Saiba o que é psicopedagogia e como atuar na área!

profissional de pedagogia

A Psicopedagogia é uma área que estuda a relação entre aprendizagem e a mente humana. O profissional trabalha tentando entender dificuldades e melhorar os processos de assimilação de conhecimento. Pode atuar tanto com a educação formal, em escolas, quanto com aquisição de novas práticas no mercado de trabalho.

Ainda que nem todos a conheçam, a Psicopedagogia já é antiga –– surgiu no século XIX. Na época, as pessoas pensavam que os problemas de aprendizagem estivessem relacionados com fatores orgânicos do cérebro. Por isso, o profissional da Psicologia trabalhava junto de um médico.

Essa ideia durou bastante tempo. Atualmente, os fatores externos também são considerados quando se fala em Psicopedagogia, o que fez os estudos da área crescerem, assim como sua importância.

Certo, mas o que é Psicopedagogia de forma ampla? Como ela pode ajudar? Será que essa área é pra você? É isso que a Pitágoras te ajuda a descobrir hoje. Confira a seguir!

O que é Psicopedagogia e o que faz o profissional na área?

A Psicopedagogia é uma área de especialização que envolve tanto a Pedagogia quanto a Psicologia. De forma geral, é a união das duas profissões e seus conhecimentos, já que tem como foco os processos mentais que envolvem a aprendizagem.

O profissional de Psicopedagogia é especializado pra auxiliar pessoas que apresentam dificuldades em processos de aprendizagem independentemente do motivo. Inclusive, ajuda em casos de distúrbios ou transtornos (TDAH ou TEA, por exemplo).

Estuda as formas como o ser humano consegue entender novas informações e todas as variáveis que podem influenciar isso. Quando você se forma nessa área, pode identificar a disfunção e suas razões –– a partir disso, pensar em tratamentos, acompanhamentos e terapias que possam servir. Isso vale tanto pra crianças, nas escolas, quanto pra adultos, no ambiente de trabalho.

Assim, é indicada na infância quando:

  • a criança apresenta dificuldades de aprendizagem ou de atenção;
  • tem problemas em se relacionar com os colegas de sala;
  • apresenta dificuldade com lógica, leitura ou escrita;
  • não tem motivação de aprender novidades;
  • não mostra interesse nos estudos mesmo quando outras abordagens são tomadas.

Na vida adulta, os problemas são bem parecidos:

  • baixo desempenho no trabalho ou nos estudos;
  • falta de motivação em aprender novas informações;
  • problemas em entender conteúdos e interpretá-los;
  • dificuldade com raciocínio lógico;
  • falta de atenção e foco.

O que faz um Psicopedagogo, na prática?

Sabendo o que é Psicopedagogia e como o profissional pode ajudar, é de se imaginar que as possibilidades de trabalho sejam muitas. Você pode trabalhar em escolas, empresas, setor público, clínicas próprias ou especializadas, instituições de saúde ou socioeducativos e muitos outros lugares. Tudo isso com média salarial de R$ 2.484,94*.

Nas clínicas próprias, dá pra atender seus pacientes de forma focada, dependendo de cada caso. Em especializadas, pode contar com uma equipe multidisciplinar pra trabalhar com terapias específicas (como fonoaudiologia ou terapia cognitiva-comportamental). Também é comum alguns profissionais trabalharem com grupos de pacientes.

No âmbito profissional, a gente pode incluir empresas públicas ou privadas pra desenvolver habilidades e melhorar processos de aprendizagem dentro de cada setor. E que tal avaliar possíveis problemas que estejam atrapalhando a motivação e o rendimento dos funcionários? Tudo isso é possível pra profissionais formados aqui na Pitágoras!

Qual é a diferença entre psicopedagogo, psicólogo e pedagogo?

Essa é uma das grandes dúvidas quanto à área de atuação e o que faz um psicopedagogo. Afinal, os três profissionais não são capazes de auxiliar uma pessoa a aprender? A resposta é sim e não! Confuso? Calma que a gente te explica agora!

Pedagogo

É o responsável pelo aprendizado em si. Profissionais formados nesse curso geralmente trabalham com crianças, em especial nas escolas de nível primário. Assim, usam tudo sobre Pedagogia que aprenderam durante a faculdade: formas de aprendizagem, métodos de ensino, expectativas de conhecimento, entre outras coisas, pra ensinar da melhor forma possível.

O objetivo da formação pedagógica é fazer com que as crianças consigam adquirir conhecimento de forma leve e eficaz e que continuem tendo a habilidade de obter novas informações conforme crescem. Quando esse trabalho não é bem feito, a pessoa pode levar problemas de aprendizagem pra sempre, o que atrapalha sua qualidade de vida, inclusive seu lado profissional.

Vale a pena citar também a área da Pedagogia social, que busca diferentes formas de melhorar a inclusão e a oferta de ensino de qualidade pra todos –– inclusive considerando possíveis disfunções de aprendizagem.

Psicólogo

Esse profissional é responsável por entender o funcionamento da mente humana pelo viés psicológico. Ou seja, pode atuar com diferentes áreas, sendo o de aprendizado uma delas.

Isso não quer dizer que todo psicólogo entenda sobre Psicopedagogia. Afinal, a graduação é bem ampla e necessária para o entendimento geral do cérebro, além de todas as possíveis disfunções e consequências pra qualidade de vida.

Caso o profissional trabalhe com crianças, mesmo que a aprendizagem não seja seu foco, é importante considerar a vivência dela em ambientes de educação.

Em adultos, o psicólogo também pode contribuir com algumas questões de obtenção de habilidades e conhecimento. Mas caso esse seja a principal dificuldade do paciente, é indicado que ele procure um profissional especializado.

Psicopedagogo

Percebeu que essa é a união das duas profissões que a gente viu acima? O psicopedagogo trabalha tanto com a parte de aprendizado quanto a com a do cérebro, tentando analisar obstáculos pra assimilação de novas informações.

Nessa área, você precisa estudar e entender como a mente humana lida com tudo isso. A partir desse conhecimento, avalia por quais motivos seu paciente em questão apresenta dificuldades de aprendizagem. Também considera e indica ações com terapias complementares, se for o caso.

Ou seja, utiliza técnicas e conhecimentos tanto da Psicologia quanto da Pedagogia diariamente no seu trabalho, com crianças ou com adultos. Dessa forma, precisa ter interesse e gostar das duas áreas.

Como ser um psicopedagogo?

A Psicopedagogia, na verdade, é uma especialização. Como é necessário ter conhecimentos de duas áreas pra atuar, você precisa, primeiro, fazer Pedagogia ou Psicologia na faculdade.

Aqui na Pitágoras, você pode fazer tanto o curso de Psicologia quanto o de Pedagogia — que é oferecido nas modalidades presencial, semipresencial e 100% online. Depois, é só procurar por sua especialização pra trabalhar nessa área tão importante que tratamos neste texto.

Dá pra fazer o seu curso sem prejudicar sua vida financeira: a Pitágoras oferece diferentes tipos parcelamento, financiamentos e bolsas de estudos pra diminuir os valores das mensalidades. Quer mais? Ainda temos o Canal Conecta, pra te ajudar a conseguir um emprego ou estágio na área.

Bom, agora que você já entendeu o que é Psicopedagogia e como pode trabalhar na área, dê o primeiro passo. Se inscreva no vestibular da Pitágoras!

*Sujeito a alteração

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.