Plano de networking profissional: aprenda como criar um!

planodenetworkingprofissionalaprendacomocriarum

O networking profissional é uma excelente forma de potencializar oportunidades, firmar parcerias e aumentar suas chances de empregabilidade. Não é à toa que a prática é indicada para todos os tipos de pessoas — tanto as que estão dando os seus primeiros passos no mercado quanto aquelas que já têm certa experiência e bagagem. Já sabe exatamente do que estamos falando ou essa expressão ainda não lhe soa familiar?

Neste post, além de explicarmos a importância do networking na vida pessoal e profissional, reunimos algumas dicas infalíveis para auxiliá-lo a montar uma boa rede de contatos, ajudando e, é claro, sendo ajudado por ela. O melhor de tudo é que você pode começar ainda mesmo na faculdade. Continue conosco e entenda sobre o assunto!

O que é networking profissional?

Do inglês, o termo “networking” significa criar uma rede de contatos. Trata-se de um conceito que pode ser usado em todos os âmbitos da vida, sobretudo, no profissional. Isso porque ter conexões é muito importante para quem atua no meio corporativo, já que elas podem ser a chave para ajudá-lo a encontrar oportunidades, entre outras vantagens.

Qual a importância no networking na vida pessoal e profissional?

Como dissemos, não só para a carreira o networking é importante. É claro que trata-se de um conceito bastante difundido no contexto profissional, mas qualquer pessoa pode obter vantagens com a prática. Ao conhecermos novas pessoas e, acima de tudo, nutrirmos relacionamentos duradouros com elas, temos muito o que aprender.

Cada conexão feita pode contribuir com a sua trajetória de alguma forma, seja com a criação de uma nova amizade, seja com ensinamentos, ou seja, até mesmo o desenvolvimento de habilidades é algo que pode ser conquistado por meio do networking. Profissionalmente falando, construir uma agenda de contatos sólida, na qual a qualidade vale mais do que a quantidade — afinal, colecionar números não é o objetivo — traz benefícios como:

  • facilidade de ser lembrando quando surgir alguma oportunidade de trabalho alinhada ao seu perfil;
  • possibilidades de construir parcerias profissionais de sucesso com as pessoas certas;
  • maiores chances de trocar experiências, compartilhar ideias e adquirir conhecimentos úteis ao dia a dia da profissão etc.

Como construir um plano de networking eficiente?

Bom, agora que você já sabe o que é networking profissional e entende muito bem a sua importância, chegou a hora de partirmos para a ação. Acompanhe as dicas e veja como elaborar um plano eficiente e montar uma rede sólida de contatos!

Crie uma lista de contatos

Se você acompanhou a leitura até aqui, percebeu que é justamente essa a proposta do networking, não é mesmo? A dúvida que resta é como começar a montar uma lista de contatos? Para essa parte, saiba que grande parte do esforço deverá vir nada mais nada menos do que de você.

Frequentar os ambientes certos, como a faculdade, os eventos ligados à sua área de atuação e estar presente nas redes sociais profissionais, como falaremos adiante, é o primeiro passo para conhecer pessoas novas e que agregarão à sua network. Assim, até mesmo para aqueles que têm dificuldades em iniciar conversas acabarão, uma hora ou outra, se deparando com chances de fazer conexões.

Participe de eventos

“Quem não é visto, não é lembrado”. Você provavelmente já ouviu essa frase dos seus avôs, pais ou em algum momento da vida, certo? Quando o assunto é networking, esse velho ditado se trata da mais pura verdade. Se você busca por boas oportunidades no mercado, precisa ter uma presença ativa nos eventos profissionais, sobretudo, referentes ao seu segmento.

Isso porque esses são ambientes propícios à criação de contatos, uma vez que, por lá, também estarão pessoas com os mesmos objetivos que você: fazer networking. Sendo assim, esteja pronto para conversar com esses profissionais e manter um canal aberto de diálogo, afinal, nutrir suas conexões é parte fundamental de todo o processo.

Use ferramentas online a seu favor

Acima, falamos sobre a importância de manter um canal aberto de diálogo com seus contatos. É essencial frisar essa etapa do networking para poder se beneficiar da prática. Do contrário, você estará apenas acumulando números de telefone, endereços de e-mail e seguidores nas mídias sociais. Por isso, logo após conhecer uma conexão, inicie um diálogo em outra ocasião.

É possível usar as ferramentas online a seu favor para isso. Adicionar a pessoa no LinkedIn e enviar uma mensagem se colocando à disposição para a troca de ideias é uma alternativa interessante. Assim, você garante que o contato não se esquecerá de você e aproveita, também, para fazer o seu marketing pessoal, sobre o qual falaremos logo a seguir.

Invista nas redes sociais

Assim como a presença física, a presença digital conta — e muito — quando o assunto é networking profissional. As redes voltadas para o universo corporativo, como o próprio LinkedIn, são ótimas oportunidades de passar para as suas conexões toda a sua essência, capacitação e habilidades, se destacando positivamente e ficando na memória dessas pessoas quando surgir alguma oportunidade alinhada ao seu perfil.

Fica, no entanto, o lembrete de que fazer marketing pessoal nas redes sociais é algo totalmente diferente de promover a sua imagem e fazer um verdadeiro culto a ela a todo momento. Acredite: as pessoas perceberão isso, e você acabará passando a impressão de alguém arrogante e narcisista. Por isso, seja sutil, compartilhe conteúdo útil e interaja com as suas conexões, demonstrando que se preocupa com o que elas têm a dizer.

Seja sincero com seus contatos

Por fim, mas definitivamente não menos importante, seja sempre sincero com as pessoas que conhecer. Isso vale para todos os tipos de networking, tanto pessoal quanto profissional. O que adianta mentir sobre experiências que não aconteceram ou habilidades que não apresenta se, no momento em que precisar colocar essas informações em prova, você não saberá o que fazer?

Isso só contribuirá com a criação de uma imagem profissional negativa. Sendo assim, por mais que você almeje uma oportunidade de emprego ou estágio, não prometa algo que não possa cumprir, combinado?

Pronto! Agora você já tem em mãos as melhores dicas para criar um plano de networking profissional. Lembre-se de que, ainda na faculdade, é possível começar a construir uma rede sólida de contatos. Para tanto, é importante prezar por uma instituição de ensino de qualidade, que de fato forneça diferenciais e oportunidades para o aluno monte a sua network. Aqui na Pitágoras, temos o canal Conecta, portal de vagas parceiro de grandes empresas em todo o Brasil. Interessante, concorda?

Se você gostou deste conteúdo, aproveite sua visita no blog para aprender a potencializar o networking na faculdade. Acesse o post e confira mais 5 dicas infalíveis!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content