Não sabe qual faculdade fazer? Leia este texto!

estudante em dúvida sobre qual faculdade fazer

Já se perguntou qual faculdade fazer? Pensar em carreira é prioridade pra muitas pessoas — e apostamos que é a sua também! Mas no meio de tantas áreas, vertentes, graduações e por aí vai, fica até complicado optar por uma só, né?

Foi pensando nisso que a gente preparou este post com dicas imperdíveis pra você fazer a escolha certa de acordo com as suas pretensões, sempre com foco no crescimento profissional. Se liga!

Quais são os tipos de instituição?

Pode reparar que, pra muitas pessoas, fazer graduação é sinônimo de entrar na faculdade. Mas e se a gente falar que existem outras instituições de ensino superior que não levam esse nome? Pois é bom ficar de olho nessas questões na hora da sua decisão.

Vem com a gente entender como funcionam as faculdades, as universidades e os centros de ensino!

Faculdade

A faculdade é uma instituição de ensino devidamente reconhecida pelo MEC que oferece cursos de graduação e também de pós-graduação, sempre em determinadas linhas do conhecimento. Como assim?

Podem ser de Exatas, Humanas ou Ciências Biológicas, por exemplo. Pra receber o reconhecimento do MEC, elas precisam atender a vários requisitos, como presença de laboratórios, biblioteca, entre outros.

Universidade

As universidades têm em suas estruturas um conceito que se fixa em ensino, pesquisa e extensão — o que significa que há um amplo espaço voltado pra iniciação científica. Os alunos contam com projetos que são aplicados junto à comunidade e cursos de pós-graduação, sendo pelo menos em stricto sensu (ou seja, mestrado e doutorado).

Fora isso, um terço do corpo docente deve ser composto por professores com títulos de mestres ou doutor, e mais um terço precisa ter contrato em regime de dedicação exclusiva.

Centro universitário

Enquanto as faculdades podem oferecer cursos em apenas uma área, os centros universitários contam com graduações em diversos setores do conhecimento humano. Mas se assemelham com as universidades pelo fato de terem que formar o tripé “ensino, pesquisa e extensão”.

Entre as exigências pra ser reconhecido, é preciso que pelo menos um terço dos professores seja mestre ou doutor e, no mínimo, um quinto precisa se dedicar em tempo integral à instituição.

Outras segmentações

Pensa que acabou? Calma que lá vem história! Os tipos de instituições ainda carregam consigo algumas diferenças relacionadas com quem mantém o seu bom funcionamento. Veja só!

Municipais

A instituição municipal é uma autarquia pública que geralmente cobra mensalidade. Elas têm professores contratados por meio de concursos no Brasil, vestibulares e avaliações elaboradas pelo MEC.

Estaduais

Estas são mantidas pelos governos do Estado. Isso significa que são gratuitas e não se encontram em diferentes localidades do país. Elas podem oferecer cursos de pós-graduação, inclusive por meio da cobrança de mensalidades.

Mas nem tudo são flores. Há vestibulares concorridos e, quando aceitam as notas do Enem por meio Sisu, a concorrência fica ainda maior, principalmente nas vagas destinadas a cotas.

Federais

São custeadas pelo Governo Federal e estão espalhadas pelos estados brasileiros. Atualmente, a maioria aceita apenas a nota do Enem por meio do Sisu como forma de ingresso, mas algumas têm vestibular anual. Parte das vagas também é direcionada ao sistema de cotas.

Militares

As escolas militares contam com cursos que destinam formações técnicas e também direcionadas às Forças Armadas. São bancadas pela União e há possibilidade de você se formar no ensino superior, além de obter a patente de tenente num primeiro momento.

Dá pra escolher entre as instituições do Exército, Aeronáutica e Marinha. Nessa opção, há o regime de internato. Ou seja, você dorme na escola ao longo da semana e vai pra casa apenas aos sábados e domingos.

Particulares

Já particulares são mantidas pela iniciativa privada e são custeadas pelas mensalidades pagas pelos alunos. Elas contam com excelentes estruturas e são acompanhadas constantemente pelo MEC pra assegurar a qualidade dos cursos.

A grade curricular é bem organizada e há um comprometimento com o término das faculdades no período previsto. Existe uma preocupação muito grande com a formação acadêmica dos estudantes, que vai desde a contratação e manutenção do quadro docente até as formas de ingresso.

Quais são as modalidades dos cursos?

No momento de saber que faculdade fazer, você deve pensar em várias situações referentes ao seu estilo de vida. Afinal, muita gente tem uma rotina corrida e pode faltar tempo e dinheiro pra estudar em outro estado, né? Mas relaxa! Tem opção pra tudo que é gosto — e a gente aqui na Pitágoras oferece todas elas, dependendo do curso!

Ensino presencial

É o modelo tradicional em que você precisa comparecer na instituição de ensino a semana toda pra assistir às aulas, fazer os trabalhos e provas. A frequência mínima deve ser de 75% da carga horária, tendo as aulas no período da manhã, tarde, noite ou integral.

100% online

A educação totalmente online é a opção que mais cresce no Brasil. Isso porque dá pra acompanhar as aulas em qualquer lugar com acesso à internet, fazendo tudo a distância. As instituições oferecem uma plataforma completa e é possível escolher o melhor turno pra fazer faculdade, economizando dinheiro e tempo.

Inclusive, a faculdade é mais barata em comparação às presenciais, garantindo uma formação sólida e focada no mercado de trabalho. Existem alguns mitos e verdades sobre o EAD, que você pode conferir no nosso post desse link!

Semipresencial

O sistema semipresencial também é considerado um formato de EAD. As aulas são, em sua maioria, online. Por isso, você pode fazer o cronograma de acordo com seu próprio planejamento.

O que diferencia é que a presença no polo é obrigatória em determinados dias da semana, principalmente pra elaboração de trabalhos ou provas. Dá pra manter um contato presencial com os colegas e professores, fortalecendo o seu networking.

Quais são os tipos de formação disponíveis?

Acha que acabou? Tem mais algumas escolhas pra fazer também. Dependendo da área em que você deseja estudar, existem formações diferentes, como as de Licenciatura, Tecnólogo ou Bacharelado. Conheça agora as principais distinções!

Cursos Tecnológicos

Os Tecnólogos são voltados exclusivamente ao mercado de trabalho e, geralmente, têm uma duração mais curta. Dessa forma, é possível formar profissionais em apenas 2 ou 3 anos, unindo teoria e prática nas aulas.

Entre os cursos da Pitágoras que te possibilitam essas vantagens, temos Marketing, Sistemas Elétricos, Gestão de Recursos Humanos, Análise e Desenvolvimento de Sistemas e por aí vai. Tem opção pra diferentes áreas!

Bacharelado

Você já deve ter ouvido por aí e talvez até tenha se perguntado o que é o bacharel. A resposta é bem simples: são os profissionais formados nos cursos de Bacharelado. Essas graduações também são direcionadas ao mercado de trabalho, mas contam com um tempo maior, geralmente 4 a 5 anos.

Assim, a atuação fica bem mais ampla, podendo alavancar a sua carreira. Esse é o caso das Engenharias, Administração, Direito, Psicologia e até da Medicina aqui na Pitágoras.

Licenciatura

Os cursos de Licenciatura são direcionados à formação de professores, como de História, Geografia, Pedagogia, Educação Física e afins. Geralmente, contribuem para a educação de futuros docentes do ensino infantil, fundamental ou médio.

O que determinar antes de escolher?

Como vimos, as opções são inúmeras no momento de definir qual faculdade fazer. Só não deixe de investir no autoconhecimento pra escolher uma profissão que esteja alinhada com o seu jeito de ser, com foco na sua realização pessoal e profissional.

Caso você ainda esteja na dúvida, vale a pena fazer o nosso giro de profissões. É um game que ajuda muito no processo de escolha, focado a desvendar a sua personalidade. Depois de definir qual faculdade fazer, se dedique ao máximo e faça com que o tempo trabalhe sempre ao seu favor!

Vem com a gente!

Agora que você viu o tanto de pequenas escolhas que existem no baú do “qual faculdade fazer”, coloque o seu pensamento em ordem — se preciso, até com ajuda de papel e caneta. Tome essa decisão com calma e conte com o apoio daquela instituição de ensino de primeira, com foco no seu crescimento. Vem pra Pitágoras!

E aí, está pronto pra cursar uma faculdade? Então, aproveite e faça agora mesmo a sua inscrição em nosso vestibular!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content