Fisioterapia: Saiba tudo sobre essa área da saúde!

profissional e paciente de fisioterapia respiratória

Teste vocacional rápido

A Fisioterapia é uma das áreas da saúde em que os profissionais cuidam de seus pacientes através de tratamentos de reabilitação. Dessa forma, eles conseguem recuperar a movimentação do corpo ou oferecer uma qualidade de vida melhor. O trabalho do fisioterapeuta é muito importante e ajuda milhares de pessoas a conquistarem mais saúde.

Para entrar nesta carreira, o aluno precisa estar pronto para os desafios que ela oferece. Afinal, você vai estar lidando com pessoas e por isso, é preciso ter muita empatia e habilidades para ter sucesso nesta área. Vamos mostrar nos próximos tópicos tudo o que um futuro fisioterapeuta precisa saber.

Veja mais informações sobre o curso de fisioterapia

Este é um tipo de curso bacharelado, sendo assim, dependendo da universidade onde o aluno estuda, o curso tem duração de 4 a 5 anos. Durante esse período, o aluno terá contato com matérias relacionadas à biologia humana e vai ser preparado para poder diagnosticar e tratar distúrbios que afetam o movimento do corpo humano.

Além das aulas teóricas, o aluno também terá muitas aulas práticas para fixar ainda mais o aprendizado. Durante o período da faculdade, é quando o aluno também consegue fazer os estágios e assim, adquirir mais experiência na área. Se você não suporta ver sangue ou ossos quebrados, então essa área não é recomendada.

Como é a rotina de um fisioterapeuta

Este profissional pode ser encontrado em hospitais, clínicas de reabilitação, asilos e até ginásios esportivos. Enfim, são muitas possibilidades, sendo assim, a rotina pode variar de acordo com a área de atuação e o tipo de público que esse profissional vai atender.
Por exemplo, em um ginásio esportivo, esse profissional pode fazer parte da equipe técnica de um time, seja qual for o esporte. Então, o seu trabalho pode contar com rotinas de fisio para aliviar dores ou recuperar a movimentação de algum membro lesionado de algum atleta.

Em hospitais, a rotina também pode ser bastante movimentada, já que ele pode atender vários pacientes em um único dia.

Quais as principais áreas que um fisioterapeuta pode trabalhar?

Durante muito tempo, as pessoas achavam que a fisioterapia se resumia a apenas fazer certos tipos de exercícios. Quem não conhece a área pode realmente pensar que é isso, mas é muito mais complexo. Por isso, existem várias áreas de atuação para esse profissional, conheça a seguir algumas delas.

Fisioterapia esportiva

Já mencionamos aqui sobre a rotina do fisioterapeuta em um ginásio esportista. Pois este profissional pode focar sua carreira em cuidar de atletas, ele pode escolher o segmento, como o tipo de esporte, por exemplo. Assim, pode ter até a possibilidade de fazer parte de grandes equipes.

Fisioterapia Respiratória

Através de várias técnicas manuais, o profissional consegue realizar ações preventivas ou curativas, com o objetivo de prevenir complicações e tratar outros tipos de problemas.

Especializações na área de fisioterapia

Durante a graduação, o aluno aprende sobre todas as áreas e possibilidades que ele pode atuar. Porém, mesmo depois de formado, sempre é importante buscar se aperfeiçoar ainda mais. Até porque, além de oferecer um melhor atendimento, o profissional conta com maiores chances de conquistar um bom salário.

Presencial, 100% EAD ou semipresencial: em qual vou me adaptar melhor?

Veja abaixo algumas opções de pós-graduação para esse profissional:

Fisioterapia Neurofuncional Pediátrica

Nesta área, o fisioterapeuta vai aprender técnicas de prevenção e tratamentos para o público infantil das disfunções. Se você leva jeito com crianças, essa é uma área bem interessante.

Acupuntura

A acupuntura é um tratamento milenar reconhecido pela medicina e muitos fisioterapeutas buscam se aprimorar nesta área. Através da técnica com agulhas, ela ajuda a aliviar dores e incômodos nos músculos, entre outros benefícios.

Mercado de trabalho para o fisioterapeuta

O aluno que está começando a dar os primeiros passos nesta carreira, pode aguardar um mercado com demanda. Sim, a área da saúde carece de profissionais qualificados nesta área, principalmente para atender o público. Por isso, uma boa oportunidade é tentar uma carreira como servidor público e atender em hospitais e clínicas.

Outra possibilidade bem interessante e que tem sido o foco de alguns profissionais é atuar como autônomo. No caso, ele pode ter a sua própria clínica ou atender pacientes de forma particular, sem intermediários. Mas este mercado é concorrido, por isso, a dica é se formar em uma boa universidade e começar em um local que te ofereça muita experiência.

Quanto ganha um fisioterapeuta?

O salário de um fisioterapeuta vai depender de várias coisas: local de trabalho, experiência, especialidade, cidade, entre outros fatores. Vale a pena pesquisar a vaga e também, outros benefícios que a empresa pode oferecer. A seguir, selecionamos uma lista com salários de acordo com a especialização, veja:

  • Fisioterapia Esportiva- R$ 3.101,67 a R$ 7.258,25
  • Fisioterapia do Trabalho – R$ 2.741,19 a R$ 5.143,97
  • Fisioterapia Neurológica-  R$ 2.474,45 a R$ 4.918,25
  • Fisioterapia Oncológica- R$2.240,00
  • Fisioterapia Respiratória- R$ 2.686,26 a R$ 4.906,13

Confira as cidades com as melhores remunerações:

  • São Paulo – SP: 3.175,41
  • Salvador – BA: 2.465,77
  • Rio de Janeiro – RJ: 2.944,21
  • Brasília – DF: 2.869,04
  • Recife – PE: 1.711,86

Essa é a média do salário que um fisioterapeuta pode receber, porém, vale lembrar que tudo pode variar. Algumas especialidades podem pagar melhor do que outras. Também o hospital ou clínica onde o profissional trabalhar, pode oferecer melhores condições salariais do que outros locais.

O que aguardar dessa profissão para os próximos anos

A área da saúde sempre está trazendo novidades em tratamentos, seja por meio de novas técnicas ou até mesmo equipamentos. Por isso, o aprendizado de um fisioterapeuta nunca para. E há uma curiosidade quando se fala em futuro dessa área.

Estamos falando da gameterapia, isso mesmo, terapia com videogames. Neste caso, muitos estudos estão sendo feitos com jogos sensoriais que ajudam pacientes  com algum problema ósseo ou neurológico. Então, a tecnologia e o virtual vão estar mais alinhados com essa área da saúde.

Chegou a sua hora de fazer Fisioterapia na Pitágoras

Venha conhecer o curso de graduação em Fisioterapia da Pitágoras e se torne um profissional respeitado pelo mercado. Somos reconhecidos pela nossa excelência em educação, formamos milhares de alunos e o curso de Fisioterapia é bem avaliado pelo MEC.

Com mensalidades que cabem no seu bolso, você pode fazer a sua transferência ou usar a nota do Enem para ingressar no curso superior. Vai deixar essa oportunidade passar? Acesse a área do curso e veja mais informações sobre a grade curricular. Inscreva-se!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.5 / 5. Número de votos: 6

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Prouni, FIES, crédito estudantil ou bolsa privada: qual a melhor opção para mim?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.