dia a dia.

A Pitágoras é uma faculdade que oferece todos esses diferenciais. Na metodologia de ensino, existe um grande esforço pra que você consiga aliar conhecimento, habilidades, atitudes e julgamentos, sabendo aplicar a teoria nas atividades profissionais.

Um dos pontos decisivos é a metodologia PBL (Problem Based Learning ou Aprendizagem Baseada em Problemas). Nela, o estudo se baseia em casos e problemas reais. Logo, seu processo de aprendizagem é mais natural e intuitivo do que seria se você simplesmente tentasse decorar várias informações para só depois aplicar.

Além disso, 10% dos recursos obtidos com a graduação são reinvestidos em infraestrutura. Por isso mesmo, todos os laboratórios trazem os melhores equipamentos e recursos materiais. Você se desenvolve com exercícios e atividades práticas, enquanto é orientado por professores especialistas, mestres e doutores em suas áreas.

A principal forma de ingresso é o vestibular em Medicina. Caso você tenha dificuldades pra pagar as despesas do curso, a faculdade conta com o Financiamento Creditas. Com a aprovação, é possível pagar em até 20 anos.

Seja um profissional de sucesso!

Se você gostou de quanto ganha um cardiologista ou quer seguir alguma outra área da Medicina, o primeiro passo é escolher uma boa faculdade. Ter uma preparação adequada é essencial pra se atualizar e especializar no futuro. Além disso, dá acesso às melhores oportunidades e benefícios profissionais.

Então, não fique aí parado! Faça a inscrição no vestibular em Medicina da Pitágoras e torne-se um profissional de excelência!

*Sujeito a alteração

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.