Como se tornar um oftalmologista? Descubra como chegar lá!

Cronograma de estudos medicina

Teste vocacional rápido

Uma dúvida que muitos vestibulandos que sonham em fazer Medicina podem ter é como se tornar um oftalmologista. Afinal, essa é uma das dez especialidades mais procuradas atualmente por oferecer uma vasta área de atuação e salários muito atraentes. 

Para responder de uma vez por todas a essa dúvida, nós preparamos o artigo a seguir. Nele, explicamos o passo a passo de como se tornar esse profissional e ainda explicamos como funciona o programa de residência, que é a única maneira de se especializar para atuar nesse segmento. Confira!

Afinal, existe faculdade para ser oftalmologista?

Para se tornar um oftalmologista é necessário, em primeiro lugar, fazer a Faculdade de Medicina, pois essa se trata de uma especialidade do campo médico. Esse processo é feito através de um programa chamado de residência, que permite que os profissionais estudem enquanto atuam dentro de hospitais e outras unidades de saúde.

Para ingressar em uma residência, além de ser um médico formado, é preciso ainda ter registro do Conselho Regional de Medicina (CRM) do local de atuação e passar em uma prova de concurso. 

O que esperar da graduação em Medicina?

A Faculdade de Medicina é do tipo bacharelado e por isso oferece uma formação mais completa para os estudantes. Ela tem duração mínima de seis anos, que são divididos em 12 semestres.

Na Pitágoras, esse curso tem um total de 7.960 horas, o que já inclui as aulas práticas, teóricas, visitas e até mesmo os estágios supervisionados, que são feitos nos últimos semestres de graduação e contabilizam 2.880 horas. 

Por esse ser um curso muito extenso, afinal estamos falando dos cuidados com a saúde, a grade curricular dele é bastante completa. Algumas das matérias que os alunos veem nele são:

Presencial, 100% EAD ou semipresencial: em qual vou me adaptar melhor?
  • Proliferação celular; 
  • Metabolismos; 
  • Nascimento, crescimento e desenvolvimento; 
  • Dor; 
  • Saúde da mulher, sexualidade humana e planejamento familiar; 
  • Processo de envelhecimento;
  • Práticas interdisciplinares de interação, ensino, serviços e comunidades I; 
  • Habilidades gerais; 
  • Habilidades médicas; 
  • Processo de envelhecimento e muitas outras. 

E a residência em oftalmologia?

A residência em oftalmologia é de acesso direto. Isso significa que o médico pode ingressar nela assim que terminar a faculdade, desde que seja registrado no Conselho Regional de Medicina (CRM) e não é necessário ter nenhuma outra especialização prévia. Ela funciona como um tipo de especialização para que o profissional possa atuar na área.

Essa, que é uma das mais procuradas no país, tem duração de três anos. Durante o tempo em que estiver fazendo residência o médico verá assuntos como:

  • Microbiologia; 
  • Neuroanatomia; 
  • Optometria; 
  • Técnica cirúrgica; 
  • Imunologia; 
  • Parasitologia; 
  • Cirurgia oftalmológica e muitos outros. 

No Brasil, esse tipo de programa é gerenciado pelo Ministério da Educação, o MEC, que escolhe hospitais universitários federais, hospitais de ensino e ainda secretarias de saúde estaduais e municipais para participar do Programa Nacional de Apoio à Formação de Médicos e Especialistas em Áreas Estratégicas para o SUS, o Pró-Residência. 

O ingresso nesse programa é feito através de um concurso, que costuma ser bastante concorrido, e confere uma bolsa no valor de R$ 4.106,09 como ajuda de custo aos residentes. Ao todo, os participantes contam com uma carga de trabalho de no máximo 60 horas semanais, que incluem atendimentos de plantão noturno e turnos normais. 

A Pitágoras te ajuda a realizar o sonho de se tornar médico, confira como!

Após descobrir como se tornar um oftalmologista, você tem certeza de que deseja seguir essa carreira no futuro? Então venha estudar em uma das melhores instituições de ensino superior do Brasil, a Pitágoras, e fique um passo mais próximo de realizar seu sonho!

No curso de Medicina da Pitágoras, você conta com o suporte de professores altamente qualificados, um sistema de avaliação inovador, visitas a unidades de saúde e uma infraestrutura completa e equipada com tudo o que há de mais moderno na área. 

Tudo isso pagando mensalidades com preços justos e tendo a certeza de estar estudando em uma instituição que tem tradição e é referência em todo o país. E aí, quer aproveitar essas e outras vantagens? Então não perca tempo, clique aqui e faça hoje mesmo sua inscrição no nosso vestibular!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Prouni, FIES, crédito estudantil ou bolsa privada: qual a melhor opção para mim?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.