Conheça as principais áreas de Psicologia

profissional de psicologia

A Psicologia é uma carreira pra lá de promissora. Alguns aspectos como a evolução dos conhecimentos sobre o cérebro e o crescimento das doenças emocionais fazem com que os profissionais sejam bem valorizados. Mas quando você pensa na possibilidade de se tornar um psicólogo, o que imagina?

Se a imagem que vem à cabeça é a de uma pessoa num consultório, realizando o atendimento clínico, saiba que não está sozinho nessa visão. Mas as áreas da Psicologia vão muito além. Apesar da alta demanda, a quantidade de estudantes em busca dessa formação também é grande. Assim, pra ser um destaque nesse mercado, é preciso sempre se manter atualizado e se especializar.

Se você quer saber quais são os principais tipos de Psicologia, não perca o nosso post. Boa leitura!

Como é a faculdade de Psicologia e como está o mercado de trabalho?

O curso de Psicologia tem duração média de 5 anos e seu objetivo é te qualificar para o atendimento à população na área da saúde, tratando e prevenindo as doenças mentais e distúrbios emocionais. Quem escolhe essa especialidade pode realizá-la na modalidade de ensino presencial aqui na Pitágoras.

A carreira é muito gratificante pra quem se preocupa com o bem-estar do próximo. Pra exercer a profissão, é fundamental desenvolver um equilíbrio entre empatia e distanciamento. Algumas características podem contribuir para o sucesso durante a jornada, como:

  • empatia;
  • responsabilidade;
  • boa capacidade de ouvir;
  • equilíbrio emocional.

A grade curricular do curso de Psicologia oferece várias matérias que te auxiliam a entender as pessoas e analisar os motivos pelas quais elas se comportam de determinado modo. Você também aprende sobre metodologias que ajudam pacientes nas suas diferentes necessidades.

Uma das características é a grande carga horária de leitura sobre várias teorias. Também há atividades práticas, que acontecem em laboratórios ou no atendimento a pacientes dos mais variados perfis. Algumas disciplinas incluem:

  • Psicologia da percepção;
  • Teorias e Sistemas Psicológicos;
  • Fundamentos das Ciências Sociais;
  • Ética na saúde;
  • Psicopatologia.

O mercado de trabalho em Psicologia vem crescendo muito nos últimos anos. Além do tradicional atendimento clínico pra tratar distúrbios do comportamento, as empresas começaram a contratar esse profissional pra atividades como administração hospitalar e recrutamento.

O salário médio de um psicólogo é de R$ 2.742,31* pra uma jornada de trabalho de 33 horas semanais. Mas o valor pode variar de acordo com a região do país e com a área de atuação. O que não dá pra negar é que, pra se destacar no mercado, é fundamental se manter atualizado.

A faculdade de Psicologia te prepara pra dar apoio à população em várias situações. Existem diversas áreas de atuação que têm o objetivo de auxiliar as pessoas de todas as idades, em vários locais, contextos e situações. Com essa grande possibilidade, o ideal é que cada um escolha o campo em que quer investir durante a formação.

Confira, a seguir, os principais segmentos pra construir a sua carreira.

Psicologia organizacional e do trabalho

Esse ramo tem sua ação aliada às tendências de Recursos Humanos, trabalhando com esse departamento em grandes e médias empresas. Nesse caso, o você vai ser responsável pela implementação e elaboração de programas de treinamento, além de procedimentos de seleção e recrutamento.

O psicólogo tem um campo de trabalho amplo à sua frente, já que as instituições sabem que colaboradores engajados têm uma produtividade maior. O salário médio dessa especialidade é de R$ 3.041,46* — nada mal, né?

Psicologia do trânsito

Quem optar por seguir nessa área pode fazer avaliações psicológicas em exames periódicos ou em futuros motoristas. Você também vai realizar pesquisas e desenvolver programas educativos pra equipes que trabalham com o trânsito.

Intervenções pra motoristas infratores também vai ser uma das suas responsabilidades, assim como ações de conscientização e prevenção sobre o uso de drogas e álcool. A média salarial é de R$ 2.164,63*.

Psicologia social

Essa é uma das principais áreas da Psicologia, e você pode atuar em diferentes espaços, como penitenciárias, asilos e centros de cuidados com crianças e adolescentes. Nessa especialidade, o atendimento acontece de modo individual ou em grupo.

Além disso, pode propor atividades recreativas e lúdicas pra esse público. Também dá pra se dedicar ao estudo social pra entender a influência da sociedade em comportamentos individuais e na sugestão de políticas públicas. O salário médio é de R$ 2.692,76*.

Psicologia esportiva

Você gosta de esportes e quer aliar o atendimento psicológico com essa prática? Então, a Psicologia esportiva pode ser uma ótima alternativa pra você! O salário é bem atrativo, com uma média de R$ 3.692,76*. Nesse ramo, vai trabalhar com a saúde mental, comportamento motor e cognitivo dos atletas de alto rendimento.

Questões como bloqueios, superação de medos, controle de ansiedade, autoconfiança, atenção e foco são alguns dos pontos trabalhados pra melhorar o rendimento dos atletas. A prática pode ser realizada de maneira individual ou com as comissões técnicas.

Psicologia jurídica

Essa especialidade está relacionada com as ações que acontecem no campo da justiça. Você deve desenvolver atitudes que visam ao respeito à cidadania e aos direitos humanos, principalmente como uma maneira de combate e prevenção à violência.

A avaliação de perfis psicológicos é um exemplo de técnica usada pelo psicólogo jurídico no apoio aos casos judiciais. Nesse ramo, também dá pra analisar crianças que foram vítimas de maus-tratos e abuso, ao direcioná-las pra programas de adoção ou proteção. O salário médio é de R$ 3.401,90*.

Se você se identifica com a área da Psicologia, fique tranquilo. Aqui na Pitágoras é possível encontrar as melhores oportunidades. Uma delas é o Canal Conecta, um portal gratuito e exclusivo de vagas de estágio e emprego, te aproximando de muitas empresas em todo o Brasil.

Ao fazer a inscrição na nossa faculdade, você contará com diferentes formas de ingresso: vestibular online, nota do Enem, transferência externa e parcelamento estudantil.

Agora que você já conhece as principais áreas da Psicologia, chegou o momento de escolher uma boa instituição de ensino. Assim, opte por aquela que seja reconhecida e que tenha uma infraestrutura de ponta. Além disso, conheça mais sobre os nossos cursos e diferenciais.

Gostou deste texto e não vê a hora de estudar com a gente? Então, se inscreva no vestibular e fique preparado!

*Sujeito a alteração

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.