Qual costuma ser a nota de corte de Jornalismo?

aluna de jornalismo

Gosta de escrever e de estar por dentro dos últimos acontecimentos? Se você busca uma vaga no curso de Jornalismo, é importante entender como funciona a nota de corte de Jornalismo. Há diversos processos seletivos — Sisu, Prouni, FIES — para ingressar na faculdade e cada um tem as suas particularidades. 

Vale lembrar que essa é uma das graduações mais concorridas da área de Humanas e requer bastante estudo e dedicação durante o curso. A possibilidade de atuar desde em pequenas editoras até em grandes empresas de comunicação ou como freelancer em portais é um de seus maiores atrativos.

Todo preparo é essencial para garantir a sua vaga e quanto mais conhecimento você tiver, melhor. A partir de agora, veremos como funcionam as notas de corte no Jornalismo. Boa leitura!

Como entrar na faculdade de Jornalismo com a nota do Enem?

Para se preparar da melhor maneira possível, vamos explicar rapidamente o que é a nota de corte de Jornalismo. Em poucas palavras, é a pontuação mínima necessária para passar na prova e começar o curso na faculdade. 

A nota varia de acordo com cada instituição, podendo subir a depender da concorrência e do preparo de cada candidato. Saber a média ajuda os futuros alunos a terem uma noção melhor do quanto precisam estudar para a aprovação. Além do tradicional vestibular, há outras formas de conquistar uma vaga no curso de Jornalismo com a nota do Enem.

Faculdades públicas

O ingresso em faculdades públicas acontece por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do governo federal, duas vezes ao ano. Você pode buscar vagas de Jornalismo, entre outros cursos do ensino superior, em todas as instituições brasileiras que oferecem essa opção. 

Os critérios do Sisu incluem a participação na edição mais recente do Exame Nacional do Ensino Médio, uma redação com pontuação acima de 0 e ter conquistado uma boa nota para aumentar suas chances. Afinal, a concorrência costuma ser bem grande.

Faculdades particulares

Aqui na Pitágoras, há formas de ingresso facilitadas pelo Prouni e pelo FIES ao utilizar a nota do Enem, além da possibilidade de trocar o vestibular pelo exame já feito. A seguir, vamos mostrar como funciona cada modalidade.

Prouni

O Programa Universitário para Todos (Prouni), também do governo federal, é similar ao Sisu, mas é dedicado à oferta de bolsas — integrais (100%) ou parciais (50%) — para cursos presenciais e a distância. 

Com inscrições abertas duas vezes ao ano, existem alguns requisitos definidos pelo Ministério da Educação (MEC) para participar. Um deles é somar ao menos 450 pontos na média das provas do Enem, além de não ter zerado a redação.

FIES

A outra possibilidade se refere ao Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), que nada mais é do que receber ajuda do governo para financiar os estudos. Dessa forma, o órgão assume as mensalidades até a formatura do aluno. Depois de se formar, ele começa a pagar a dívida com juros abaixo dos praticados no mercado.

Entre as exigências para participar do FIES, é preciso alcançar a nota mínima de 450 pontos na média das provas do Enem e cumprir alguns pré-requisitos de renda. Também acontece duas vezes ano, no início do semestre.

Nota do Enem

Por fim, o ingresso também pode ser feito sem a necessidade do vestibular, utilizando apenas a nota do Enem. A opção vale para candidatos que participaram de edições realizadas nos últimos 3 anos. Sua porta de entrada dependerá do seu desempenho.

Como funciona a nota de corte de Jornalismo?

Cada vez mais instituições de ensino superior têm adotado as notas do Enem como uma das formas de ingresso dos alunos. A nota de corte de Jornalismo pode variar entre uma ou outra faculdade ao levar em conta os seguintes fatores. Funciona assim:

  • os candidatos escolhem suas opções de vaga — cidade, faculdade, curso, turno e o processo seletivo (vestibular ou nota do Enem, Sisu, Prouni ou FIES);
  • a concorrência é estabelecida entre os futuros alunos que tiveram as mesmas preferências na hora de se candidatarem;
  • os inscritos com as maiores pontuações no Enem conquistam a aprovação;
  • a note corte equivale à nota do último candidato aprovado.

Isso significa que a nota de corte de Jornalismo só será conhecida depois do período de inscrições. Para ter uma ideia antes de escolher a faculdade, podemos avaliar os últimos processos seletivos do curso. Vamos ver como funciona para cada tipo de ingresso!

Nota de corte Jornalismo Sisu

O Sistema de Seleção Unificada é uma das principais formas de acesso às faculdades públicas e também o primeiro processo seletivo aberto após o Enem. No geral, a média da nota de corte do Sisu fica na faixa dos 600 aos 800 pontos. Vale lembrar que a pontuação varia de acordo com o desempenho dos candidatos, a faculdade e o local da graduação.

Nota de corte Jornalismo Prouni

Com foco em bolsas, o Programa Universitário para Todos é uma das opções para quem busca vaga nas faculdades particulares. Ao fazer sua inscrição no Prouni e conseguir uma boa nota, você pode começar o curso de Jornalismo aqui na Pitágoras. A nota de corte do Prouni é similar ao Sisu, um pouco mais abaixo: vai de 450 a 730 pontos.

Nota de corte Jornalismo Fies

Outra opção para faculdades particulares que mostramos no início do post é o FIES 2020. Por se tratar de um financiamento, a concorrência tende a ser menor, assim como a nota de corte. A média de pontuação para conseguir o benefício no curso de Jornalismo varia de 500 (mais baixas) a 700 pontos (mais altas). 

Como se preparar para os exames?

Realizar o sonho da graduação em Jornalismo exige disciplina, dedicação e um bom plano de estudos. Aliás, podemos listar mais um pré-requisito, tão importante quanto os outros, que é a pontuação. Lembre-se de que ela deve ser superior à nota de corte do curso. Dessa forma, você estará a um passo de conquistar a sua vaga.

Recomendamos que seu objetivo seja se aproximar da pontuação mais alta. Afinal, com um bom desempenho, sua entrada é certeira. Com isso em mente, defina uma meta de acertos no Enem em cada uma das provas e teste seus conhecimentos em provas anteriores. Não se esqueça de caprichar na redação.

Para ingressar no ensino superior, você pode contar com diversos processos seletivos — o tradicional vestibular, Enem, Sisu, Prouni e FIES. Para passar, é preciso superar a nota de corte de Jornalismo. Nada que um bom planejamento — envolvendo exercícios de fixação, simulados, interpretação de texto — não ajude.

Que tal começar os preparativos? Faça a sua inscrição no curso de Jornalismo da Pitágoras e dê mais um passo em direção à carreira dos seus sonhos.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content