Como está o mercado de trabalho para Engenharia Elétrica?

engenharia elétrica mercado de trabalho

Se você chegou até aqui, é sinal de que está em busca de informações sobre o mercado de trabalho para Engenharia Elétrica, certo? Isso é ótimo, porque pesquisar sobre uma profissão é o primeiro passo pra conquistar uma carreira de sucesso.

Quase todo mundo tem uma ideia do que faz um engenheiro eletricista, mas você vai ver que a área é muito maior do que imaginamos. Isso mesmo! O mercado está pronto pra absorver esse profissional em diversas funções.

Quer saber o salário de Engenharia Elétrica, sua área de atuação e muito mais? Leia o post até o final!

Como está o mercado de trabalho da Engenharia Elétrica?

Antes de fazer sua matrícula no curso, é interessante saber como anda o mercado de trabalho para Engenharia Elétrica. Pra te ajudar a entender o cenário, falaremos um pouco mais sobre os seguintes pontos:

  • profissão dinâmica e com muitas oportunidades;
  • forte demanda pra atuar no setor industrial;
  • profissão é tendência em épocas de crescimento;
  • relevante papel pra superação da pandemia de Covid-19.

Várias oportunidades de trabalho

Já está sonhando com um emprego em Engenharia Elétrica? Saiba que há muitas oportunidades pra quem se especializa nessa área. Isso acontece porque o curso aborda diversos temas, formando um profissional dinâmico e essencial em diversos setores do mercado.

Demanda pra atuar no setor industrial

Entre as possíveis áreas de atuação para o engenheiro eletricista, é interessante destacar que o setor industrial absorve uma grande parte dessa mão de obra qualificada. O profissional é fundamental para o funcionamento das fábricas –– por isso, há muitas vagas para Engenharia Elétrica, com boas remunerações.

Profissão é tendência em épocas de crescimento

A Engenharia Elétrica é uma área que tem estreita relação com o crescimento da economia de um país. Afinal, ela forma profissionais aptos a projetar e gerenciar as estruturas necessárias para o desenvolvimento.

Sendo assim, sempre que a economia volta a crescer, esse mercado também é fomentado.

Relevante papel pra superação da pandemia de Covid-19

Os profissionais de Engenharia Elétrica também estão mostrando seu potencial e relevância no processo de superação da pandemia de Covid-19. Você sabia que eles foram fundamentais para o desenvolvimento de respiradores que salvaram a vida de muitas pessoas?

Quais são os campos de atuação da área?

Chegou a hora de descobrir as áreas de atuação do engenheiro eletricista. A gente já adianta que são muitas, tendo em vista que esse profissional tem capacidade técnica pra desempenhar diversos papéis.

Veja os campos em que você pode trabalhar!

Construção Civil

Atuar na construção civil é uma das principais oportunidades de trabalho pra esse profissional. Em geral, ele elabora circuitos elétricos em obras e ainda fica responsável por escolher os materiais a serem utilizados.

Setor de energia elétrica

Naturalmente, o engenheiro eletricista pode se destacar muito no setor de energia elétrica. Ele pode auxiliar na criação e funcionamento dos empreendimentos, como usinas hidrelétricas, eólicas e solares, além de ser fundamental pra montagem de sistemas de energia fotovoltaica — uma forte tendência para os próximos anos.

Controle e automação industrial

A gente disse que a atuação dentro da indústria é uma das que mais devem crescer, certo? Com a Transformação Digital, o engenheiro eletricista se torna imprescindível para o planejamento e construção de estruturas de automação, como sensores e sistemas inteligentes.

Telecomunicações

A área de Telecomunicações também deve crescer muito nos próximos anos, especialmente porque a pandemia acelerou a demanda por uma internet mais veloz e eficiente. Nesse caso, o graduado em Engenharia Elétrica pode atuar construindo circuitos eletrônicos de telefonia, de transmissão de dados e até smartphones.

Saúde

Talvez você não tenha imaginado, mas existe mercado para o engenheiro eletricista na área de saúde. Eles são importantes para as etapas de planejamento e construção de equipamentos médicos.

Quais são as principais atividades desenvolvidas pelo profissional?

Em um mundo movido à energia elétrica, é natural que essa área seja tão dinâmica e repleta de oportunidades, né? Vale destacar que falamos do campo mais específico das Engenharias, mas que abre um leque enorme de atividades a serem desenvolvidas.

Esse profissional pode encontrar boas colocações no setor público e privado. Além das áreas já mencionadas, há funções bem interessantes à sua frente, como:

  • atuar como consultor e fiscal em empresas;
  • ministrar cursos e atualizações sobre Normas Regulatórias (NR);
  • se dedicar à pesquisa e ao desenvolvimento de equipamentos e energias renováveis;
  • projetar circuitos eletrônicos pra diferentes tipos de prédios;
  • atuar em Agências Regulatórias, como a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica);
  • desenvolver produtos eletrônicos.

Esses são apenas alguns exemplos de o que faz um formado em Engenharia Elétrica. Aliás, no Canal Conecta, é possível conferir algumas dessas oportunidades de trabalho –– com vagas exclusivas pra quem estuda na Pitágoras.

Qual é a média de remuneração?

Está gostando de saber mais sobre o mercado de trabalho para Engenharia Elétrica? Então, você deve estar interessado em saber quanto ganha o profissional da área!

Nesse caso, saiba que a remuneração está ligada à qualificação. Daí a importância de se especializar e ser uma pessoa sempre disposta a aprender e se atualizar.

O salário em Engenharia Elétrica, em geral, é de 6 salários mínimos pra 6 horas diárias de trabalho. Hoje, a média é de R$ 7.942,74*, mas pode chegar facilmente a R$ 16.057,53* a depender da sua qualificação profissional, local em que a vaga é oferecida e por aí vai. Legal, né?

Como é o curso de Engenharia Elétrica?

Depois de tudo o que você leu, está interessado em se tornar um engenheiro eletricista? Se você gosta da área de matemática, física, e raciocínio lógico, parece que está diante do curso certo –– e vamos falar tudo sobre o curso de Engenharia Elétrica!

A faculdade de Engenharia Elétrica tem duração média de 5 anos e aborda inúmeras disciplinas da área de Exatas. Aliás, essa é uma das que mais exige cálculos dos estudantes. É preciso estudar e estar preparado pra lidar com essa rotina!

💻 Engenharia Elétrica EAD ou presencial? Faça o nosso teste e descubra qual a melhor modalidade para você!

O curso da Pitágoras tem muitos diferenciais, entre eles uma equipe de professores experiente e qualificada. Ao longo da sua graduação, é interessante aproveitar bem nossos laboratórios e as aulas práticas disponíveis, além de buscar um estágio em Engenharia Elétrica — isso vai te ajudar a já sair empregado.

Vem com a gente nessa jornada!

Viu só como escolher uma faculdade que atende às demandas do futuro pode te ajudar a se tornar um profissional de sucesso? O mercado de trabalho da Engenharia Elétrica é muito promissor e reserva grandes oportunidades. Mas você precisa estar pronto pra aproveitá-las, né? Por isso, vem pra Pitágoras, que tem bons professores e um método de ensino que te coloca mais perto de conquistar seus objetivos!

Está pronto para dar o primeiro passo pra uma carreira vitoriosa? Inscreva-se no vestibular das Faculdades Pitágoras!

*Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content