Aprenda tudo sobre a Faculdade de Comércio Exterior!

Teste vocacional rápido

Se você se interessa pelas relações comerciais entre diferentes locais e necessidades, economia e gestão, talvez o curso de Comércio Exterior seja pra você. Então, confira neste post tudo sobre a Faculdade de Comércio Exterior.

Fique conosco!

Como é o curso de Comércio Exterior?

A princípio, ao falar sobre curso superior, precisa-se compreender as diferentes modalidades dispostas ao ensino superior. Assim, antes de adentrarmos em detalhes sobre a graduação em Comex, confira alguns detalhes sobre as possibilidades de formação:

  • Ensino técnico: o tecnólogo é um tipo de formação disponibilizada aos interessados em obter uma titulação no ensino superior. Mas, diferente do bacharelado, o tecnólogo é focado nas necessidades do mercado, possuindo uma grade enxuta e objetiva. E, o curso de Comércio Exterior também pode ser realizado como tecnólogo;
  • Bacharel: o bacharelado é uma modalidade formativa que abrange inúmeras possibilidades após formado. Assim, ao formar-se um bacharelado, por ter contato com diversas áreas e temas relacionados ao Comex, a titulação do estudante viabiliza caminhos diferentes do tecnólogo, possibilitando, por exemplo, o ingresso em carreiras acadêmicas, realização de mestrado e doutorado, etc. 

Agora, depois de te contar sobre as possibilidades no ensino superior, vamos aprofundar nos detalhes do bacharelado. Confira o tópico a seguir!

O que se aprende na graduação?

Antes de mais, para apontar o que se aprende ao longo do curso, precisamos analisar de trás para frente. Então, pergunta-se: quais objetivos da graduação? 


Bem, dado o questionamento, o objetivo da faculdade de Comércio Exterior é formar profissionais habilitados para compreender trâmites, criar logísticas e executar processos relacionados a aspectos mercantis, compras e vendedores de diferentes países e culturas, bem como negociar, planejar e mediar necessidades, possibilidades e ofertas.

Ainda, nas entre linhas, é fundamental conhecer outros tantos temas. Veja, ao mediar, negociar e analisar aspectos mercadológicos, assim como as logísticas que os envolvem, o estudante deve ter conhecimentos geopolíticos, de idiomas e culturais, considerando o seu papel mediador.

E, naturalmente, um perfil empático e racional, para lidar com todos os âmbitos de tais negociações. 

Também, na graduação, o estudante se depara com diversas disciplinas que passam tanto pelas Ciências Humanas, quanto pelas Exatas. Então, estatística, negociação, contabilidade, legislação, entre outras, fazem parte da rotina do aluno. 

Presencial, 100% EAD ou semipresencial: em qual vou me adaptar melhor?

Assim, confira algumas das disciplinas encontradas na grade curricular de Comex:

  • Inglês instrumental para Comércio Exterior;
  • Direito Internacional;
  • Empreendedorismo;
  • Logística e Gestão da qualidade;
  • Matemática Financeira;
  • Homem, cultura e sociedade;
  • Legislação e prática aduaneira;
  • Legislação social e trabalhista;
  • Relações Econômicas Internacionais;
  • Negociação e Gestão de conflitos;
  • Siscomex;
  • Responsabilidade social e ambiental.

Por fim, percebe-se que o estudante tem de se dedicar, mas os conteúdos são super interessantes, dinâmicos e atuais. Assim, confira no próximo tópico as áreas de atuação do profissional de Comércio Exterior.

Quais são as áreas de atuação em Comércio Exterior?

A princípio, antes de mergulhar nas áreas de atuação do profissional graduado em Comércio Exterior, vale destacar alguns pontos. A primeira delas é: falar outro idioma. O inglês é de extrema importância para lidar com dinâmicas básicas da carreira, como por exemplo, leitura de documentos, comunicação com negociantes de outros países, etc.

Assim, a dica é: ao adentrar na graduação de Comex, pesquise cursos de inglês – às vezes, a própria instituição oferece oportunidades ou parcerias com preços acessíveis; vale a busca e o investimento. 

Em segundo lugar, deve-se começar cedo. E necessário aproveitar o momento formativo da graduação para experimentar e realizar estágios – mais de um, se quiser. Lembrando, ainda, que o estágio é obrigatório, ao depender do curso.

No mais, algumas das áreas de atuação em Comércio Exterior, são:

  • Despacho e legislação aduaneira;
  • Pesquisa de mercado e prospecção;
  • Logísticas de importação e exportação;
  • Transações cambiais;
  • Analista de Comércio Exterior;
  • Gerenciamento de projetos e criação de planos de ação;
  • Controle do fluxo mercantil.

A Pitágoras te ajuda a realizar o sonho da Faculdade de Comércio Exterior!

Após conhecer não só o que acontece no curso de Comex, mas também detalhes sobre a carreira desse profissional, chegou a hora de tirar o seu sonho do papel. Fundada em solo mineiro, hoje a Faculdade Pitágoras propaga o melhor da educação em todo o território nacional. 

Ainda, com um corpo docente de ponta, equipes dispostas e uma plataforma de ensino super dinâmica, além de tornar o seu sonho real, torna-o prazeroso. E, claro, após formado, você será um profissional completo.

Assim, com diversas modalidades de ensino e caminhos financeiros viáveis ao estudante, te ajudamos a tirar o seu sonho do papel. Desta forma, te convidamos a conhecer mais sobre a gente, nossos polos e possibilidades na aprendizagem.

Por fim, conte com a experiência de quem convive hoje com os desafios que você vai encontrar no futuro. Prepare-se e venha fazer Comércio Exterior na Pitágoras. Participe do processo seletivo!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Prouni, FIES, crédito estudantil ou bolsa privada: qual a melhor opção para mim?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.