Qual a nota de corte de Engenharia Mecânica no Prouni?

nota de corte de engenharia mecânica no prouni

Se tornar um engenheiro de sucesso é o sonho de muitas pessoas. Por conta disso, essa é uma das áreas mais concorridas em boa parte dos vestibulares do Brasil — além, é claro, de serem muito valorizados no mercado, de acordo com a revista Exame. Sendo assim, conhecer bem a nota de corte de Engenharia Mecânica no Prouni é muito importante para a preparação para o vestibular!

Apesar de a área ser muito concorrida, conquistar a sua vaga pode ser completamente possível. Mas, para isso, é preciso se dedicar muito e maratonar os estudos, estando sempre de olho nas informações importantes — como a questão das notas necessárias para ingressar nessa graduação.

A seguir, veremos a resposta para essa pergunta e dicas para entender melhor o Prouni, além de descobriremos também uma série de informações sobre esse curso. Isso vai te ajudar bastante a descobrir se fazer Engenharia Mecânica é realmente o que você quer, além de prepará-lo melhor para o que está por vir. Boa leitura!

Como funciona o curso de Engenharia Mecânica?

O curso de Engenharia Mecânica é uma ótima oportunidade para quem busca a união entre alto nível de empregabilidade e um ofício realmente importante e cheio de novidades no dia a dia. Afinal, o engenheiro será muito procurado para trabalhar na fabricação e a manutenção de máquinas industriais, por exemplo.

Assim, as possibilidades de atuação desse profissional são bem variadas. Ele pode atuar na indústria, no setor energético, na área agrícola. Ou seja, a lista é bastante extensa e esses são, sem dúvidas, campos bastante promissores da Engenharia. Algumas das possíveis atribuições do engenheiro mecânico são:

  • condução de projetos industriais;
  • processamento e distribuição de produtos;
  • organização da produção de produtos e maquinários;
  • criação de produtos e tecnologias para a indústria automobilística;
  • fiscalização de condução de obras etc.

Vale salientar, também, que esse profissional pode atuar tanto na esfera pública quanto na privada, o que gera ainda mais possibilidades de carreira.

O curso de Engenharia Mecânica na Pitágoras é ministrado na modalidade presencial, com duração de 5 anos. Ele é dividido em três etapas: na primeira, o estudante entrará em contato com as bases da Engenharia — tendo matérias como Cálculo e Geometria. Na segunda, aprofundará os seus conhecimentos estudando a Mecânica geral e conceitos mais aprofundados das ciências exatas.

Já na última, o aluno solidificará esses conceitos, entrando em contato com disciplinas mais específicas sobre os vários campos da produção. Algumas delas são: Manufatura Mecânica, Sistemas de Refrigeração, fundição e processos siderúrgicos e muito mais. Essa etapa prepara o estudante para o mercado de maneira mais direta, mostrando aquilo que ele verá em seu dia a dia de trabalho.

O mercado, por sinal, é bastante interessante. Após receber o registro no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea) de seu estado — que é supervisionado pelo Conselho Federal de Engenharia, o Confea — o estudante receberá um salário médio de R$ 8.051,30. Os recém-formados, por sua vez, recebem em média R$ 4.401,40, de acordo com dados levantados pelo Salário.com.br.

O que é o Prouni?

O Programa Universidade para Todos (Prouni) é uma medida do Governo Federal para democratizar o acesso ao ensino superior para os estudantes que não podem arcar com os custos de uma faculdade particular.

O processo seletivo acontece todos os anos logo após o Sisu, ou seja, em torno do final de janeiro e do começo de fevereiro. Aqui, o foco é a concessão de bolsas — que podem ser de 50% (para rendas familiares de até 3 salários mínimos por pessoa) e 100% (para rendas de até 1,5 salários mínimos) do valor das mensalidades — para instituições privadas.

Por isso, fazer Engenharia com o Prouni é algo possível. Esse é um dos cursos contemplados pelas bolsas, que possibilitam o ingresso de estudantes que preencherem algum dos seguintes requisitos:

  • estudantes que cursaram o ensino médio na rede pública ou em instituições particulares com bolsas de estudo;
  • estudantes que sejam pessoa com deficiência;
  • estudantes que sejam professores da rede pública.

Como podemos participar desse processo seletivo?

Participar do Prouni é muito simples. O programa conta com uma plataforma exclusiva para as suas inscrições, que é bem intuitiva. O único ponto negativo está na sobrecarga do sistema, que costuma ficar bem congestionado nos primeiros dias da seleção.

O primeiro passo para a participação no processo seletivo é realizar o Exame Nacional do Ensino Médio. A nota do Enem da edição anterior será utilizada para guiá-lo rumo a uma faculdade de renome na área da Engenharia Mecânica.

Depois, basta adicionar o seu número de inscrição no site do Prouni e acompanhar a seleção. Todos os dias, a nota de corte será atualizada e você poderá ver a sua classificação parcial naquele curso na plataforma. Após o término do processo seletivo, ainda existem listas de espera para os que não foram selecionados na chamada regular.

Como é calculada a nota de corte do Prouni?

A nota de corte pode ser categorizada como o limite mínimo de pontos necessários para que você possa ingressar em um determinado curso. Ela funciona da seguinte maneira: vamos supor que um curso dispõe de, por exemplo, 10 vagas. Ainda assim, 100 candidatos se inscrevem para a seleção.

Obviamente, os 100 não poderão ser chamados, certo? Sendo assim, os 10 primeiros colocados — ou seja, as 10 maiores notas — serão colocadas na classificação parcial da plataforma. A pontuação do décimo colocado (o último entre as 10 vagas disponíveis) será a nota de corte daquele dia.

No próximo dia, evidentemente, isso pode mudar, já que os candidatos previamente inscritos podem migrar a sua inscrição para outros cursos ou novas pessoas podem escolher aquela opção. Por conta disso, o Prouni dura alguns dias antes de ser finalizado, para que todos possam se programar adequadamente.

Qual é a nota de corte de Engenharia Mecânica no Prouni?

Enfim, vamos falar sobre a nota de corte de Engenharia Mecânica no Prouni! Esse número nunca é certo, já que depende de muitos fatores, como o desempenho dos estudantes na edição anterior do Enem, o número de interessados naquelas vagas e muito mais. No entanto, é possível fazer uma estimativa.

Em 2019, por exemplo, a nota média para esse curso no Brasil foi de 644 pontos, de acordo com o QueroBolsa, na modalidade de cotas integrais. A maior nota de corte observada em todo o país foi de 682.52, enquanto a menor beirou os 530 pontos.

Na Pitágoras, as notas de corte para cotas integrais em Engenharia Mecânica variaram um pouco de acordo com o campus. Em Goiânia, ela ficou em 612.72. Em Belo Horizonte, 639.72. Já em Votorantim (SP), a nota foi de 572.02. Com esses dados, você já pode começar a se programar para o próximo Prouni!

Como escolher uma boa faculdade durante a inscrição?

Em meio a tantas opções, escolher uma faculdade pode ser um grande desafio. Por isso, é fundamental que você chegue ao Prouni com uma boa ideia do que quer e do que espera da instituição de ensino que o entregará seu diploma. Isso facilitará muito as coisas!

O ideal é buscar uma faculdade que ofereça uma ótima infraestrutura para o aprendizado e tenha professores realmente qualificados, que entendem do assunto. A Pitágoras traz em seu corpo docente profissionais pós-graduados e prontos para formar os melhores engenheiros do mercado.

Sendo assim, pesquise bem antes do processo começar! Dessa forma, você já terá uma ideia prévia do que está procurando e aumentará as suas chances de conquistar uma vaga em uma faculdade renomada.

Agora que você já está por dentro da nota de corte de Engenharia Mecânica no Prouni e sabe como funciona esse processo seletivo, não perca tempo! Comece o quanto antes a se preparar para essa incrível oportunidade e se forme em uma universidade de renome na área — e o melhor: de maneira completamente gratuita!

Os estudantes que não conseguirem uma bolsa integral pelo Prouni podem, ainda, optar por fazer um financiamento do valor que não foi contemplado pelo programa. Confira, então, como você pode utilizar o Fies para estudar na Pitágoras e não desista de seus sonhos!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

pep

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.