Descubra o salário do profissional de Engenharia Elétrica

engenharia elétrica

Você consegue imaginar uma indústria que não precise de energia elétrica hoje? A resposta é simples: não! Desde a área têxtil até a alta tecnologia — satélites e aeronaves —, todos os setores dependem dela. Por ser uma das áreas mais valorizadas, o salário em Engenharia Elétrica é atrativo, e o profissional conta com diversas oportunidades.

Assim como outros tipos de Engenharia, ela está entre as profissões mais bem-pagas do Brasil, e a remuneração varia de acordo com o grau de conhecimento. A área é bem versátil, já que o profissional pode atuar em usinas, empresas de telecomunicação, construtoras ou até mesmo em indústrias.

Vamos ver quanto ganha um engenheiro eletricista em diversas situações da carreira? Se você é de Exatas, acompanhe a leitura até o fim!

Quanto ganha um engenheiro eletricista?

Para atuar como engenheiro eletricista, você pode buscar a capacitação necessária por meio do curso de Engenharia Elétrica da Pitágoras. O Bacharelado prepara o profissional para entender o funcionamento dos sistemas que geram e distribuem energia, incluindo todas as etapas: planejamento, implantação e monitoramento.

Além disso, o conhecimento se estende para os estudos de viabilidade técnica e econômica de projetos, vistorias, perícias e avaliações. Depois de se formar, o próximo passo é tirar o seu registro profissional no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

Agora que apresentamos brevemente a área, vamos falar sobre a remuneração. Os valores variam de acordo com o nível de escolaridade. Ou seja, quanto mais qualificação você tiver, maior é o salário. Acompanhe!

Estágio

O estágio é a porta de entrada no mercado de trabalho, enquanto você se prepara para evoluir na carreira com a profissão escolhida. É o momento de ganhar experiência e colocar em prática tudo o que é ensinado na sala de aula.

De acordo com o portal de vagas Indeed, o salário médio de estagiários de Engenharia Elétrica no Brasil é de R$ 1.082. A estimativa foi calculada a partir de dados coletados nos próprios anúncios da plataforma, nos últimos 36 meses. Já no site Vagas, o valor varia de R$ 908 até R$ 1.705.

Trainee

Já pensou na possibilidade de atuar como trainee? Outra porta de entrada no mercado de trabalho para recém-formados, esse tipo de vaga acompanha o desenvolvimento de projetos, circuitos, instalações e manutenções em grandes empresas.

Enquanto aprimora seu conhecimento sobre o negócio e adquire uma visão macro da área, o profissional se prepara para ocupar cargos mais altos. A média salarial no Brasil é de R$ 3.590,68, segundo dados da Catho. O site Vagas traz uma variação um pouco maior, que começa em R$ 1.921 e tende a evoluir até R$ 4.180.

Recém-formados

Entre os cursos de Exatas, a faculdade de Engenharia Elétrica é uma das mais procuradas. A média salarial da Engenharia Elétrica está entre as maiores do Brasil. Para uma jornada de trabalho de 41 horas semanais, o engenheiro eletricista ganha R$ 8.216,85, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED).

As cidades brasileiras com os melhores salários são Belo Horizonte (MG), Brasília (DF) e Rio de Janeiro (RJ). Já quando comparamos os estados, o Distrito Federal aparece em primeiro lugar, seguido por Rio de Janeiro, Ceará e Minas Gerais, nessa ordem.

Em relação às áreas de atuação, a remuneração mais atrativa é do segmento de geração de energia elétrica, seguida de perto pela transmissão de energia elétrica. Podemos incluir também as atividades de consultoria em gestão empresarial.

Entre outros setores, do mais alto até o mais baixo salário, estão:

  • distribuição de energia elétrica;
  • serviços de engenharia;
  • construção de estações e redes de distribuição;
  • construção de edifícios;
  • aparelhos e equipamentos para controle de energia elétrica.

Cargos de liderança

Para quem busca crescimento profissional, o auge vem com os cargos de liderança, não é? Além de novos desafios e a possibilidade de gerenciar equipes, a remuneração é um dos principais benefícios. Para conquistar uma posição alta, dois fatores são levados em consideração: a experiência adquirida e o porte da empresa.

Como base, vamos utilizar o Guia Salarial 2020 da consultoria Robert Half. A estimativa de faixas salariais para engenheiros eletricistas avaliou os setores de Engenharia, Óleo e Gás e Tecnologia da Informação (TI) em grandes corporações.

Confira a remuneração para os profissionais com 6 a 9 anos de experiência!

Engenharia

  • Gerência de Produção: R$ 9.000 a R$ 22.000;
  • Direção de Supply Chain: R$ 24.000 a R$ 40.000;
  • Direção de Operações/Industrial: R$ 25.000 a R$ 40.000.

Óleo e Gás

  • Engenharia de Serviços: R$ 11.000 a R$ 15.000;
  • Gerência de Operações: R$ 26.000 a R$ 32.000;
  • Gerência de Engenharia: R$ 22.500 a R$ 27.000.

Tecnologia da Informação (TI)

  • Direção de TI/CIO: R$ 26.500 a R$ 40.000;
  • Gerência de Infraestrutura/Telecom: R$ 17.000 a R$ 26.000;
  • Gerência de Serviços/Operações: R$ 15.500 a R$ 23.000.

A evolução de salários mostra que, quanto mais você se capacitar e se dedicar, maiores serão os seus ganhos. A área de Engenharia Elétrica é cheia de oportunidades e conta com grandes chances de crescimento para quem busca qualificação profissional.

Como se capacitar para as melhores oportunidades?

O nível de escolaridade influencia a média salarial do engenheiro eletricista. Por isso, a melhor forma de se capacitar é investir em conhecimento. É essencial procurar uma faculdade de qualidade para impactar de modo positivo o seu currículo. Você pode contar com a Pitágoras para se especializar na área, com o nosso Bacharelado.

Todos os cursos, inclusive o da Engenharia, alternam entre a teoria ensinada em sala de aula e a prática para o mercado. Você ainda pode escolher a modalidade de ensino semipresencial para ter mais flexibilidade na rotina e planejar os estudos de acordo com os seus horários.

Outra vantagem para os nossos alunos é o Canal Conecta, nosso portal exclusivo com as melhores vagas do mercado de trabalho. Assim, além de ser uma formação com alta empregabilidade, o salário em Engenharia Elétrica é atrativo até para quem está no início da carreira. Se a tendência é evoluir com o tempo e a experiência, os ganhos também sobem na mesma proporção da sua capacitação.

Que tal dar o primeiro passo? Faça já a sua inscrição no vestibular da Pitágoras e comece sua carreira em Engenharia Elétrica.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.