Qual a diferença entre Engenharia Mecânica e Mecatrônica? ⚙

engenheira mecânica

Teste Vocacional Rápido

Você sabia que a Engenharia Mecânica e a Mecatrônica estão entre as profissões mais bem-pagas da atualidade? De modo geral, os cursos vêm dos fundamentos da Engenharia, como Matemática, Física e Química, e apresentam uma forte presença das máquinas, especialmente em contextos industriais. 

Apesar de serem muito semelhantes entre si, esses tipos de Engenharia têm diferenças importantes de atuação e especialização. Pra te ajudar a compreender suas peculiaridades, este post traz algumas respostas. Quer ver só? Continue a leitura e descubra qual dos dois é recomendado para o seu perfil!

Quais são as características do curso de Engenharia Mecânica?

A Engenharia Mecânica é a divisão da Engenharia responsável por idealizar, avaliar, construir e condicionar sistemas de natureza mecânica. Com as máquinas tão presentes no nosso cotidiano, a profissão adquire enorme importância simbólica e material.

Engenheiros qualificados são necessários pra projetar e manter a adequação de equipamentos, desde os automóveis mais simples até grandes turbinas da indústria. Além disso, encontram lugar de destaque na gestão dos processos industriais.

Aqui na Pitágoras, a faculdade de Engenharia Mecânica oferece condições ideais pra quem busca se destacar na profissão. Ao longo de 5 anos, a profundidade dos conhecimentos teóricos é mesclada a atividades de ordem prática, pra que o estudante esteja à altura de todoa as competências esperadas pelo mercado.

A partir de matérias específicas, o aluno aprende a desenvolver projetos com grande consistência e pragmatismo. Essa virtude é valorizada pelas empresas de Engenharia Mecânica e de outros setores, que necessitam de pessoas que dominem a teoria e saibam, ao mesmo tempo, como operar os sistemas de maneira exequível. 

Por que a Engenharia Mecânica é tão valorizada no mercado?

Enquanto muitos setores da economia entraram em crise nos últimos anos, o ramo industrial vem crescendo cada vez mais. Alguns dos motivos envolvem o desenvolvimento de novas tecnologias e a necessidade de profissionais capazes de acompanhar essa inovação.

Os formados que procuram se especializar nas áreas promissoras de Engenharia Mecânica têm um caminho longo pela frente na era da indústria 5.0. As tecnologias da nova revolução industrial têm objetivo de intensificar processos de automação e robótica, além de alinhar a indústria com a sustentabilidade e com a especialização da mão de obra.

A tendência é que as alternativas para os engenheiros mecânicos se expandam além de seus campos tradicionais, tendo em vista que a interdisciplinaridade é uma de suas características principais. 

Ainda na relação Engenharia Mecânica e tecnologia, as perspectivas de trabalho podem ser cada vez melhores pra quem se mantém em dia sobre os mais recentes avanços tecnológicos. Exemplos são a nanotecnologia, conservação de energia, engenharia biomédica e o desenvolvimento da Engenharia ambiental.

As especializações em Engenharia Mecânica são bem-vindas nas principais indústrias tradicionais, como aviação, navegação, automóveis, fabricação de máquinas e usinas de energia. Por desempenharem funções de planejamento e desenvolvimento de projetos, ferramentas e máquinas, o engenheiro será cada vez mais útil nesses setores do ramo industrial.

Como é o curso de Mecatrônica?

Na Mecatrônica, o profissional também é capacitado pra manipular máquinas e contribuir em processos industriais. Mas ele será especialmente direcionado para os sistemas de natureza automatizada, operados de maneira robótica ou computacional.

Por vezes, a área é vista como um tipo de derivação da Engenharia Mecânica, mas isso não é de todo verdade. Ela apresenta um escopo autônomo que busca canalizar os elementos mecânicos da produção por meio de procedimentos avançados de controle e inteligência artificial. 

O curso geralmente tem duração de 5 anos. Você receberá, igualmente, uma base sólida no universo da Engenharia, composto por Matemática, Física e Química.

A partir desse ponto, você terá um contato intenso com matérias específicas de Mecânica, Elétrica, Eletrônica e Computação. O curso busca aprofundar seus conhecimentos pra propiciar a integração e a modernização das dinâmicas produtivas em diferentes lugares.

Quais são as diferenças entre os cursos?

Tanto a Engenharia Mecânica quanto a Mecatrônica atuam, de maneira privilegiada, na elaboração e na manutenção de máquinas industriais. A diferença está, principalmente, na ênfase de cada um dos cursos.

O engenheiro mecânico recebe uma formação mais abrangente, destinada à compreensão de objetos e sistemas mecânicos. Ele pode projetar, construir ou supervisionar a produção de diferentes tipos de máquinas, de carros a geladeiras com o conhecimento adquirido.

Já o engenheiro mecatrônico se especializa nos sistemas e equipamentos inteligentes que dominam determinados processos. Ele aprende a atuar na interface entre a produção e a gerência empresarial, buscando formas de implementar demandar diversas.

Naturalmente, a diferença entre os campos se reflete na grade curricular de cada curso. No primeiro caso, as matérias estão focadas em aspectos como vibrações mecânicas, mecânica dos fluidos e sistemas fluidotérmicos. No segundo, em circuitos elétricos, eletrônica, controle e automação industrial.

Como vimos, são profissões muito bem-pagas. Pra você ter uma ideia, as duas encontram-se bem acima da média salarial do país. O salário na Engenharia Mecânica é de R$ 8.051,30*, podendo atingir os R$ 17.692,92* com uma boa carreira. No caso do engenheiro mecatrônico, fica em R$ 5.504,08*, com teto de R$ 14.069*. Interessante, não é?

Como a Engenharia Mecânica trabalha a automação?

A formação em Engenharia Mecânica é uma opção incrível pra quem deseja trabalhar com tecnologia e busca valorização no mercado de trabalho. Mas a carreira pode se tornar ainda mais consolidada com uma especialização. Pra formados nesse curso, existe a possibilidade de especializar na área de Automação Industrial.

A automação está no centro de todas as tecnologias envolvidas no trabalho do engenheiro mecânico. Trata-se de permitir que softwares realizem processos que antes dependiam da ação humana. As vantagens disso são maior produtividade, redução de custos e menor probabilidade de erros na execução dos processos.

Hoje, a indústria caminha cada vez mais pra trabalhar com processos automatizados. Nesse cenário, os profissionais acabam executando funções mais analíticas do que práticas. Com o alto volume de informações de coletadas nos processos de equipamentos, é possível realizar manutenções mais eficientes e rápidas, além de reduzir desperdícios com paradas na linha de produção.

O profissional da Engenharia Mecânica ainda pode colaborar no desenho de novas peças e maquinários, fazer a inspeção das linhas de produção e supervisionar reparos, entre outras funções. Em suma, o engenheiro mecânico especializado em Automação Industrial é um componente insubstituível dentro da indústria.

Quais são as semelhanças entre os cursos?

Como vimos, Engenharia Mecânica e Mecatrônica formam profissionais pra elaboração e manutenção de máquinas industriais. Ambos os cursos duram pelo menos 5 anos. A grade curricular pode trazer discussões relacionadas com o empreendedorismo, pois as áreas oferecem aos profissionais a oportunidade de abrirem suas empresas.

Ainda sobre a grade curricular, tanto os alunos de Engenharia Mecânica quanto os de Mecatrônica desenvolvem ao longo de toda a graduação noções de Física, Matemática e Química. Portanto, as habilidades com números e raciocínio lógico são exigências em ambos os casos.

Como escolher a graduação ideal?

As muitas afinidades entre esses dois cursos podem deixar aquela dúvida na hora de decidir qual graduação fazer, não é mesmo? De fato, são campos similares do conhecimento. Também apresentam excelentes oportunidades pra atuação e obtenção de boas posições no mercado.

Para o sucesso na sua escolha, porém, existem pontos de apoio que devem ser considerados. Abaixo, você encontra a lista dos mais importantes:

  • grade curricular: é fundamental observar as matérias trabalhadas em cada caso, pra compreender onde está sua verdadeira aptidão;
  • preferências: gostos pessoais e aspectos de personalidade também ajudam a definir o caminho. Por exemplo, quem gosta de trabalhar diretamente com a operação e produção das máquinas pode se dar melhor na Engenharia Mecânica;
  • faculdade que oferecem o curso: é sempre importante consultar os lugares onde é possível realizar a graduação. Como veremos em breve, uma instituição de excelência é fundamental pra se ter êxito na carreira;
  • conversas com corpo docente: conversar com professores permite formar uma imagem mais precisa do curso, ajudando a traçar uma decisão;
  • entrevistas com estudantes do curso: é interessante descobrir o que os próprios estudantes do curso têm a dizer;
  • profissionais formados: seguindo a mesma lógica, vale consultar profissionais já formados sobre as possibilidades de atuação existentes. Se não houver ninguém disponível pessoalmente, o networking nas redes sociais pode ser útil.

Por que optar por uma boa instituição de ensino?

Em ambos os casos, cursar uma faculdade de excelência é indispensável pra plenitude profissional. Nesse sentido, aqui na Pitágoras, oferecemos uma combinação perfeita de praticidade e qualidade. Você tem a chance de assimilar os melhores conteúdos e adaptar seus horários com flexibilidade.

Tendo uma boa nota de corte de Engenharia Mecânica, dá pra ingressar aqui na Pitágoras com descontos. Em todo caso, as mensalidades propiciam aos nossos alunos uma perfeita relação de custo-benefício.

A Pitágoras certamente está entre as melhores faculdades de Engenharia Mecânica do país. Aqui, a graduação pode ser realizada no presencial e no semipresencial. A primeira se destina a quem tem uma rotina mais flexível, podendo frequentar aulas às vezes. Já na segunda, trata-se de uma modalidade de ensino a distância, com atividades no campus de 1 a 3 dias por semana.

Apesar de maleável, a Engenharia Mecânica EAD tem a mesma qualidade da instituição. Sua estrutura conta com professores qualificados, oferecendo as melhores experiências e práticas contemporâneas. Os conteúdos são sempre atualizados, refletindo as mudanças no mundo do trabalho.

Ao escolher a Pitágoras, você aprende tudo sobre Engenharia Mecânica e ainda tem acesso exclusivo ao Canal Conecta, que permite a busca exclusiva de oportunidades com seu perfil. Fazendo uso da bagagem exemplar conquistada na graduação e do apoio integral da faculdade, não será difícil conseguir o tão sonhado sucesso profissional.

Inscreva-se no vestibular!

Por fim, a excelência da faculdade Pitágoras oferece todo o suporte necessário pra que o profissional acompanhe as transformações tecnológicas da sua área. Um engenheiro devidamente alinhado com as práticas do mercado de trabalho terá inúmeras possibilidades pra explorar.

E agora, ficou por dentro das vantagens de cada curso? Então, não perca mais tempo e inscreva-se já no nosso vestibular da Pítágoras! Vamos construir juntos uma carreira promissora pra você.

*Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.9 / 5. Número de votos: 13

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content