9 filmes de Medicina para inspirar sua carreira

filmes medicina

Quem sonha em fazer o curso de Medicina sabe que a rotina de estudos durante a preparação para o vestibular é suada. Mas nem só de livros e exercícios sobrevive um estudante, certo? Por isso, vale a pena aproveitar os momentos de lazer e incrementar seus conhecimentos com filmes de Medicina pra se inspirar.

Gostou da ideia? A Pitágoras preparou uma lista com títulos de peso pra você aproveitar ao máximo seu tempo livre. Assim, além de relaxar, vai ter uma breve noção de situações enfrentadas pela profissão. Sim, por meio das produções cinematográficas, dá pra saber um pouco mais sobre como é a rotina de médicos de diferentes áreas. Confira!

Guia das áreas de atuação para Medicina

Quase Deuses

A história verídica de Thomas Vivien, um marceneiro com o grande sonho de ser médico, tornou-se um dos melhores filmes de Medicina –– e também um dos mais emocionantes. Ele conseguiu um emprego de assistente de um doutor que desenvolvia pesquisas no campo da cirurgia cardíaca, Alfred Blalock. Algo tão bom quanto uma bolsa de Medicina!

Thomas desenvolveu suas habilidades e, devido à extrema inteligência, ajudou Dr. Blalock a salvar a vida de muitas crianças. Além de entender mais sobre essa área da Medicina, você vai conhecer, mesmo que pela ficção, a dupla que realizou a primeira cirurgia de coração da história — o que revolucionou a ciência.

Mãos talentosas

Outro filme inspirador para os aspirantes da Medicina é o longa que conta a história de Bem Carson (Cuba Gooding Jr.). O renomado neurocirurgião e sua equipe realizaram umas das cirurgias mais arriscadas, que separaram gêmeos siameses unidos pela região posterior da cabeça.

Além de todo o conhecimento da ciência envolvido, a produção emociona por mostrar a quebra de paradigmas sociais, já que Carson luta pra viver seu sonho profissional. É uma história muito motivadora, com pessoas comuns que alcançam grandes objetivos por meio do esforço e da convicção.

Contágio

O filme Contágio, lançado em 2011, assusta pela similaridade com o que o mundo encontrou em 2020: a pandemia da Covid-19. No longa, um vírus letal se espalha e a comunidade médica dá início a uma corrida pela descoberta da vacina.

A produção de Steven Soderbergh apresenta o fictício vírus Mev-1, que se alastra pelo planeta. A sociedade luta pra sobreviver e o pânico gerado na população faz parte de uma narrativa que nos ajuda a entender não só a importância da ciência, mas como lidar quando a ficção se torna realidade.

Primeiro ano

Já pensou em como vai ser seu primeiro período do curso de Medicina? O filme Première Année (Primeiro Ano) retrata justamente as dificuldades dessa fase de descobertas dos calouros Antoine (Vincente Lacoste) e Benjamin (William Lebghil). Os dois criam uma amizade forte ao lidarem com a pressão de um ambiente competitivo e de noites em claro de estudos.

Por mais que não se trate de um documentário ou algo do tipo, a obra de Thomas Lilti nos dá uma ideia do que é iniciar uma jornada acadêmica tão desafiadora. Com esse longa, você vai ter uma visão bem interessante da rotina de um estudante de Medicina.

Um golpe do destino

Em todas as profissões, o ideal é que a gente se coloque no lugar do outro — cliente, paciente etc. E é isso o que acontece com o cirurgião bem-sucedido, mas bem arrogante, Jack Mckee (William Hurt). Ele é diagnosticado com um câncer na garganta e, como paciente, descobre uma nova perspectiva durante sua busca por tratamentos e hospitais.

Esse é um excelente filme pra debater a humanização do atendimento médico, principalmente. O personagem entra em conflito com suas próprias práticas profissionais, com a burocracia dos planos de saúde e resgata a essência do seu papel nas necessidades emocionais, que vão além da doença de seus pacientes.

Um homem entre gigantes

Esse é mais um filme baseado em fatos, que conta a vida de um profissional da Medicina, o neuropatologista Bennet Omalu (Will Smith). Ele diagnosticou um trauma cerebral de um jogador de futebol americano e investigou a causa da sua morte.

Durante o processo, o doutor descobre que o problema afeta a maioria dos atletas. Assim, inicia uma jornada pra tentar evitar outras mortes, mesmo que, pra isso, fosse necessário enfrentar a forte organização de futebol americano, a National Football League (NFL).

Patch Adams — o amor é contagioso

O personagem Hunter Adams (Robin Williams) é baseado na vida de Hunter Doherty Patch Adams, que tenta o suicídio e é internado em uma clínica psiquiátrica. Dentro desse ambiente ele não só se recupera, mas se dispõe fazer o vestibular de Medicina e ingressar na faculdade.

Aqui, temos mais um filme que aborda bem a questão do atendimento humanizado, já que Adams adota métodos pouco convencionais depois de se tornar médico. É uma história inspiradora que nos faz refletir sobre a diferença que a atenção e o carinho fazem em um tratamento de qualquer enfermidade.

Tempo de despertar

O filme é baseado na autobiografia do neurologista Oliver Sacks e conta a história do médico Malcom Sayer (Robin Williams). O personagem se dedica à pesquisa enquanto é contratado por um hospital psiquiátrico. Nesse novo ambiente de trabalho, ele encontra diversos pacientes catatônicos.

Então, com a veia de pesquisador, decide testar uma nova medicação — L-DOPA — pra tratar os enfermos. A narrativa aborda os dois lados do problema: a necessidade de tentar outras abordagens terapêuticas e os riscos associados às tentativas.

Uma lição de vida — WIT

A professora de Inglês Vivian Bearing (Emma Thompson), personagem do longa-metragem, é diagnosticada com câncer no ovário. Em estágio avançado da doença, ela se vê diante de uma nova fase que requer reflexão sobre a vida.

Além disso, temos uma visão interessante do que acontece dentro dos hospitais, sobretudo na relação entre médico e paciente. Afinal, a doença nunca vem sozinha — todas as questões psicológicas envolvidas na situação devem ser consideradas no processo de tratamento.

Aprenda enquanto se diverte!

O cinema tem inúmeros filmes de Medicina que contribuem com o processo de escolha da carreira, viu só? Aliadas a um bom guia de estudos para Medicina, essas obras ajudam também a deixar a rotina de preparação mais leve e até prazerosa.

Então, se gostou das indicações e quer dar um passo adiante na sua trajetória, inscreva-se no vestibular da Pitágoras e comece a cursar Medicina quanto antes!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.