O que é Experiência do Usuário e como atuar na área?

Experiência do Usuário

Teste Vocacional Rápido

Você consegue se lembrar do cheiro da pipoca do cinema? E daquele barulhinho de quando abrimos a lata de refrigerante? Pois é, a Experiência do Usuário está nos detalhes de tudo o que consumimos.

Nos bastidores, existe um profissional responsável por pensar e testar os produtos e serviços para que nossas interações sejam positivas. Você já parou para pensar nisso?

A seguir, você conhecerá o curso superior em Design de Experiência. O designer de experiência é quem faz a mágica acontecer, e você pode construir uma carreira de sucesso na área. Continue a leitura e saiba mais!

O que é Experiência do Usuário, na prática?

A Experiência do Usuário é o que a pessoa vivencia em suas interações e relações com produtos e serviços. Logo, é um dos pontos mais importantes quando pensamos em satisfazer os desejos e as necessidades dos clientes.

No mercado, muitas vezes você verá a referência a “UX”. É que, em inglês, falamos user experience e UX para se referir à Experiência de Usuário.

Saber o que é UX é importante porque frequentemente as vagas de emprego podem trazer a expressão estrangeira. Aliás, é o mais comum no caso do profissional de tecnologia.

E o que é Design de Experiência?

O Design de Experiência é a área de projeto e estruturação da Experiência do Usuário. É o profissional que pensa em como, a partir dos sentidos, promover interações positivas e funcionais com os produtos e serviços.

Um produto ou serviço precisa atingir a sua finalidade básica, mas também promover sensações e emoções agradáveis no processo. Essa combinação faz parte do trabalho do Designer de Experiência do Usuário.

Por que essa preocupação é cada vez mais necessária?

A importância da Experiência do Usuário está ligada às características dos ambientes de negócios, enfrentados pelas empresas. A UX ajuda as organizações de diversas formas:

  • construir uma imagem positiva junto aos clientes;
  • fidelizar os consumidores para que eles voltem a comprar;
  • diferenciar produtos e serviços das soluções dos concorrentes;
  • estruturar campanhas para os diferentes tipos de Marketing;
  • tornar as soluções mais funcionais e eficientes.

Entre os benefícios mais decisivos, temos o valor percebido pelo consumidor. Lembra-se da pipoca do cinema? Talvez o preço dela não esteja tão relacionado ao custo do milho, não é mesmo?

Se as pessoas percebem valor, a empresa consegue aumentar as suas receitas. Além disso, a venda do produto não faz o cliente se sentir enganado, ele se sentirá satisfeito com a sua escolha.

Fazer uma faculdade em Design de Experiência é dominar técnicas e ferramentas que fazem a diferença para as empresas. Então, é uma boa forma de iniciar uma carreira de sucesso.

Como é a atuação do profissional da área de Experiência do Usuário?

O profissional de Experiência do Usuário encontra excelentes oportunidades de trabalho na área de pesquisa e desenvolvimento de produtos e serviços. Além disso, pode atuar em projetos, inovação e estudos de comportamento do consumidor.

As atividades profissionais normalmente estão ligadas a entender e a modelar a jornada do cliente. É o designer quem pensa cada etapa do atendimento e como deve ser o momento do consumo.

Esse projeto costuma ser colocado no papel, na chamada service blueprint. Blueprint é o nome de um suporte para desenhos nas plantas de arquitetos, caracterizado pelo fundo azul e traços de cor branca.

A ideia é que o Design Ux monte a planta do serviço, em que estarão cada momento de interação com a empresa. Ações dos colaboradores, processos de suporte, tecnologia utilizada, tudo isso é planejado.

Como posso entrar na área de Experiência do Usuário?

O mercado de trabalho em Design de Experiência é um dos mais aquecidos da atualidade. Para você ter uma ideia, a média salarial do UX Designer está em R$ 4.532,00*.

São excelentes oportunidades de trabalho, e o caminho para ingressar nesse mercado de trabalho está mais acessível.

Faça uma qualificação específica

Em vez de adaptar os conhecimentos de outras áreas, como Design Gráfico, você pode estudar na faculdade específica de Experiência de Usuário. Assim, seu currículo vai se destacar e você terá mais ferramentas para realizar um bom trabalho.

Desenvolva o seu networking

Desde a faculdade, é importante construir uma rede de contatos profissionais. No EAD da Pitágoras, essa aproximação pode ser feita no próprio Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) em fóruns de discussão e contato com professores online.

Além disso, você pode conhecer o guia completo de networking para receber dicas de como criar conexões com pessoas importantes para a sua carreira.

Participe de eventos da área

Outro ponto que vale a atenção é ser figura carimbada nos eventos ligados à Experiência do Usuário. O designer se destaca quando consegue incorporar boas tendências aos projetos e às palestras — e fazer cursos rápidos, imersões, workshops e afins são soluções interessantes para acompanhar os movimentos do mercado.

Invista em marketing pessoal

Você também pode usar as redes sociais de maneira estratégica, divulgando portfólio, fazendo lives, respondendo dúvidas, fazendo posts sobre UX, entre outras estratégias de marketing pessoal.

Comece com projetos pontuais

Um bom começo, depois de formado, é buscar oportunidades como profissional autônomo, pegando trabalho de freelancer, ajudando pequenos negócios da sua cidade, usando os conteúdos para pegar tarefas pontuais, entre outras ações.

Com isso, você adquire experiência profissional e monta o seu portfólio, aumentando as chances de conquistar os melhores empregos ou crescer com o próprio negócio.

Como é o curso de Design de Experiência?

Aqui na Pitágoras, o Design de Experiência faz parte dos cursos Tecnólogos. Essa formação de nível superior tem como característica ser uma graduação mais específica para ingressar rapidamente no mercado de trabalho.

O curso tem duração prevista de 3 semestres na modalidade EAD 100% online. E você foca as disciplinas necessárias para ser um profissional de UX, por exemplo:

  • Comportamento do Consumidor;
  • Design Centrado no Usuário;
  • Design Thinking;
  • Ergonomia;
  • Experiência do Usuário;
  • Gestão do Design de Serviços;
  • Inovação em Serviços Digitais;
  • Mapeamento de Experiências;
  • Marketing Digital;
  • Novas Tecnologias Aplicadas à Comunicação;
  • Pesquisa Etnográfica;
  • Processo de Criatividade;
  • Semiótica;
  • Usabilidade e Prototipação.

Por ser um curso a distância, você pode estudar nos horários e locais que forem mais convenientes, acessando videoaulas, e-books, imagens, exercícios e demais conteúdos pela internet.

Os alunos da Pitágoras podem concorrer em processos seletivos de estágio e emprego no Canal Conecta. Lá você também encontra orientações sobre mercado de trabalho e ferramentas para fazer um currículo de destaque.

No ambiente virtual, você também tem acesso às Trilhas de Carreira que são jornadas de desenvolvimento com conteúdos adicionais. Nela, os alunos aprendem sobre Inovação em Gestão de Pessoas, Gestão de Projetos, Finanças Pessoais e Investimentos, entre outras habilidades.

Torne-se um designer de experiência!

A Pitágoras oferece a formação completa e específica para você trabalhar com Experiência do Usuário. Como você viu, é uma área com muitas oportunidades de trabalho e excelentes médias salariais, então, é uma excelente opção de carreira.

Inscreva-se no vestibular online agora mesmo e inicie seus estudos para ser um designer UX de sucesso!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

[E-BOOK] Guia de áreas e salários: conheça as profissões mais bem-pagas hoje

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.