O que o mercado espera de um profissional de tecnologia?

oqueomercadoesperadeumprofissionaldetecnologia

Já pensou em uma empresa funcionando, nos dias de hoje, sem tecnologia? Difícil, né? Qualquer que seja seu porte ou segmento de atuação, esses novos recursos vieram com tudo para otimizar a rotina dos profissionais e dar a eles maior poder de decisão.

Isso sem falar que o profissional de tecnologia, que desempenha um papel central nesse cenário, ainda ajuda na segurança dos dados do negócio e contribui para um crescimento saudável da organização. Tanto é que os melhores vêm sendo disputados pelas grandes empresas — e não é raro a demanda pelos especialistas na área ser maior que a oferta presente no mercado.

Já deu para ter um gostinho do quanto o profissional de tecnologia da informação é requisitado, certo? Então, venha com a gente para entender o que o mercado espera dessas pessoas e o que fazer para conquistar as melhores oportunidades!

Graduação em uma faculdade de qualidade

Fazer o curso de tecnologia em uma faculdade de qualidade é outro nível. Nela, você terá professores de primeira, os conteúdos serão atualizados, e a experiência que consegue adquirir, então, nem se fala! Os laboratórios e o apoio à pesquisa são também fatores que indicam esse comprometimento com o ensino.

Confira abaixo as dicas do MEC para escolher uma boa instituição.

Veja só aqui na Pitágoras, por exemplo. Nós oferecemos os cursos de Ciência da Computação, Engenharia da Computação e Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Em qualquer uma dessas opções, você vai se formar prontinho para ingressar nas melhores empresas — quem sabe seu futuro se encontra no Google! Não custa sonhar!

Flexibilidade

Trabalhar com tecnologia permite uma flexibilidade no trabalho dificilmente experimentada em outras profissões. Da mesma forma que a carreira permite essa realidade, o mercado também espera que seus profissionais sejam flexíveis para se adaptar às demandas e urgências.

Com mudanças provocadas pela própria tecnologia, é de se esperar que o profissionais da área sejam pacientes e resilientes para mudar a mesma linha de código de mais de uma vez em um mês. Além disso, sua função hoje pode se transformar completamente na próxima semana. Ou seja, prepare-se para ser flexível e mente aberta.

Conhecimento das tendências

O mercado de tecnologia está em constante movimento. É a transformação digital fazendo bem o seu trabalho. Sendo assim, o profissional que se contenta com o básico dificilmente vai para frente. Apesar das inúmeras oportunidades, as melhores delas são reservadas para quem é referência em alguma linguagem de programação e tem boas experiências no currículo.

Mas não é somente conhecer as tendências: é preciso se antecipar a elas e adaptar-se rapidamente para atender às demandas do mercado. Ficar de olho em artigos da área, frequentar eventos de tecnologia e potencializar sua rede de contatos são algumas formas de colocar essa missão em prática.

A Inteligência Artificial, Internet das Coisas e o Big Data são algumas das áreas que continuarão em crescimento nos próximos anos (e, nessa, ganha quem já começou a se especializar). A partir delas, surgirão ainda mais tecnologias disruptivas no mercado. Então, esteja preparado para DataOps, edge computing, experiências imersivas com realidade aumentada, 5G e contêineres.

Espírito inovador

Nada como um espírito inovador para criar as melhores soluções e atender às demandas dos consumidores, não é mesmo? Colocar a criatividade e o intraempreendedorismo no modo turbo pode contribuir bastante nesse sentido.

Correr riscos vai fazer parte da sua rotina profissional se você quiser se dar bem na área de tecnologia. Muitas vezes, só vai saber se um software ou código funciona testando-o. Por mais que existam os frameworks de base, é totalmente possível criar soluções inovadoras a partir disso.

Perfil multidisciplinar

Já ouviu falar de um programador full stack? Esse é apenas um dos exemplos que demonstram que a multidisciplinaridade é a chave do sucesso na área de tecnologia. O profissional que leva esse nome é responsável por trabalhar um produto desde a engenharia que faz um simples botão funcionar até a animação que aparece quando um usuário interage.

Deu para ter um gostinho do que começar a desenvolver para se tornar o melhor profissional de tecnologia que o mercado já viu? Então, agora é hora de arregaçar as mangas, escolher uma faculdade que auxilie nessa jornada e não deixar jamais de buscar informações.

Vale lembrar que nunca é demais ajudar os amigos que estão na busca de uma profissão ideal também, não é mesmo? Por isso, bora compartilhar agora mesmo este conteúdo nas suas redes sociais?

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content