Como funciona o estágio em Medicina? Entenda aqui!

estágio de medicina

O estágio na faculdade de Medicina pode gerar muitas dúvidas nas pessoas, especialmente porque o curso conta também com outras modalidades em que você acompanha, na prática, o que aprendeu em sala de aula. Quer alguns exemplos? A residência médica e o internato.

Pra começar, será que o estágio realmente necessário? Em que etapa do curso de Medicina ele precisa ser feito? Não é a mesma coisa que esses outros processos?

Calma que, pra resolver essas dúvidas, a Pitágoras resolveu apresentar algumas das principais informações sobre essa fase tão importante para o estudante. Acompanhe!

Pra que serve o estágio em Medicina?

O estágio é uma fase em que o aluno de Medicina pode acompanhar, na prática e no dia a dia, o que ele aprendeu em sala de aula.

No mercado, os cursos costumam ter estágio remunerado e não remunerado. Em Medicina, há algumas diferenças consideráveis. Pra começar, existe o internato, que corresponde a uma espécie de estágio curricular obrigatório do curso.

Se você fizer Medicina e chegar nessa etapa, vai contar com a supervisão de médicos enquanto vivencia a rotina de profissionais da saúde em hospitais, ambulatórios e outras unidades de saúde conveniadas à faculdade ou pertencentes a ela. Isso inclui atendimentos, assistências, plantões etc.

No caso de escola/faculdade, normalmente existe a supervisão dos seus docentes.

Há também o estágio profissional não remunerado, oferecidos pelas instituições de saúde. Alguns deles são curtos e há processos em que os alunos marcam a carga horária que farão.

Como ele funciona?

No estágio não remunerado, sob supervisão de um médico preceptor, na condição de observador, você acompanha o funcionamento da rotina de um setor médico. Pode participar de discussões de casos, de reuniões científicas e do convívio com pacientes. Quase como se fosse um profissional formado!

No caso do internato, você passa por rodízios. Nesses períodos, vai estagiar em grandes áreas da Medicina, como pediatria, cirurgia, clínica médica etc. Alguns detalhes da forma como isso se dá pode variar de faculdade para faculdade.

Como conseguir o estágio em Medicina?

Pra começar, é preciso verificar o período mínimo cursado que é requerido pela instituição de saúde desejada que oferece esse processo. Aliás, pra achar vagas de estágio de Medicina, acompanhe sites de hospitais, empresas de recrutamento, páginas de conselhos regionais de Medicina etc.

Veja também páginas de vagas e portais de empregabilidade das instituições de ensino que têm curso de Medicina. Um exemplo desse tipo de serviço é o Canal Conecta, exclusivo pra nossos estudantes aqui na Pitágoras.

Quanto tempo de duração?

O estágio não obrigatório de pouca duração costuma ter algumas semanas. Achou pouco? Saiba que é possível fazer mais de um pra utilizar a carga horária no currículo e ampliar seus conhecimentos práticos!

O internato, por sua vez, dura em torno de 2 anos, que normalmente coincidem com os períodos finais do curso.

Quais são as diferenças entre estágio, internato e residência?

Como a gente viu, o internato corresponde ao estágio obrigatório curricular do curso. Ele pode ser oferecido pela faculdade em uma instituição de saúde que funciona como “escola” para os alunos.

Nesse processo, você amplia o atendimento aos pacientes e passa várias semanas em uma das grandes áreas da saúde. Também tem contato com algumas especialidades, como psiquiatria e oftalmologia.

Os estágios não obrigatórios de curta duração se assemelham aos estágios convencionais de outros cursos. No caso deles, é importante ler as regras da instituição de saúde que os oferece e se informar sobre questões legais, como a lei do estágio.

A residência em Medicina é uma etapa que ocorre após você já estar formado e registrado no Conselho Regional de Medicina (CRM). Ela é uma especialização obrigatória em clínica médica, sendo feita em hospitais, em um período de 2 a 5 anos.

Você passa a trabalhar com uma carga de horas semanais pra se especializar em uma das dezenas de áreas da carreira médica.

Vem estudar com a gente!

Agora que você sabe como funciona o estágio, saiba que é importante também ter foco no processo de conquista de uma vaga. Lembre-se de refletir sobre a especialização desejada pra encontrar uma oportunidade que mostre os fundamentos de como essa área funciona na prática.

Além do mais, aqui vão algumas dicas pra essa busca ser mais tranquila: converse com professores e médicos sobre o estágio, comece a se informar antes mesmo de chegar no período mínimo exigido pra isso e se prepare pra entrevistas.

Essas ações te ajudam a aumentar as chances de encontrar uma oportunidade de estágio de Medicina e conquistar a vaga desejada!

Agora que você sabe disso, aproveite pra se inscrever no vestibular de Medicina e dê um passo importante em sua carreira!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.4 / 5. Número de votos: 7

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.