Faculdade de Biologia Marinha: ela existe? 🐬

Um dos ambientes que mais instigam e fascinam as pessoas é o oceano. Afinal, temos uma intensa ligação com os mares e os recursos que eles nos proporcionam. Contudo, nos últimos anos, tem-se visto um aumento na procura pela faculdade de Biologia Marinha e por oportunidades de trabalho na área.

Em parte, isso se deve ao encanto das pessoas por biomas costeiros ou influenciados pela salinidade e à sua incrível biodiversidade. Porém, as mudanças climáticas, a poluição e a acidificação dos oceanos têm evidenciado a necessidade de profissionais que atuem nesse campo.

A pergunta que não quer calar é: existe faculdade de Biologia Marinha? Como decidir entre ela e o curso de Ciências Biológicas? Para responder essa e outras perguntas, elaboramos este artigo para você! Por aqui, você verá:

  • Existe a faculdade de Biologia Marinha?
  • Por que é melhor optar pela graduação em Ciências Biológicas?
  • Quais são as vantagens de trabalhar com Biologia Marinha?
  • Como garantir as melhores vagas na área?

Vamos lá?

Existe a faculdade de Biologia Marinha?

Tradicionalmente, a Biologia Marinha é uma entre tantas outras áreas estudadas no curso de Ciências Biológicas. Para trabalhar na área, os biólogos formados em Licenciatura ou Bacharelado devem seguir na Academia, fazendo um mestrado e, muitas vezes, um doutorado também.

No Brasil, existe apenas uma graduação em Biologia Marinha, mas os 2 primeiros anos contemplam disciplinas do ciclo básico de Biologia, e os 2 seguintes se aprofundam na área. Ainda, há outros dois cursos de Ciências Biológicas com ênfase em Biologia Marinha; e o que acontece é exatamente a mesma dinâmica: 2 anos de matérias gerais, 2 anos de conhecimentos específicos.

Além disso, esses cursos são sediados no Sul e no Sudeste e, como são presenciais, é necessário que você more na cidade para fazer faculdade. Todavia, se essa não é uma opção viável para você, não se preocupe.

Cursando a faculdade de Ciências Biológicas, você tem acesso a todos os conhecimentos que permitem trabalhar plenamente com Biologia Marinha e, também, com outras esferas da área. Veja por que, no próximo tópico.

Por que é melhor optar pela graduação em Ciências Biológicas?

O mercado de trabalho exige que as pessoas tenham (ou desenvolvam) habilidades e competências que, antigamente, não eram muito valorizadas. A multidisciplinaridade é um desses atributos, fundamental para alcançar o tão almejado sucesso profissional.

E é exatamente isso que o curso clássico de Ciências Biológicas proporciona. Como a vida é o objeto de estudo da Biologia, você certamente pode imaginar quão ampla é essa área. Justamente por focar tanto seres unicelulares por si só quanto as relações existentes dentro de um ecossistema complexo, é necessário que os profissionais escolham um campo para se aprofundarem.

Essa escolha se dá durante a faculdade —, mas de maneira natural, à medida que os interesses vão se refinando e os estágios vão proporcionando mais experiência. Aliás, ter os 4 anos do curso para estudar diversos outros assuntos além da Biologia Marinha possibilita a oportunidade para o graduando conhecer e se apaixonar por outras áreas.

Não raro, os estudantes entram na faculdade querendo estudar um domínio, mas descobrem afinidades com outros no decorrer do curso e do seu próprio amadurecimento na faculdade. Dessa forma, a graduação em Ciências Biológicas permite que o aluno tenha chance de fazer estágios em diferentes frentes, antes de encontrar a sua verdadeira paixão.

Então, as matérias ministradas nas áreas de Biologia Celular, Ecologia, Zoologia, Botânica, Paleontologia, Genética etc. dão um olhar mais amplo sobre todos os seres vivos e os processos fisiológicos, ecológicos e comportamentais deles.

Ademais, é importante lembrar que, além dos conteúdos obrigatórios da grade curricular, as faculdades oferecem disciplinas eletivas, optativas ou complementares, que possibilitam o olhar mais apurado sobre cada área.

Quais são as vantagens de trabalhar com Biologia Marinha?

Se, mesmo que você tenha decidido cursar Ciências Biológicas, ainda deseja se especializar em Biologia Marinha, mas quer entender as vantagens de trabalhar na área, continue por aqui — elas são tão vastas quanto a própria Biologia. Veja só:

  • contato com formas de vida bastante diferentes das que estamos acostumados;
  • estudo das incríveis adaptações dos seres vivos aos ambientes salinos (mares, mangues, estuários, recifes e atóis);
  • contato direto com a natureza;
  • oportunidade de viver em localidades litorâneas;
  • desenvolvimento de projetos de educação ambiental;
  • promoção de melhores relações entre a comunidade local e o ambiente marinho;
  • atuação direta em projetos de conservação de espécies marinhas;
  • pesquisas sobre as formas de vida que são tão diferentes para nós;
  • trabalho em museus, aquários e centros de resgate e reabilitação de espécies vulneráveis;
  • promoção do aumento do conhecimento sobre a diversidade marinha (já que são, aproximadamente, 2,2 milhões de seres vivos habitando os oceanos);
  • chance de divulgar os conhecimentos científicos adquiridos;
  • promoção do desenvolvimento social aliado à preservação do meio ambiente;
  • garantir que atividades que explorem os recursos naturais (como a pesca) o façam de maneira sustentável, equilibrada e respeitosa.

Como garantir as melhores vagas na área?

Para garantir as melhores vagas de emprego na área da Biologia Marinha, é fundamental ter uma certificação profissional. Ou seja, depois de investir na faculdade de Ciências Biológicas, você deve se especializar e aprofundar seus conhecimentos sobre o ambiente marinho.

Dessa forma, você consegue desenvolver e dominar as habilidades necessárias para atuar nesse campo, tornar o seu currículo mais atrativo e competitivo e, claro, ampliar as suas chances de entrar no mercado de trabalho e receber promoções no emprego. Mas como ter acesso a isso?

Boas faculdades oferecem cursos que podem ser realizados em paralelo à graduação, complementando perfeitamente os conteúdos vistos na faculdade. Isso é o que acontece aqui na Pitágoras. Então, você pode se especializar em Biologia Marinha e em Educação Ambiental, por exemplo, com uma infraestrutura de excelência, conteúdos atualizados e professores capacitados.

Por isso, é muito importante que você escolha com cuidado onde estudar Biologia Marinha. Além da sua própria dedicação durante a faculdade, a qualidade do ensino superior é determinante para o sucesso profissional tanto nessa quanto em qualquer outra área das Ciências Biológicas.

Então, não perca mais o seu tempo. Inscreva-se já para o vestibular e comece a sua jornada rumo à profissão dos seus sonhos!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 7

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

pep

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.