5 dicas para escolher uma faculdade no Espírito Santo

estudantes conferindo opções de faculdade no espírito santo

A presença de dezenas de instituições de ensino superior no Espírito Santo faz do estado um dos polos universitários brasileiros. De acordo com o Censo da Educação Superior 2018, são 77 universidades, faculdades, centros universitários e institutos tecnológicos públicos e privados que compõem as opções para quem quer ingressar em uma graduação.

As faculdades privadas no Espírito Santo estão em maior número e apresentam incontáveis diferenciais para o estudante. Inovação, metodologia de ensino dinâmica, excelência em infraestrutura, corpo docente atualizado, diferentes modalidades de cursos (como graduação semipresencial e a distância) e, claro, o conceito do Ministério da Educação (MEC) estão entre os pontos-chave que mais atraem pessoas para estudarem no estado.

Porém, sabemos da dificuldade que é eleger uma excelente faculdade no Espírito Santo. Afinal, é preciso analisar tudo isso e ainda observar o custo-benefício, especialmente ao pensarmos em instituições privadas.

Então, para ajudar você nesse processo, criamos este artigo com 5 itens encontrados na Pitágoras, os quais dão aos alunos a garantia de uma escolha correta para seu futuro. São eles:

  • verificar se o MEC reconhece os cursos;
  • ficar de olho nas taxas de empregabilidade;
  • conhecer o corpo docente;
  • informar-se sobre a acessibilidade para chegar ao campus;
  • conferir os benefícios oferecidos, como bolsas e financiamentos.

Boa leitura!

1. Verifique se os cursos são reconhecidos pelo MEC

Antes de qualquer outra coisa, é importante saber se o curso é reconhecido pelo MEC e é ofertado por uma faculdade que não enfrenta problemas com credenciamento perante o ministério. Para tanto, é importante conferir o conceito, que atesta a qualidade das ofertas de graduação e das instituições de ensino superior brasileiras.

Para isso, você deve ter atenção a, pelo menos, três dados principais. São eles:

  • Conceito Enade: avalia o rendimento dos alunos concluintes nos cursos de graduação;
  • Conceito Preliminar de Curso (CPC): avalia a qualidade dos cursos de graduação. A pontuação é resultado de uma série de insumos, incluindo a nota do Enade e opiniões dos estudantes;
  • Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC): avalia a qualidade das instituições de ensino. O conceito é de 1 a 5, sendo que 5 atesta excelência, 3 é qualidade satisfatória e 1, insuficiência ― o que pode levar a faculdade ao fechamento de cursos.

Para encontrar essas informações, você pode visitar o site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela avaliação da Educação Superior brasileira.

2. Fique de olho nas taxas de empregabilidade

Outra questão importante é saber qual é a situação dos egressos em relação ao mercado de trabalho. Busque por profissionais que tenham se formado nas faculdades de seu interesse e veja como estão colocados em termos de carreira.

As redes sociais são ótimas aliadas nessa pesquisa, e você pode entrar em sites como o LinkedIn para ter acesso aos perfis de pessoas do mundo todo. Ali, você consegue fazer uma rede de contatos (tão boa quanto o network na faculdade) para impulsionar sua carreira e conhecer os profissionais mais bem-sucedidos que passaram pelas instituições de ensino em que você deseja estudar.

Outro ponto interessante sobre empregabilidade é saber se as faculdades têm parcerias voltadas à profissionalização do aluno. Conheça o Canal Conecta, que permite a visualização de oportunidades de trabalho em todo o país para alunos matriculados em uma das unidades da Faculdade Pitágoras no Espírito Santo.

3. Conheça o corpo docente

A qualidade do corpo docente também é outro ponto fundamental ao escolher a faculdade em que estudar no Espírito Santo. Embora o MEC tenha exigências para a configuração do quadro de professores, conforme o perfil das instituições ― podendo exigir desde pós-graduação até títulos de mestre e doutor e regime trabalho em tempo integral ―, também é importante verificar a experiência desses profissionais.

Para que fique mais claro, faça o seguinte checklist:

  • confira a porcentagem de mestres e doutores na instituição (às vezes, o próprio site institucional informa);
  • confirme o tempo de serviço desses profissionais na instituição;
  • verifique qual é atuação deles no mercado e se ocupam algum cargo de destaque (CEOs, donos de empresas, serviço público de alto escalão, diretores de entidades, cientistas etc.);
  • observe a participação deles em eventos nacionais e internacionais;
  • veja se existem livros de sua autoria, artigos publicados em revistas científicas, canais online com palestras e outros conteúdos relevantes.

4. Informe-se sobre a acessibilidade para chegar ao campus

A acessibilidade é outro ponto importante. Afinal, dependendo da área onde está localizado o campus, deslocar-se até lá pode ser trabalhoso e gerar um custo alto com transporte.

Por esse motivo, é importante confirmar se o curso desejado ― principalmente no caso dos presenciais ― é ofertado em um campus próximo ao seu endereço ou tem fácil acesso por meio dos modais de transporte disponíveis.

No caso do transporte público, é importante verificar se há linhas de ônibus com destino à região da faculdade. Caso o campus fique em uma estrada, por exemplo, veja se a faculdade oferece algum tipo de fretamento ou transporte para os alunos.

Caso você precise utilizar o carro, também é importante saber se a faculdade oferece estacionamento para os alunos e/ou se há vagas de estacionamento nas imediações, em caso de parar na rua.

Também é interessante verificar se é possível acessar a faculdade utilizando transportes sustentáveis, como é o caso de bicicletas. Veja se há ciclovias por perto ou se as vias possibilitam a circulação desses veículos e confirme se o campus tem estacionamento apropriado para bikes.

5. Veja se a instituição oferece benefícios como bolsas e financiamento

No caso das faculdades particulares, o custo das mensalidades pode pesar no bolso de muita gente. Mas isso não é um fator impeditivo para que você vá estudar. Em primeiro lugar, existem programas de bolsas de estudo e financiamento estudantil privado nos quais é possível se inscrever, desde que atenda aos requisitos mínimos.

Os programas de incentivo à educação superior mais famosos são os do governo federal:

  • Programa Universidade para Todos (Prouni), que oferece bolsas de até 50% ou integrais para pessoas com renda limitada;
  • Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES), que possibilita aos alunos com renda limitada financiar até 100% do curso, com juros que podem chegar à taxa zero, conforme o perfil socioeconômico do estudante.

Porém, caso você não se enquadre nos programas federais, também é possível checar as políticas de concessão de bolsas e financiamento das próprias faculdades. Aí estão os seguintes tipos de benefícios:

  • bolsas institucionais: ofertadas de acordo com critérios próprios, como (renda familiar, doenças crônicas, deficiência física e mental, patrocínios etc.);
  • políticas de desconto: descontos como pontualidade, premiações, promoções etc.
  • bolsas concedidas por empresas: fruto de parcerias com as faculdades, como convênios para funcionários em programas de educação continuada.
  • sites por meio dos quais é possível negociar descontos para os estudos.

Depois de ler todas essas dicas, certamente ficará muito mais fácil decidir por uma faculdade no Espírito Santo. O mais importante é fazer uma análise racional e ponderar os pontos positivos de cada instituição.

Por falar nisso, já que você está aqui, gostaríamos de fazer um convite. A Pitágoras é uma das principais instituições de ensino superior do Espírito Santo. Por isso, temos a certeza de que atendemos a muitos desses requisitos. Que tal nos conhecermos? Confira a nossa página institucional!

*Sujeito a alteração

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content