Jornalismo: Saiba tudo sobre essa área de atuação!

O curso de Jornalismo é bem versátil e prepara profissionais para atuar nas mais diversas áreas, sempre de forma ética e responsável. Que tal conhecer um pouco mais sobre essa graduação, antes de bater o martelo e se inscrever no vestibular?

Neste artigo, nós te explicamos tudo sobre essa área, como o curso, as possíveis especializações, média salarial e ainda a situação do mercado de trabalho e atribuições dele no dia a dia. Confira!

Como é o curso de Jornalismo?

A Faculdade de Jornalismo é do tipo bacharelado. Por isso, ela tem uma duração mínima de 4 anos, que são divididos em 8 semestres. Esse tempo é utilizado para que os estudantes desenvolvam todas as habilidades necessárias para dar conta de todas as suas atribuições no futuro, como desenvolver uma boa escrita, e ainda apresentar para eles as principais áreas disponíveis para atuação. 

Por isso, eles têm acesso a disciplinas práticas e teóricas. Algumas delas são:

  • Jornalismo especializado; 
  • Fotojornalismo;
  • Teorias do Jornalismo;
  • Comunicação e discurso; 
  • Rádio e radiojornalismo; 
  • Idiomas instrumentais para comunicação;
  • Teorias da comunicação; 
  • Telejornalismo e muitas outras. 

A grade curricular totaliza 3.000 horas. Dessas, 200 são dedicadas a um estágio supervisionado e 140 para a preparação do Trabalho de Conclusão de Curso, o TCC. Também é preciso entregar 360 horas em atividades complementares. 

A Pitágoras oferece a graduação em Jornalismo na modalidade 100% EAD. Isso quer dizer que os alunos assistem todas as aulas de maneira online e precisam ir até a unidade apenas durante as provas semestrais ou nos casos em que forem convocados previamente. Com isso, eles aproveitam de uma formação completa, enquanto têm flexibilidade de horários para que o curso não atrapalhe suas rotinas. 

Como é o dia a dia de um jornalista?

O dia a dia de um jornalista costuma ser bastante movimentado e cheio de novidades. Afinal, esse profissional trabalha com o que está acontecendo naquele momento e que pode virar notícia. No geral, ele precisa sempre ficar atento aos últimos acontecimentos, não apenas da sua cidade, mas de todo o mundo, apurar todas as informações, escrever matérias e até mesmo produzir reportagens sobre os mais variados temas. Tudo isso exige bastante atenção e um trabalho de pesquisa minucioso. 

As demais atribuições dele, no entanto, variam de acordo com a área de atuação. Por exemplo, um repórter é a pessoa que vai para as ruas para produzir as matérias, que por sua vez foram pensadas e estruturadas ainda na redação, em um trabalho conjunto entre os produtores e os editores dos jornais. 

No mais, o jornalista tem contato diário com diversos meios de comunicação, especialmente no mundo atual, em que tudo está interligado. 

Em quais áreas esse profissional pode trabalhar além do jornal?

O jornalista pode trabalhar em jornais, físicos e digitais, revistas, sites de notícias e entretenimento, emissoras de TV e rádio e até mesmo de casa, como freelancer não só nas áreas ligadas ao jornalismo, mas também à Publicidade de Propaganda e Marketing.

Alguns dos outros cargos disponíveis para esse profissional são de chefe de redação, assessor de imprensa, revisor, comentarista esportivo, redator para sites e blogs, social media e muito mais. Também é possível trabalhar como professor em instituições que oferecem o curso superior na área.

Quais especializações um jornalista pode fazer?

A área de Jornalismo é bem basta quando se fala sobre as especializações disponíveis para o profissional graduado. Com isso, eles podem se aperfeiçoar nas áreas com as quais mais se identificam e ainda ter a possibilidade de aumentar suas remunerações. 

Sendo assim, ele pode escolher se especializar para atuar nos setores de marketing, jornalismo político ou esportivo, de moda, investigativo e até mesmo digital. Os cursos são disponíveis em níveis de especialização ou MBA, que é mais focado em cargos de direção e gerência em empresas. 

Como é o mercado de trabalho para Jornalismo?

O mercado de trabalho para quem se formou em Jornalismo é bem variado e, desde que o profissional sempre se mantenha atualizado, ele encontrará vagas em diversos meios de comunicação.

Dito isso, é possível para o jornalista ocupar cargos tanto em empresas privadas quanto públicas e até mesmo as do terceiro setor, como as Organizações não Governamentais (ONGs). Ele também pode seguir carreira como freelancer, prestando seus serviços de maneira autônoma ou montando a própria empresa focada em comunicação.

Caso deseje, também há espaço para trabalhar ensinando em universidades. Para isso, no entanto, é necessário ingressar em cursos de mestrado e doutorado. 

Qual é o salário de um jornalista?

O salário de um jornalista não é algo fixo, já que tende a variar de estado para estado. Isso porque eles podem decidir qual será o piso, que é a remuneração mínima permitida para uma profissão. Além do mais, coisas como tamanho da empresa, especialização, cargo ocupado e até mesmo o tempo de experiência podem influenciar em quanto esse profissional ganha pelos seus serviços.

Dito isso, a média atingida ao se levar em consideração os salários de todo o país é de R$ 3.318,00.

As cidades com as melhores remunerações são: 

  • Distrito Federal: R$ 5.615,60 
  • Rio de Janeiro: R$ 3.973,63
  • São Paulo: R$ 3.930,25 
  • Santa Catarina: R$ 3.689,69 
  • Ceará: R$ 3.469,71 

*Informações tiradas das fontes Glassdoor e salario.com.br em março de 2022.

O que esperar para essa profissão no futuro?

A tecnologia avança mais todos os dias e isso cria novas oportunidades de trabalho para os jornalistas, que precisam estar preparados para acompanhar as inovações e as mudanças na maneira como o público consome as notícias. 

Por isso, uma área que está bem em alta é a digital, como é o caso dos profissionais responsáveis por gerenciar as redes sociais de famosos e empresas, os social media, e na redação de textos para sites de notícias, empresas ou especializados em algum tema, como finanças ou saúde. 

A Pitágoras te ajuda a fazer faculdade: Confira como!

Quer se profissionalizar para aproveitar as oportunidades de trabalho para jornalistas? Então não perca tempo e faça hoje mesmo a sua inscrição no vestibular da Pitágoras!

A instituição, que tem décadas de experiência na área do ensino superior, entrega aulas ministradas por professores altamente qualificados, mensalidades acessíveis, ajuda para ingressar no mercado de trabalho e ainda a oportunidade de estudar de maneira 100% EAD. 

Por isso, não deixe essa oportunidade passar. Clique aqui para se inscrever no nosso processo seletivo.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.