Nutrição: tudo que você precisa saber sobre o curso

comidas representando nutrição

Uma boa qualificação profissional por meio da realização de uma graduação foi, por muitos anos, um “algo a mais” no currículo online ou físico. Com o passar do tempo, ela se tornou uma necessidade pra inserção do jovem no mercado de trabalho. Por conta disso, a gente vai falar sobre um curso muito interessante pra quem quer uma carreira promissora: a Nutrição.

O curso de Nutrição é uma das graduações no campo das Ciências Biológicas, mais especificamente na área da saúde. O nutricionista lida com as questões relacionadas com a alimentação, atuando na elaboração de dietas terapêuticas e personalizadas pra cada paciente, pra auxiliá-lo a encontrar o equilíbrio metabólico.

A seguir, a gente fala sobre esse curso de maneira completa. Veja só algumas questões pra te deixar bem informado e te ajudar a decidir se esse é realmente o campo que quer seguir pra sua vida profissional. Boa leitura!

Como é a graduação de Nutrição?

A graduação de Nutrição aqui da Pitágoras é oferecida no formato Bacharelado. O objetivo desse curso é te deixar preparado pra lidar com as questões fisiológicas relacionadas com alimentação e os nutrientes — ou seja, apto pra preparar programas alimentares para os mais diversos grupos.

Se você parar pra pensar, pode chegar a dúvida muito comum nesse mercado: é melhor ser um nutricionista ou nutrólogo? Apesar de os nomes serem parecidos, essas profissões são bem diferentes. Enquanto o primeiro profissional é um graduado em Medicina, com especialização nessa área de alimentação, o segundo lida só com o setor nutricional.

O que vou estudar na faculdade de Nutrição?

Tem ideia de quais são as principais matérias de Nutrição? De modo geral, o curso é dividido em 2 etapas: a primeira envolve a base da área, que é cheia de disciplinas essenciais para o aprofundamento posterior nos assuntos. A segunda, conhecida como Preparando o Futuro, aborda nichos mais específicos. Difícil? Calma que a gente te mostra como isso funciona na prática!

No primeiro ciclo, temos matérias como:

  • bioquímica;
  • educação alimentar;
  • sistemas do organismo;
  • comportamento da sociedade.

Já no segundo, podemos ver as seguintes disciplinas:

  • nutrição aplicada às diversas patologias;
  • tecnologia dos alimentos;
  • composição dos alimentos;
  • nutrição do idoso;
  • nutrição infantil.

Qual é o tempo de curso?

Os 2 ciclos mencionados acima são divididos ao longo de 5 anos, ou seja, 10 semestres. O curso de Nutrição da Pitágoras é ofertado nas modalidades de ensino presencial e semipresencial. No EAD, inclusive, é possível ter uma boa dose de flexibilidade e autonomia pra estudar. Que tal?

Ao longo da graduação, você conta com aulas teóricas e práticas, além de estágios de Nutrição obrigatórios que vão contribuir para o seu aprendizado de um jeito mais eficiente. Esse tipo de atividade também ajuda na escolha da melhor área de atuação no futuro, considerando que esse é um campo bem amplo.

Quais são as vantagens de estudar Nutrição?

Gostou das matérias do curso de Nutrição da Unopar? Espere só até ver algumas das vantagens de optar pela graduação para o seu futuro. Vamos lá?

As pessoas estão mais preocupadas com a alimentação

Com o passar dos anos, deu pra notar uma revolução na maneira como o brasileiro se alimenta, não acha? Se antes era um povo com uma dieta muito natural, hoje tem um tanto de gente “contaminada” pelos industrializados e pelas fast foods, assim como várias outras nações do planeta. Assim, a obesidade se tornou uma verdadeira epidemia também no Brasil.

Apesar disso, a facilidade do acesso das pessoas à informação também fez com que elas se tornassem conscientes sobre a própria alimentação. Desse jeito, estão mais preocupadas e em busca de hábitos saudáveis.

A carreira está em crescimento

Isso que a gente falou também tem uma ligação direta com o crescimento da carreira em todo o Brasil. O agravamento de doenças por conta de problemas com a alimentação e a crescente preocupação das pessoas com a própria saúde fazem com que a Nutrição fique mais valorizada no mercado.

Sendo assim, essa é uma ótima oportunidade de trabalho pra quem quer atuar na área da saúde, cuidando de pacientes tanto em hospitais quanto em consultórios próprios ou outros locais.

Há muitas possibilidades de atuação

A Nutrição — assim como a Enfermagem, a Medicina, a Medicina Veterinária e outras carreiras do gênero — abre muitas portas para o profissional nela formado. São diversas áreas de atuação, especializações e rotinas de trabalho possíveis nas quais você pode entrar.

Sendo assim, essa é uma carreira vantajosa, que abrange os mais diversos tipos de personalidade e objetivos para o futuro. Certamente, há uma área que é a sua cara esperando por você depois da graduação na Pitágoras!

É uma profissão que proporciona qualidade de vida

O dia a dia de algumas carreiras tende a ser muito caótico, dependendo da especialidade escolhida. Muita correria, horários nada estáveis, longas jornadas de trabalho… Tudo isso é refletido diretamente numa rotina menos programável e numa qualidade de vida, muitas vezes, prejudicada.

Com a Nutrição, isso não acontece. Essa é uma carreira que proporciona estabilidade nos horários e um dia a dia bem tranquilo. É uma oportunidade pra quem não abre mão do bem-estar no ambiente profissional.

Dá pra trabalhar com as pessoas e ajudá-las

Algumas pessoas simplesmente gostam de lidar com outras. Essa vontade de ajudar o próximo é um dos combustíveis que movem muitos daqueles que optam por uma carreira na área da saúde.

Com a Nutrição, isso não é diferente. No seu dia a dia, o nutricionista lida com o paciente de forma direta. E o melhor: tem o poder de deixá-lo bem mais saudável, trazendo qualidade de vida também àqueles que procuram pelos seus serviços. No fim do dia, isso é muito gratificante!

Há oportunidades pra se atualizar constantemente

Formados em qualquer tipo de curso precisam estudar e se atualizar sempre, né? Essa questão já ficou evidente nos últimos tempos. Mas quando nos referimos aos profissionais da área da saúde, isso se torna ainda mais marcante.

Novidades surgem o tempo todo no campo das Ciências Biológicas. Novos fármacos são descobertos, estudos comprovam fatos que antes eram tidos como verdadeiros absurdos… Sendo assim, a atualização é constante e deve ser levada muito a sério. Também precisa ser vista não como uma obrigação, mas como uma oportunidade de crescimento!

Qual é o perfil ideal do graduando em Nutrição?

Parece que algumas pessoas já nascem sabendo que querem se dedicar à Nutrição pra vida toda. Outras só desejam entender se essa é a área certa pra investir o seu futuro. Você está nesse grupo? Pra te ajudar, a gente separou algumas características que fazem parte do perfil do profissional nutricionista.

Lembre que essas habilidades podem ser muito bem desenvolvidas aqui com a gente no curso de graduação. Isso porque as matérias já trabalham questões comportamentais que te destacam no mercado de trabalho — afinal, a intenção da Pitágoras é que nossos alunos sejam excelentes no que fazem!

Com isso em mente, se liga no perfil do graduando!

É uma pessoa que gosta de estudar e aprender

Uma das principais características do estudante de Nutrição é a sua vontade de aprender. Afinal, esse é um curso com disciplinas muito complexas e abrangentes, que falam sobre todos os sistemas do corpo humano e a sua relação com a ingestão de nutrientes específicos.

Além disso, você precisa ter em mente que esse ritmo de estudos vai persistir por toda a carreira, já que atualizações são parte fundamental do trabalho de um nutricionista. Sendo assim, o perfil desse profissional é o da pessoa que tem sede de conhecimento, foco e muita disciplina.

É alguém que sabe trabalhar em equipe

O trabalho de um nutricionista nunca é solitário. Ainda que você atue num consultório próprio e seja dono de seu negócio, uma coisa é certa: vai necessitar do apoio e do contato de outros profissionais da saúde pra criar uma terapia realmente funcional pra cada paciente.

A parceria do nutricionista com profissionais médicos, biomédicos, enfermeiros e vários outros é essencial para o bem-estar do paciente. Sendo assim, ter um bom senso de equipe e saber lidar com outras opiniões, discutindo-as em prol de um objetivo em comum, é fundamental.

É uma pessoa empática e um bom ouvinte

O diálogo com o paciente faz parte do dia a dia do nutricionista, seja ele um profissional clínico ou de qualquer outra área de atuação. Aqui, saber ouvir e interpretar o que está sendo dito pelo interlocutor é algo que não pode ser deixado de fora.

A Nutrição é uma área interessante pra pessoas que gostam de dialogar e sabem ouvir e dar bons conselhos. Esse trabalho é ainda mais reforçado com a parceria contínua dos profissionais das áreas da Psicologia, outra profissão que tem tudo a ver com o cotidiano dos nutricionistas.

Tem boa capacidade de observação

Os nutricionistas são ainda um pouco detetives. Saber observar os detalhes e “pescar” informações minuciosas nos relatos dos pacientes são práticas essenciais pra que cada programa alimentar seja completamente único e personalizado.

Aqui, o profissional precisa ter atenção às nuances do dia a dia do paciente, suas reais necessidades e seu estilo de vida e de personalidade. Em seguida, deve cruzar esses dados com aqueles obtidos em exames laboratoriais e clínicos. Pra que isso seja feito da melhor forma possível, toda concentração é pouca!

Tem interesse em matérias ligadas à saúde

Por fim, o volume de conteúdos ligados às Ciências Biológicas, nessa graduação é extremamente alto. Ainda que algumas matérias de Exatas e Humanas estejam presentes, a maioria esmagadora de disciplinas na grade curricular é voltada para o campo da saúde.

Por isso, se você gosta de estudar conteúdos ligados à bioquímica, fisiologia e muito mais, a Nutrição será um prato cheio! Aqui, o vai aprender sobre o funcionamento do corpo humano com muitos detalhes.

E aí, acha que essa carreira é pra você? No próximo tópico, a gente conversa sobre as competências e habilidades fundamentais pra esse profissional no dia a dia do trabalho. Então, vamos continuar!

Quais são as competências necessárias pra trabalhar na área?

Além do perfil do estudante, é interessante saber quais são as características de um profissional formado na área. As habilidades e competências mencionadas a seguir são indispensáveis e fazem toda a diferença na rotina do nutricionista.

Elas incluem:

  • empatia;
  • habilidade de ouvir;
  • boa capacidade de observação;
  • raciocínio lógico e clínico;
  • comunicação eficiente e clara;
  • habilidade de trabalhar em equipe.

Vale a pena ressaltar que todas essas habilidades podem (e devem!) ser trabalhadas durante a graduação. Por isso, não se preocupe com elas agora, mas as tenha em mente quando começar o seu curso da Pitágoras em breve, beleza?

Outras informações sobre o perfil desse profissional e várias características da profissão podem ser conferidas no infográfico Perfil dos(as) Nutricionistas do Brasil, elaborado pelo Conselho Federal de Nutricionistas (CFN). Vale a pena conferir!

Como estão as oportunidades do mercado de trabalho pra Nutrição?

Como a gente viu, há muitos campos pra trabalhar na carreira de Nutrição. Sendo assim, escolher a área de atuação é um processo que deve começar na faculdade, com estágios e atividades variadas. Mas dá pra adiantar o caminho ao conhecer algumas delas desde já.

Vem com a gente!

Nutrição clínica e hospitalar

É uma das áreas mais comuns dessa carreira. Aqui, o profissional lida diretamente com as consultas de pacientes que buscam o estabelecimento, seja por conta própria ou pelo encaminhamento de outro colega da área da saúde.

Além disso, o nutricionista hospitalar pode ser responsável pela elaboração das dietas dos pacientes hospitalizados, garantindo que eles recebam todo o aporte nutricional necessário pra se recuperarem plenamente. A fiscalização dessa produção também é de responsabilidade desse profissional.

Nutrição esportiva

Gosta de esportes? É bem provável que sim! No Brasil, grande parte das pessoas é muito ligada com essa questão. E, claro, muitos brasileiros também os praticam no seu cotidiano, seja de forma amadora ou como atletas realmente profissionais.

Em qualquer um dos casos, o acompanhamento com o profissional da Nutrição é indispensável pra otimizar o treino e melhorar os resultados obtidos com os exercícios. O nutricionista elabora uma dieta personalizada para as necessidades e objetivos do paciente, fazendo com que ele alcance o máximo de seu potencial.

Saúde pública

Na área de saúde coletiva, o nutricionista lida com a sociedade como um todo. Aqui, ele faz parte da elaboração e execução de políticas públicas voltadas à alimentação. Tudo isso não só de um paciente, mas toda a população.

Cabe ao nutricionista da saúde pública participar de programas educacionais pra população, transmitindo informação de forma simples e objetiva. Além disso, ele também se encarrega da fiscalização de programas relacionados com essa questão e também na segurança alimentar.

Indústria de alimentos

Como são criados os alimentos? Quem são os profissionais que participam desse processo? Bom, a lista é bem ampla e, sem dúvidas, o nutricionista faz parte dela. Ele pode participar diretamente da indústria alimentícia, auxiliando na elaboração de novos produtos.

A supervisão dos processos garante que os limites estabelecidos por lei sejam respeitados e otimizando os alimentos pra deixá-los nutritivos e seguros. Essa é uma das principais responsabilidades do nutricionista nesse contexto. Além disso, também pode participar do marketing dos produtos de uma empresa.

Elaboração e supervisão de cardápios

Você já parou pra pensar de onde vêm os cardápios serviços em escolas, orfanatos, asilos, empresas, resorts, hotéis e outros estabelecimentos? Não? Bom, essa é mais uma das possíveis áreas de atuação do nutricionista!

Ainda que chefs, cozinheiros e profissionais da Gastronomia altamente qualificados estejam por trás do preparo das refeições nesses locais, a elaboração da estrutura dos cardápios fica por conta do nutricionista. Ele considera as variáveis, como intolerâncias e restrições alimentares, e cria pratos que atendam a todos os públicos.

Desenvolvimento de produtos

Desenvolver produtos também é uma das responsabilidades do nutricionista. Aqui, eles podem ir desde alimentos — como vimos no tópico sobre a atuação na área de indústria alimentícia — quanto à consultoria na elaboração de livros didáticos, programas de televisão, materiais informativos, entre outros.

O trabalho do nutricionista está sempre relacionado com o de colegas de outra profissão. Sendo assim, profissionais do Jornalismo, Marketing e muitos outros também vão cruzar seus caminhos com aqueles que se formarem em Nutrição. Essa é uma área muito ampla e que nunca será tediosa!

Pesquisa

Para o nutricionista que gosta de investigar e descobrir coisas, a área da pesquisa pode ser muito interessante. Novamente, ele trabalha em conjunto com profissionais da Biologia, da Farmácia e da Biomedicina, além de muitos outros, em busca de soluções pra melhorar o dia a dia dos pacientes.

O campo de pesquisa é fundamental pra elaboração de novos fármacos — ainda que o nutricionista não participe diretamente desse âmbito —, descoberta da atuação de nutrientes no organismo, e muito mais. É graças aos cientistas que a área da saúde continua avançando a todo o vapor!

Área acadêmica

Por fim, não podemos deixar de citar uma possibilidade de atuação pouco explorada, mas muito vantajosa tanto profissional quando financeiramente: o campo acadêmico. Ser nutricionista é ter um pouquinho de cada profissão dentro de si.

Ao se formar em Nutrição, você também pode seguir carreira como professor das novas gerações de formandos. Essa é uma oportunidade pra quem gosta de ensinar e quer ter boas experiências profissionais.

Com um diploma em nutrição, onde dá pra trabalhar?

Ainda que o ambiente de atuação mais comum seja o clínico e hospitalar, outros tipos de estabelecimento também necessitam dos serviços de nutricionistas qualificados.

Alguns dos mais comuns incluem:

  • escolas;
  • asilos;
  • indústrias de alimentos;
  • empresas;
  • vigilância sanitária.

Sendo assim, há uma grande variedade pra esse profissional. O que nos leva a uma pergunta: qual é a demanda pra esse tipo de emprego no mercado de trabalho atual?

Como está a demanda de serviços pra Nutrição?

Vimos que a demanda de empregos pra esse profissional não para de crescer, né? A crescente preocupação com a saúde, com hábitos saudáveis e com o combate às doenças que podem estar relacionadas com a alimentação (como a obesidade) são fatores fundamentais pra esse quadro.

Como o nutricionista pode atuar nos mais diferentes ambientes, isso faz dele um profissional único e indispensável, desde hospitais até escolas. Afinal, garante não só tratamentos por meio da dieta, mas também educação e informação sobre uma alimentação saudável e bioapropriada.

Qual é a média salarial para os profissionais da área?

O salário de um profissional da área da Nutrição pode ser bastante variado. Fatores como a experiência, a localização, o ambiente de trabalho, a área de atuação e as especializações do nutricionista são alguns dos que podem fazer com que esse número varie.

Pra um recém-formado, a média salarial é de R$ 2.938,91* pra 40 horas semanais trabalhadas, enquanto o teto chega a R$ 5.456,57*. Confira algumas diferenças em alguns estados brasileiros:

  • Distrito Federal: R$ 5.313,97*;
  • São Paulo: R$ 3.179,76*;
  • Rio de Janeiro: R$ 3.136,63*;
  • Roraima: R$ 3.101,46*.

Além disso, para as diferentes atuações desse profissional, também podemos listar as seguintes médias:

  • assistência social sem alojamento: R$ 3.056,81*;
  • fornecimento de alimentos preparados pra empresas: R$ 3.112,60*;
  • atendimento hospitalar: R$ 3.237,86*.

Como escolher uma boa faculdade de Nutrição?

Tudo muito promissor, mas já pensou enfrentar um mercado desse sem os conhecimentos sólidos que a gente conquista na graduação? É por isso que a faculdade que você escolher deve ser devidamente preparada pra possibilitar o aprendizado e o alcance do potencial.

Nesse contexto, a Pitágoras se destaca. Somos uma instituição com tradição e renome, além toda a infraestrutura pra fazer com que a sua formação seja a melhor possível. São laboratórios, bibliotecas e salas multimídia, isso sem falar no corpo docente qualificado e as parcerias e diferenciais imbatíveis, como a Aula Destaque e o Canal Conecta (exclusivo para nossos alunos).

Gostou de saber mais sobre o curso de Nutrição? Agora, chegou a hora de escolher uma boa faculdade pra conduzir os seus estudos. Não deixe de considerar a Pitágoras! Estamos ansiosos pra ter você no nosso time e te ajudar a alcançar todo o sucesso profissional que você deseja e merece.

Pra fazer parte do curso de Nutrição da Pitágoras, basta se inscrever em nosso vestibular, realizar a prova e aguardar o resultado. O que você está esperando pra dar esse importante passo?

*Sujeito a alteração

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content