Quais são as principais matérias da faculdade de Nutrição?

faculdade de nutrição

Um dos profissionais responsáveis por proporcionar bem-estar e qualidade de vida, o nutricionista é considerado de extrema importância para sociedade. Seu papel vai além de prescrever dietas. Uma de suas responsabilidades é, por exemplo, ajudar no combate e suporte de doenças tais como: obesidade, diabetes, anemia, hipertensão.

A carreira exige dedicação e muito estudo, de modo a se tornar um profissional diferenciado. Prezar por uma boa faculdade é essencial, ainda que isso implique mudar de cidade. Assim, se você ainda não decidiu onde estudar, não deixe de pegar informações, antes, sobre as instituições, como a grade curricular e a existência de credenciamento ao MEC, combinado?

É importante que você saiba que a graduação envolve algumas disciplinas práticas, independentemente do seu curso ser apenas presencial ou semipresencial.

Bem, respondendo à pergunta do título, essas são algumas das matérias do curso de Nutrição:

Anatomia

O futuro nutricionista precisa ter grande conhecimento sobre a anatomia humana. Ossos, músculos, pele, órgãos, sangue são assuntos bastante debatidos na disciplina. É preciso entender a construção e a estrutura de cada desses componentes, já que todos são influenciados, entre outras coisas, pela alimentação.

A matéria é como se fosse um aprofundamento daquelas aulas de Ciências e Biologia, nas quais estudávamos os sistemas cardiovascular, digestório, urinário, endócrino, muscular e nervoso. Lembra delas?

Pois é! A diferença é que vemos tudo de forma um pouco mais detalhada e relacionada à nutrição. Isso envolve, ainda, aulas práticas! Assim como na maioria dos cursos da área de saúde, é possível que você veja de perto peças anatômicas reais. Sim! Isso significa partes do corpo de alguém que já não tem mais vida!

Mas se isso te incomoda, fique tranquilo. As aulas são ricas, mas geralmente os professores entendem essa limitação dos alunos e não os obrigam a participar de algo desconfortável. No entanto, é essencial que você entenda muito a teoria.

Avaliação Nutricional

Matéria fundamental do curso de Nutrição, a avaliação nutricional ensina o estudante a analisar o estado nutricional do indivíduo, de modo a detectar necessidades alimentares ou descobrir seus excessos. Nela, são avaliados o consumo alimentar (aquilo que a pessoa ingere durante o dia) e as medidas corporais (peso, altura, circunferência abdominal e percentual de gordura). Exames de sangue e laboratoriais também podem fazer parte.

Essas informações preliminares são importantes para realizar o planejamento da alimentação. Afinal, ainda que várias pessoas tenham o mesmo objetivo, cada uma partirá de um ponto diferente, concorda?

Nas aulas, primeiro se estuda a teoria. Depois, o professor vem com casos clínicos. São histórias de pacientes (reais ou fictícios), para discussões e análises em sala de aula. A prática costuma ser feita em estágios profissionais, sempre supervisionados por professores.

Biologia Celular

Também chamada de Citologia, essa é uma das principais matérias de Nutrição, afinal, todos nós, seres vivos, somos formados por células. É a partir delas que nossos órgãos, músculos, pele são construídos. Dessa forma, não há como não ter esse estudo no currículo.

Você lembrará de nomes já vistos nos ensinos fundamental e médio, como membrana, citoplasma, núcleo, ribossomo, complexo de Golgi, mitocôndrias. As aulas são teóricas, mas é comum que haja, também, práticas em laboratório, com microscópio.

Bioquímica

A disciplina envolve uma mistura de Biologia e Química, mas tudo voltado ao curso de Nutrição. Nas aulas são discutidos temas como carboidratos, gorduras e proteínas, além de conhecer suas fórmulas químicas. Essa parte tem importância imensa à graduação, pois oferece o conhecimento de como os nutrientes atuam no organismo.

Assim como as matérias já comentadas, existem as partes teórica e prática, que podem ser divididas em semestres diferentes. Não costuma ser das matérias mais fáceis, mas é útil para entender outras disciplinas que dependerão dela. Além do mais, sua compreensão ajudará no dia a dia da profissão, principalmente se você for para a área clínica ou a hospitalar.

Composição de Alimentos

Uma matéria bastante característica do curso, essa é uma das que surgem na mente de um formado quando questionamos a ele o que se estuda em Nutrição.

Aqui os estudantes aprendem a classificação dos alimentos, sua composição química, valores energéticos, valores nutricionais, fontes de nutrientes e todos seus efeitos no organismo humano.

É possível entender a deterioração de alimentos, interações entre um e outro, além de suas restrições devido a patologias existentes. Uma pessoa com diabetes, por exemplo, precisa ter um plano alimentar especial, de modo a manter sua glicemia em nível normal.

Dietética

Das principais disciplinas de Nutrição, a Dietética é como um complemento da matéria que acabamos de ver. Está ligada a uma parte mais prática e dinâmica, pois nela o aluno precisará combinar alimentos, de modo a montar dietas, como para quem precisa diminuir gordura corporal ou para quem necessita tratar uma anemia, por exemplo.

Uma prática comum ocorre em uma espécie de laboratório-cozinha. Um exemplo seria os estudantes analisarem os tipos de leguminosas e observarem diferenças nutricionais e sabores em relação aos modos de cocção.

Dietoterapia

O foco aqui é elaboração de planos nutricionais direcionados a pessoas com alguma enfermidade e necessidade específica. Dietas líquida, semilíquida, pastosa, branda e normal são alguns exemplos, podendo ser úteis a pacientes pré-operatório, pós-operatório ou com dificuldade na deglutição.

Saber montar esses planos especiais, conseguir elaborar dietas progressivas (afinal, um paciente, dificilmente, ficará para sempre ingerindo apenas líquidos), entender como o sistema digestório se adapta à consistência alimentar é fundamental.

Educação Nutricional

Nessa matéria, o aluno tem uma visão do conceito alimentar e nutricional em diversos aspectos. Exemplos são estudar a história da educação alimentar no Brasil, analisar o cenário atual de doenças relacionadas à alimentação, pesquisar programas educativos do tema.

Ao final do semestre, é esperada a aquisição na capacidade de reconhecer modelos e teorias nutricionais, além de desenvolver um planejamento para atividades educativas sobre a nutrição.

Enfim, você viu, aqui, um resumo de algumas matérias de Nutrição. É claro que durante os semestres haverá mais profundidade, além de outros diversos conteúdos. Tenha em mente que é fundamental a dedicação desde o início, para que seus conhecimentos te tornem um profissional diferenciado no mercado, combinado?

Também, dê preferência para estudar com professores capacitados! Aqui na Faculdade Pitágoras, os docentes são pós-graduados e oferecem aos alunos tanto seus conhecimentos teóricos quanto práticos na área. Isso é essencial para que eles cheguem ao mercado de trabalho 100% preparados para enfrentar a concorrência!

Gostou de entender um pouquinho do que é visto no curso? Ficou com dúvidas ou precisa de mais informações? Entre em contato, que podemos ajudar você!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.5 / 5. Número de votos: 95

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

pep

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.