Pedagogia Waldorf: o que é e por que se tornou uma tendência?

estudantes de pedagogia

Se você se interessa por educação infantil, já deve ter ouvido falar em Pedagogia Waldorf, né? Assim como outros métodos pedagógicos modernos, essa vertente defende uma educação integral, que trabalhe ao mesmo tempo as habilidades sociais, motoras, cognitivas e emocionais da criança.

Esse tipo de abordagem vem ganhando destaque na formação pedagógica, por atender à educação do futuro. Hoje, vemos o mercado de trabalho exigindo dos profissionais habilidades como pensamento crítico e inteligência emocional, e o desenvolvimento dessas competências tende a conquistar mais importância no futuro.

Então, pra entender de vez do que se trata a Pedagogia Waldorf e porque está todo mundo falando nela, continue lendo este post!

O que é Pedagogia Waldorf?

A Pedagogia Waldorf parte de uma visão antropológica, que vê o homem como um conjunto harmônico que abrange três dimensões: físico, anímico e espiritual. Dessa maneira, fundamenta as práticas educativas que desenvolvem o aluno de forma integral, ou seja, associando habilidades corporais, cognitivas e emocionais.

A proposta tem objetivo de construir uma base emocional sólida, necessária para o desenvolvimento intelectual. Assim, dá pra atender às necessidades atuais e futuras dessa criança.

Tendo como base as fases do desenvolvimento humano, na educação infantil o foco é estimular a criatividade por meio do livre brincar, desenvolvendo o pensamento crítico necessário à próxima etapa: o segmento escolar.

Na prática, os professores realizam com as crianças atividades como cuidar do jardim, preparar o lanche, guardar os brinquedos, entre outras brincadeiras livres. Além disso, elas têm experiências motoras e sensoriais por meio de materiais naturais, como pedras, conchas, terra, lã, tecidos etc.

Nas escolas que usam essa filosofia, existe uma visão individual de cada criança, que tem seu tempo de desenvolvimento respeitado, bem como seus talentos e capacidades tratados como únicos.

Como surgiu a Pedagogia Waldorf?

Em 1919, na Alemanha pós-guerra, o filósofo austríaco Rudolf Steiner foi convidado pra dar palestras sobre educação e temas sociais aos funcionários da fábrica Waldorf-Astoria.

Estimulados por suas ideias, os funcionários manifestaram o interesse de oferecer aos seus filhos uma educação baseada naqueles princípios. Assim, começou a funcionar num prédio da fábrica a primeira escola Waldorf. Algum tempo depois, houve a transferência pra outro lugar, dissociando-se da fábrica. Mas o nome foi conservado.

Rudolf Steiner retomou uma ideia da cultura grega, que dividia a vida humana em períodos de 7 anos, e a aplicou para o ensino, caracterizando os setênios da Pedagogia Waldorf. Essa é uma das grandes diferenças pra Pedagogia tradicional, aplicada na maioria das instituições de ensino brasileiras.

Quais são os princípios da Pedagogia Waldorf?

A Pedagogia Waldorf é bem influenciada pelas Ciências Sociais. Assim, seus princípios se fundamentam, por exemplo, nos ideais da Revolução Francesa: liberdade de pensar, igualdade de deveres e direitos e fraternidade, do respeito mútuo. São esses os valores que comandam as escolas Waldorf.

Como vimos, os ciclos de aprendizagem são divididos em setênios:

  • De 0 a 7 anos: maturidade escolar;
  • De 7 a 14 anos: maturidade sexual;
  • De 14 a 21 anos: maturidade social.

Dessa maneira, as práticas e ferramentas de ensino são adaptadas pra cada fase do desenvolvimento humano. Em todas elas, temos alguns princípios comuns:

  • desenvolvimento integral;
  • educação para o futuro;
  • cooperação;
  • respeito mútuo;
  • integração com a natureza.

E os benefícios da Pedagogia Waldorf, quais são?

Com ênfase no primeiro setênio, essa filosofia educacional acredita que ancorar o aprendizado na experiência é fundamental. Assim, a criança desenvolve amplamente as habilidades perceptivas e motoras, ganhando destreza, noção de tempo e espaço.

O aluno chega ao ensino fundamental com uma base sólida pra alfabetização. Além disso, os princípios favorecem o desenvolvimento emocional e social, trazendo vantagens da Pedagogia Waldorf, como as que a gente listou abaixo.

Participação da família

A maioria das escolas Waldorf são organizações sem fins lucrativos, muitas organizadas pelos próprios pais. Mesmo quando não se envolvem na criação e administração, a participação da família na educação é essencial pra adequar o ensino das crianças à proposta pedagógica, o que acaba gerando uma aproximação benéfica.

Estímulo à criatividade

Como vimos, a metodologia de ensino aprendizagem é baseada no livre brincar, se valendo da imaginação e fantasia infantil. É por isso que usam o lúdico, a contação de histórias e a capacidade de aprender pela imitação, natural dessa idade.

Aulas personalizadas

O método de ensino é individualizado, tendo como base os interesses e talentos de cada aluno. Assim, eles levam atividades pra casa sempre que se aproximam de suas capacidades e interesses.

Limitação da tecnologia

Especialmente na educação infantil, o acesso à tecnologia é bastante limitando, permitindo que a criança tenha liberdade pra criar e experimentar, em vez de receber conteúdo pronto.

Contato com a natureza

Utilizando a natureza como ambiente pra experimentação sensorial, a educação Waldorf desperta a consciência na criança de que vivemos e desfrutamos dela –– por isso, precisamos protegê-la.

Vínculo com os professores

Pra cada etapa educativa, há apenas um tutor. Ou seja, o mesmo professor acompanha a criança por anos, estreitando os vínculos entre mestre e aprendiz. Além disso, os professores participam de cursos de formação continuada e atualização.

Como trabalhar com a Pedagogia Waldorf?

Ainda que se trate de uma metodologia alternativa, com escolas administradas pelos pais, e que sejam oferecidos cursos específicos aos professores, o curso de Pedagogia é requisito número 1 pra atuação na área.

A Pedagogia Waldorf precisa ser adequada à Base Nacional Comum Curricular elaborada pelo MEC. Essa tarefa é do professor e, pra mandar bem, nada melhor do que se formar numa faculdade de qualidade, né?

Aqui na Pitágoras, a grade curricular já está adequada às normas da BNCC. Além disso, a gente oferece:

Investir na formação em Pedagogia vale a pena e é essencial para o futuro da carreira, que promete ser recompensador. Ainda que muitos escolham esse caminho pela vocação, o salário de professor e a grande oferta de vagas também são interessantes. Enquanto o educador recebe a média de R$ 2.637,33*, o pedagogo tem a remuneração de R$ 3.176,54*, segundo o CAGED.

Como vimos, a Pedagogia Waldorf é tendência em educação, e o método vem sendo implementado em instituições do mundo todo. No Brasil, a cada ano surgem mais escolas dessa linha, abrindo um mercado promissor para aqueles que se interessam em trabalhar como professores ou pedagogos nessa área.

Se você gosta da área de educação e se interessou pela Pedagogia Waldorf, não perca essa chance e se inscreva no vestibular na Pitágoras. Vem construir seu futuro com a gente!

*Sujeito a alteração

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.