Fazer currículo com foto é uma boa ideia? Entenda

currículo com foto

Além de destacar sua formação, experiência e habilidades, será que é necessário fazer currículo com foto? Essa dúvida é muito comum entre os candidatos — e pode ter surgido para você ao acessar o Canal Conecta, o portal de empregos aqui da Pitágoras.

A questão é delicada e vai depender de uma série de fatores para que a imagem possa, de fato, somar pontos ao profissional em vez de prejudicá-lo. Quer entender melhor qual atitude tomar em relação à fotografia nesse documento? Neste post, veremos:

  • as vantagens de usar foto no currículo;
  • as desvantagens de inserir imagem no arquivo;
  • áreas em que um currículo sem foto é mais vantajoso;
  • se é preciso fazer um currículo com ou sem foto;
  • por que se preocupar com sua imagem nas redes sociais.

Confira as informações que apresentamos neste post e tome a decisão que vai beneficiá-lo no processo seletivo!

Quais são as vantagens de usar foto no currículo?

É comum que as pessoas tenham diversas opções de fotos nas redes sociais: publicar a imagem se tornou algo rotineiro. Nesse sentido, é natural que muitos candidatos queiram fazer o currículo com foto.

Anexar uma fotografia a esse documento pode trazer algumas vantagens na seleção, como:

  • destaca o currículo, pois não será um arquivo apenas com texto;
  • pode facilitar a rotina dos recrutadores, visto que vão associar o nome do candidato a sua imagem;
  • agrega pontos ao profissional em vagas para as quais a foto é exigida e, quando essa fotografia foi bem tirada, pode impressionar a equipe de recrutamento.

Quais são as desvantagens de inserir a foto no arquivo?

É necessário que o candidato conheça também as desvantagens de fazer o currículo com foto. São elas:

  • pode parecer que ele acredita que sua imagem vai trazer uma vantagem competitiva quando, na verdade, os recrutadores querem fazer a seleção baseada apenas na formação e na qualificação técnica do profissional. Assim, há possibilidade de ele ser descartado mesmo que tenha o perfil ideal para a vaga;
  • se não for uma exigência do processo seletivo, demonstra que a pessoa não interpretou direito as regras, o que vai prejudicá-la;
  • uma foto malfeita pode comprometer o currículo como um todo.

Em quais áreas é mais indicado inserir a fotografia? Por quê?

Mesmo que você vá participar de um processo de seleção em que a foto não seja exigida no currículo online, é possível inseri-la no arquivo dependendo da vaga. Para cargos relacionados aos ramos da beleza ou de eventos, por exemplo, a questão da aparência costuma ser importante para a função.

Outras áreas em que anexar a imagem ao documento é uma boa estratégia são:

  • promoção de vendas;
  • algumas funções de recepção;
  • modelo fotográfico;
  • ator ou atriz;
  • jornalismo que envolva apresentação em TV ou em vídeos de internet.

A dica é sempre pensar se a aparência será um diferencial para a vaga. Porém, em caso de dúvida, mesmo para essas funções, envie um e-mail para a empresa contratante ou recrutadora para evitar ser desclassificado por esse detalhe.

Afinal, devo ou não colocar minha imagem no documento?

Como se vê, não existe uma regra para essa questão. É importante saber que, no Brasil, ainda não se tem o costume de fazer currículo com foto, já que muitas empresas preferem analisar o profissional apenas pela formação, experiência e outras competências. Acreditam que a imagem pode atrapalhar uma avaliação objetiva para a vaga oferecida.

Por isso, em caso de dúvida, a recomendação é não colocar a imagem nesse documento, a fim de evitar perder pontos na seleção. Mesmo que você sinta que está faltando algo no currículo, o ideal é não se arriscar colocando sua fotografia por iniciativa própria. A concorrência no mercado de trabalho é alta e, por isso, é fundamental cuidar de cada detalhe ao disputar uma vaga.

No entanto, há processos seletivos que pedem a imagem do candidato e também portais de recrutamento e sites de emprego que já têm o campo específico para anexá-la. Nessas situações, pode ficar tranquilo e incluir sua imagem sem medo.

Cuidados na hora de fazer a foto

Quando permitido ou a área exigir, saiba que é preciso alguns cuidados na hora de fazer a foto. Veja a seguir:

  • pense em um modelo de foto 3×4 — o essencial é aparecer somente do ombro para cima, ou seja, olhando para a frente e sem fazer nenhum tipo de pose;
  • tenha atenção ao fundo da imagem: prefira cores neutras e uma parede sem quadros ou imperfeições;
  • priorize a qualidade: ninguém precisa fazer a foto em um estúdio, já que as câmeras dos próprios celulares conseguem obter boas imagens. Por isso, não envie uma fotografia desfocada ou com um enquadramento ruim, por exemplo.
  • na hora de selecionar a roupa, é só escolher aquela que você usaria para a entrevista de emprego. Evite estampas, alças, regatas ou decotes;
  • tenha atenção também aos acessórios — nada de bonés, brincos grandes ou correntes chamativas;
  • cuidado com a maquiagem: ela é permitida, mas deve ser discreta, de modo que apenas realce a aparência;
  • não saia com a feição muito fechada: um sorriso discreto pode passar uma boa imagem do candidato.

Elencamos acima as principais recomendações para que a foto transmita uma ideia de profissionalismo. Dessa forma, não há risco de o recrutador fazer um prejulgamento do candidato por conta de uma fotografia mal-escolhida.

Mas é importante destacarmos que existem áreas em que uma postura mais despojada na imagem e no modelo de currículo é permitida, como Artes, Design ou Publicidade.

Por que o candidato deve se preocupar com sua imagem nas redes sociais?

Muitas empresas dispensam a fotografia do candidato nesse documento, pois têm facilidade para acessar os perfis das redes sociais se quiserem uma imagem do candidato. Por conta disso, um cuidado importante é com sua imagem e postagens feitas nessas plataformas. Imagine ser desclassificado de uma seleção importante por conta disso?

Lembre-se de que, com a proximidade proporcionada pela internet, tornou-se possível fazer networking nas redes sociais — o que é uma ótima oportunidade de alcançar um maior número de profissionais com a demonstração da sua atuação e de seus posicionamentos.

Agora você já sabe em quais situações é indicado fazer currículo com foto. Apesar de ser comum utilizarmos nossas imagens nas redes sociais — inclusive no LinkedIn —, o currículo ainda exige uma formalidade maior. Por isso, a fotografia só é recomendada para alguns cargos ou por exigência dos recrutadores.

Ficou com alguma dúvida sobre essa questão? Deixe um comentário no post que, em breve, responderemos!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.