Qual é o salário do formado em Engenharia Mecânica?

engenharia mecânica salário

Fazer o curso de Engenharia é o sonho de muitos jovens que querem ingressar no ensino superior — afinal, trata-se de uma das profissões mais tradicionais, com remunerações atrativas. Assim, você imagina qual é o salário do profissional de Engenharia Mecânica?

Responsável pelo desenvolvimento de projetos que envolvem máquinas e construções, esse profissional é muito capacitado e pode sair da faculdade ganhando mais que os recém-formados de outras profissões, sabia? Além disso, quem se forma nessa área encontra um mercado de trabalho amplo, com vários campos de atuação disponíveis.

Ficou interessado? Quer saber quanto ganha um profissional de Engenharia Mecânica? Então, não deixe de acompanhar o post!

Qual é a média salarial de um formado em Engenharia Mecânica?

Sabia que a Engenharia Mecânica conta com ótimas remunerações? O salário médio dos profissionais é de R$ 8.338,15*. O piso de Engenharia Mecânica é de R$ 7.610,14* e o teto pode chegar a R$ 16.508,48*.

Esse valor pode aumentar de acordo com a localização do país, experiência no mercado de trabalho, área de atuação, formação profissional etc. A remuneração média desse engenheiro nos principais estados brasileiros é:

  • São Paulo*: R$ 8.287,04;
  • Minas Gerais*: R$ 8.885,58;
  • Rio Grande do Sul*: R$ 7.680,74;
  • Goiás*: R$ 8.958,70;
  • Maranhão*: R$ 8.142,08;
  • Espírito Santo*: R$ 8.770,87;
  • Rio de Janeiro*: R$ 9.735,09.

O salário dessa profissão realmente é muito vantajoso, concorda? Mas saiba que você pode fazer alguns investimentos ao longo da carreira pra ganhar mais e ser reconhecido na empresa onde trabalha. Pra isso, o primeiro passo é contar com uma instituição de ensino de excelência, com infraestrutura completa e com um corpo docente de qualidade, que pode ensinar tudo sobre o curso de Engenharia Mecânica.

Aqui na Pitágoras, você encontra tudo isso e outros diferenciais, como formas de ingresso facilitadas e o Canal Conecta, portal exclusivo de vagas de estágio e de emprego. Além disso, as nossas salas de aula são amplas e os laboratórios de ponta — tudo isso pra garantir que você tenha o melhor aprendizado!

Como é o curso de Engenharia Mecânica?

O curso de Engenharia Mecânica é do tipo Bacharelado e dura 5 anos, podendo ser feito na modalidade de ensino presencial e semipresencial na Pitágoras. Os profissionais são aptos a executar procedimentos que envolvam a fabricação, a manutenção, a operação e o projeto de máquinas, equipamentos e sistemas mecânicos.

Muita gente tem dúvidas em relação às diferenças entre Engenharia Civil e Mecânica, já que os dois ramos são voltados para o desenvolvimento e criação de projetos. Mas o segundo é responsável por supervisionar os processos, fazer inspeção de linhas de produção, liderar equipes e desenhar maquinários e peças.

Desse modo, é o engenheiro que tem a formação pra atuar em grandes indústrias, de vários setores, como a petroquímica, siderúrgica, metalúrgica, automobilística e até na área agrícola. Legal, não é?

Quais são as áreas de atuação do profissional e a média salarial?

Sabia que existem vários campos de atuação dentro da Engenharia Mecânica? Assim, os profissionais podem escolher aquele com que mais se identificam pra trabalhar. Veja, a seguir, as principais áreas.

Automobilística

A área da automobilística vai além das oficinas. O profissional atua em todas as etapas da cadeia produtiva, desenvolvendo e projetando vários componentes, como sistemas de aquecimento ou refrigeração.

Além disso, aperfeiçoa os mecanismos de câmbio e frenagem, bem como outros recursos e suprimentos. Tudo isso pra que os motoristas não sintam dificuldade em rodar na estrada ou nas cidades. O salário médio desse campo é de R$ 7.524,08*.

Petroquímica

Na indústria petroquímica, esse engenheiro desenvolve projetos que envolvem a distribuição, o processamento, o refino e o bombeamento de produtos petroquímicos. Ao fazer uma especialização voltada pra essa especialidade, ele é responsável por perfurar poços de petróleo e desenvolver um tratamento adequado pra esse combustível.

Esse campo de atuação é muito parecido com o que o Engenheiro Químico faz. Assim, a média salarial é de R$ 11.919,87*.

Metalúrgica

Nessa área o engenheiro desenvolve melhor a sua habilidade de liderança, mesmo que não assuma um cargo de gestão. Com um salário médio de R$ 8.110,02*, o profissional é responsável por conduzir e realizar projetos, comandar equipes, gerir recursos e suprimentos, organizar a produção e até mesmo gerenciar setores de projeto.

Manutenção

O campo de atuação da manutenção costuma exigir muitas horas de trabalho do engenheiro. Isso porque as máquinas e os sistemas mecânicos podem parar de funcionar em qualquer período (madrugada, feriado, fins de semana etc).

Nessa situação, os profissionais são responsáveis por identificar as causas de falha de máquinas e também participam na elaboração de alguns planos de manutenção. O mercado de trabalho da área é bastante aquecido, e o salário médio é de R$ 8.326,00*.

Indústria Energética

A preocupação em encontrar alternativas energéticas sustentáveis está cada vez mais em alta. Isso abre perspectivas interessantes pra esse tipo de engenheiro, que pode supervisionar os projetos de energia renovável, desde a construção até a definição da estrutura organizacional.

Na produção de energia sustentável, os profissionais são peças fundamentais para o desenvolvimento de equipamentos. Como essa especialidade está crescendo rapidamente, o salário pode ultrapassar os R$ 15.000,00*.

Carreira acadêmica

Outra ótima possibilidade para o engenheiro mecânico é a carreira acadêmica. Pra isso, é essencial dar continuidade aos estudos com cursos de pós-graduação, principalmente mestrado e doutorado.

Nesse ramo, você pode exercer a prática docente em cursos superiores, além de desenvolver pesquisas. A média salarial dessa área é de R$ 5.597,03*.

Fabricação

A fabricação é focada nos processos de criação de máquinas e peças. O conhecimento das técnicas é muito importante pra todos os engenheiros mecânicos, independentemente de atuar ou não na área. Logo, alguns processos como soldagem, prensagem e trefilação são comuns pra esse profissional.

Agora é com você!

Como vimos, o salário do profissional de Engenharia Mecânica é muito atraente, e os profissionais podem atuar em diversas áreas. Por isso, pra conquistar as melhores vagas do mercado e ser valorizado profissionalmente, é essencial estudar em uma boa faculdade. Lembre-se que quem tem uma graduação de excelência no currículo ocupa cargos de destaque nas empresas.

Gostou do post e quer estudar Engenharia Mecânica em uma instituição de ensino de qualidade? Então, inscreva-se no vestibular Pitágoras!

*Sujeito a alteração

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content