O que é Periodontia? Por que é uma área em alta?

dentista e paciente conversando em consultório sobre periodontia

Se você está em busca de um ramo da Odontologia que ofereça boas oportunidades, então, deveria começar a pesquisar sobre o que é Periodontia. Afinal, o especialista que atua nessa área tem um mercado amplo, podendo realizar diferentes atividades, e uma remuneração média de R$ 6.116,78 — bem acima do salário do brasileiro, não é?

Além de ser uma área tradicional e respeitada, a Odontologia vem ganhando cada vez mais destaque no cenário nacional. Isso porque seus procedimentos tratam problemas bucais, fazem sua prevenção e visam à estética do sorriso, o que também envolve o periodontista.

Quer saber mais sobre esse assunto? Continue lendo para conhecer:

  • o que é a área de Periodontia;
  • como é a atuação do profissional;
  • como se tornar um periodontista.

Com esses conhecimentos, poderá iniciar a sua maratona de estudos com uma meta definida, para atuar em um ramo promissor e construir uma carreira de sucesso!

O que é Periodontia?

A Periodontia é um ramo da Odontologia que se dedica ao estudo, prevenção e tratamento dos problemas que afetam os tecidos periodontais, que são aqueles que sustentam e fixam os dentes. O profissional atuante nessa área é o periodontista.

Alguns problemas tratados pela Periodontia são:

  • gengivite;
  • periodontite;
  • abscessos;
  • infecções;
  • perda de tecido.

Sendo assim, todas as doenças e problemas que afetam as gengivas, o cemento, o ligamento periodontal, o osso alveolar, entre outros tecidos que envolvem e apoiam os dentes, são tratados pelo periodontista.

Essa é uma excelente opção de carreira de sucesso profissional, uma vez que o periodontista pode atuar no ramo Clínico, Médico ou Estético. Tomando como exemplo esse último caso, a Periodontia entra como uma das especialidades da Odontologia Estética, que oferece oportunidades cada vez maiores no Brasil.

Apenas entre 2015 e 2018, esse ramo cresceu 300% por aqui, de acordo com a Sociedade Brasileira de Odontologia Estética. A explicação pode estar no fato de que, segundo uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), 65,7% dos entrevistados consideram que os cuidados com a aparência não são um luxo, mas sim uma necessidade.

Quais são as principais atividades de um periodontista?

Embora tenhamos tomado como exemplo a Periodontia voltada para área da estética, é importante que você não se esqueça de que existem outras atividades realizadas por profissionais desse ramo. Conforme explicamos, ele também pode trabalhar com a Periodontia Clínica e Médica. A seguir, falamos um pouco mais sobre cada uma delas.

Periodontia Clínica

As atividades que envolvem a especialidade Periodontia Clínica são aquelas voltadas para a realização de procedimentos que fazem a prevenção de problemas no periodonto ou o tratamento de doenças já existentes.

Na prevenção, o profissional atua realizando, por exemplo, a profilaxia dentária e a tartarectomia. Essas técnicas visam a remover o acúmulo de placa bacteriana e tártaro, que desencadeiam inflamações e infecções na gengiva.

No tratamento de problemas, os mais recorrentes são a gengivite — inflamação que afeta a gengiva — e a periodontite, uma complicação da gengivite, mas que atinge todos os tecidos do periodonto, sendo mais grave do que a primeira.

Também é na Periodontia Clínica que o profissional realiza tratamentos para recuperar tecidos perdidos, como no caso do enxerto gengival ou ósseo. Esse último é uma etapa importante para quem deseja colocar implantes dentários, mas não tem a quantidade de osso suficiente.

Periodontia Médica

A área de Periodontia Médica inclui o acompanhamento de pacientes que desenvolveram problemas nos tecidos periodontais em função de doenças sistêmicas. Também envolve aqueles que têm o agravamento desses problemas em função das enfermidades. Esse é o caso de pacientes portadores de condições como:

  • diabetes;
  • Alzheimer;
  • aterosclerose.

Mulheres gestantes, pessoas que sofreram acidente vascular cerebral e os fumantes também precisam de um acompanhamento especial. Tudo isso porque esses grupos apresentam necessidades específicas e maior suscetibilidade aos problemas periodontais.

Periodontia Estética

A periodontia Estética é aquela que envolve os procedimentos destinados a valorizar a aparência do sorriso. Nesse caso, o profissional realiza intervenções nos ossos e no tecido gengival para alcançar a harmonia e simetria.

Duas técnicas realizadas para isso são a gengivectomia e a gengivoplastia. Ambas trabalham a gengiva para que ela tenha a quantidade adequada de tecido, recubra os dentes na medida certa e tenha bordas harmônicas para valorizar o formato dos dentes.

O sorriso gengival é tratado com as técnicas da Periodontia Estética, mas ela também envolve o preenchimento das áreas onde falta gengiva. Esse é o caso dos pacientes que naturalmente têm pouco tecido e aqueles que sofreram a perda em função da retração gengival ou da periodontite. Para eles, é feito um enxerto.

Como se tornar um periodontista?

Esse ramo de atuação está despertando seu interesse? Então, é importante que você entenda que existe uma pequena diferença entre Odontologia e periodontista. Isso porque a primeira é uma área, enquanto a segunda, um dos seus ramos, como Ortodontia, Implantodontia, Odontopediatria e outros.

Portanto, para você atue na área de Periodontia, precisa fazer a graduação em Odontologia primeiro, que você encontra em diversas faculdades em BH e espalhadas pelo país. Assim, pode se formar como dentista clínico geral. Lembrando que o ideal é procurar por uma instituição que ofereça uma excelente base prática para você se preparar bem, uma infraestrutura com laboratórios completos e professores altamente qualificados.

Você encontra tudo isso aqui na Pitágoras! Nosso curso de graduação em Odontologia é composto pelo Ciclo Básico e o Profissionalizante, com um conjunto de diversas disciplinas técnicas. Além disso, preparamos você para o mercado por meio do sistema de ensino dinâmico e interativo, para que aprenda na prática.

Depois de graduado, deve fazer o registro no Conselho Regional de Odontologia do seu estado. Com sua situação regularizada, você precisará cursar uma especialização em Periodontia, que pode ser ofertada pela faculdade que você cursou ou outras instituições de ensino.

Com a mesma especialização, você já estará habilitado para atuar nas áreas Clínica, Médica ou Estética. Então, pode decidir por se dedicar a um público em específico e, para ter um diferencial ainda mais atrativo, existe a possibilidade de complementar sua formação com cursos segmentados.

Se você quiser ainda mais informações sobre o que é Periodontia, a atuação do profissional e outros detalhes, basta consultar materiais como trabalhos acadêmicos, publicações científicas e fontes confiáveis, além de conversar com profissionais atuantes. Assim, poderá definir se essa é realmente a área ideal para você!

Quer mais algumas dicas para construir um futuro de sucesso? Então confira, neste próximo artigo, 7 metas que você deve priorizar em 2020.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.7 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content