Como identificar fake news? Dicas para não cair nessa!

comoidentificarfakenewsdicasparanaocairnessa

Desde que o acesso à internet e, principalmente, aos smartphones se democratizou, um fenômeno específico veio à tona: as fake news. Vai dizer que você nunca ouviu algo do tipo, “é verdade, eu vi na internet!”? Calma, nem sempre tudo o que é postado na rede foi checado, conferido e escrito por pessoas comprometidas com a verdade.

A questão dessas notícias falsas, em tradução literal, é que elas podem causar transtornos e mudar o curso da história. Mais que isso, elas podem fazer você passar vergonha ao repostar, principalmente no estágio, ou abaixar a sua nota no vestibular e acabar com o sonho de entrar para a faculdade. Por isso, é preciso ter muita atenção e ir bem além de uma leitura rápida!

Fake news: como identificar? A seguir, nós orientamos você nessa missão!

O que são fake news exatamente?

As fake news nada mais são do que notícias falsas postadas na internet e/ou compartilhados nas redes sociais e outros veículos com o objetivo de manipular as pessoas, favorecendo determinadas situações.

Como isso é feito? Simples: ao culpar e responsabilizar pessoas públicas por acontecimentos que não são verdadeiros ou, pelo menos, ainda não foram comprovados. Isso leva às pessoas notícias mentirosas que podem mudar o rumo de uma situação.

Há diversas razões para as pessoas apostarem nas fake news. Quando você posta uma matéria com um título chamativo — que nem sempre é real, os sites ganham mais acessos e podem monetizar, ou melhor, lucrar mais a cada clique.

Mas também há motivos mais complexos, envolvendo a política, por exemplo. Na eleição de Donald Trump à presidência dos Estados Unidos, foram identificados diversos sites com conteúdos duvidosos e sensacionalistas que envolviam a adversária direta de Trum, Hillary Clinton. Complicado, não é mesmo?

O fato é que as fake news se popularizaram demais com grupos de WhatsApp e redes sociais, quando muita gente apenas compartilha sem confirmar a veracidade da informação. Quando você divulga uma mentira, isso pode até afetar a forma como as pessoas no trabalho o veem. Felizmente, você saberá agora mesmo como identificar fake news na internet e verá que é algo simples, requerendo sempre um olhar duvidoso. Vamos lá?

Fake news, como identificar?

Sabe aquelas notícias estranhas ou frases soltas em cards que suas tias ou avó amam repassar via WhatsApp? Pois é, elas já cheiram a fake news, principalmente se não vêm com a indicação de uma fonte ou site confiável. Assim, listamos algumas indicações que devem ser encaradas com desconfiança:

  • veja qual site divulgou o fato;
  • pense duas vezes sobre cards com textos chocantes;
  • cheque se algum jornalista assinou a notícia;
  • tenha atenção à data de divulgação do acontecimento;
  • entenda se o fato vem de fontes confiáveis;
  • desconfie de tudo o que é impactante demais;
  • olhe se a informação não vem de um site de humor;
  • pesquise em sites próprios para checagem de fake news, como Comprova, Fato ou Fake, Boatos, Aos Fatos e Agência Lupa;
  • preste atenção se a imagem não foi manipulada indevidamente.

Olhando assim, parece bem simples, certo? Para para garantir que você não vai ter nenhuma dúvida, nós especificamos cada tópico citado acima. Vamos lá?

1. Atente ao site divulgou a notícia

Por mais que a internet tenha democratizado a informação, sites de notícia são bastante conhecidos. Se não foi nenhum desses, jogue a informação no Google e verifique a possibilidade de isso ser real mesmo. Busque sempre uma segunda opinião. Checar os fatos é tarefa básica de jornalista — e sua também, para não compartilhar informações distorcidas!

Quando falamos de questões políticas, as tendências do site não importam. O que, de fato, deve ser verificado é o compromisso com apresentar informações bem-fundamentadas, baseadas em pesquisas e dados, por exemplo.

2. Desconfie de cards com textos chocantes

Tenha o pé no chão e pense duas ou três vezes quando ler informações como: “o dólar baixou e está custando R$ 1”. Qualquer frase impactante demais gera uma desconfiança, concorda? Outra dica interessante aqui é acompanhar as notícias do Brasil e do mundo para não ser pego de surpresa por algo que saia muito fora da curva. Sem contar que estar por dentro das novidades é fundamental para mandar bem nas redações do Enem!

3. Verifique se algum jornalista assinou a notícia

Fake news costumam não ter assinatura do repórter ou da pessoa que redigiu o texto em questão. Até porque, quem vai querer ter seu nome vinculado a algo incorreto e incoerente? Por isso, sempre que vir um conteúdo que não está vinculado a algum nome que tenha credibilidade, fique atento!

4. Preste atenção na data de divulgação

Já aconteceram vezes de notícias antigas serem republicadas, a fim de trazer novamente à tona algo impactante. Fatos que não tiveram tanta importância em tempos passados passam a ter quando estamos diante de outra realidade. Por isso, verificar a data é mais um indicativo de não passar vergonha, nem correr o risco de citar algo sem sentido atual no Enem ou nos vestibulares.

5. Entenda se o fato tem fontes confiáveis

Supondo que você lê essa manchete fictícia: o número de desempregados no Brasil caiu 50%. Só isso, dessa forma, não quer dizer muita coisa. É interessante saber qual a fonte desse número: o IBGE? Algum órgão confiável? Uma pesquisa encomendada por quem?

A realidade é que qualquer pessoa pode falar que o desemprego caiu, mas isso só vai ser algo confiável se a fonte for conhecida e tiver respeito entre os meios de informação e o Governo, por exemplo.

6. Tome cuidado com frases impactantes demais ou fora de contexto

Pegar um trecho de uma entrevista e jogar em um outro contexto é errado e pode ser considerado fake news, sabia? Assim como é válido desconfiar de frases muito impactantes. A regra é clara: na dúvida e antes de compartilhar, jogue no Google e veja se há mais sites confiáveis falando sobre o assunto. Assim, você evita repercutir algo que já foi, inicialmente, contextualizado de forma errada.

7. Olhe se a informação não vem de um site de humor

Existem vários sites e canais do YouTube especializados em notícias engraçadas e que nem sempre tem um fundo de verdade. Por exemplo, o grupo Porta dos Fundos e o Sensacionalista, que se diz “isento de verdade”. Cuidado para não achar que é real algo que foi escrito para ser piada — nesse caso, pode até ser erro de interpretação da sua parte.

8. Cheque se não aconteceu manipulação de imagem

O photoshop e outros programas de edição de imagem permitem que a imaginação vá longe, mas nem sempre as montagens são perfeitas. Por isso, desconfie de fotos muito estranhas e verifique cada detalhe das que circulam na web, para garantir que não foram alteradas.

Afinal, fake news, como identificá-las nas redes sociais em geral? Às vezes, um bom indício é a pessoa que está compartilhando. Entenda qual o critério dela e se ela já tem algum tipo de histórico de enviar notícias falsas.

E não importa em qual rede: sempre clique no link e veja em qual o site a informação abre. Além disso, pesquise pela fonte no Google e veja se a encontra facilmente. Afinal, para identificar fake news no Facebook ou onde for, o passo principal é não acreditar só nas chamadas e ir um pouco mais longe para não pagar mico online.

Caso veja que há muitas incoerências, cabe a você denunciar toda vez que encontrar algo falso, ok? O WhatsApp, assim como o Facebook e Instagram permitem essa ação! Afinal, já pensou perder o seu sonho de entrar para a faculdade, porque você citou alguma informação sem credibilidade na redação do vestibular? Isso pode até mesmo zerar a sua nota, viu? Então, siga as dicas e atenção!

Agora, que tal compartilhar este texto nas redes sociais e ajude seus amigos a não caírem em fake news também!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content