Veja tudo o que você precisa saber sobre a área de Engenharia de Software!

profissões na área de tecnologia da informação

Teste vocacional rápido

O bacharelado em Engenharia de Software forma profissionais capacitados para atuar em uma área bastante procurada pelo mercado de trabalho, por sofrer com a falta de mão de obra qualificada. Sendo assim, os formados neste curso se deparam com muitas vagas disponíveis e salários bem atraentes. 

Quer saber mais sobre essa área? Então continue lendo, pois neste artigo nós detalhamos mais sobre como é essa graduação, o dia a dia do profissional, quais oportunidades de especialização existem e ainda qual é a situação do mercado de trabalho e dos salários para essa profissão. 

Não perca tempo e confira!

Como é o curso de Engenharia de Software?

O curso de Engenharia de Software é um bacharelado com duração mínima de quatro anos, divididos em oito semestres. Durante esse tempo, o estudante verá o panorama geral de tudo o que é necessário para que ele consiga ingressar no mercado de trabalho após formado. 

Por esse motivo, a grade curricular é bem ampla e inclui desde teoria até conteúdos em que ele precisa pôr a mão na massa e exercitar o que aprendeu. Algumas das disciplinas vistas são: linguagem de programação, redes e sistemas distribuídos, programação web, arquitetura de software, segurança em engenharia de software e algoritmos e programação estruturada, entre muitas outras. 

Na Pitágoras, você pode encontrar essa graduação na modalidade EAD. Ou seja, 100% à distância, o que garante flexibilidade de horários e permite que o estudante exercite habilidades necessárias para o futuro, como comunicação por meios online e autogestão do tempo.

Além do mais, a Pitágoras oferece, através do Ambiente Virtual de Aprendizado, acesso a uma biblioteca virtual e indicações de leituras complementares, para que o graduando possa se aprofundar nas áreas que possui mais interesse. 

O que um engenheiro de software faz no dia a dia?

O que um engenheiro de software faz no seu dia a dia depende muito da área em que ele escolheu trabalhar. Por exemplo, um gestor de projetos ficará responsável por fazer todas as atividades necessárias para que o trabalho saia do papel e flua da melhor maneira possível. Isso pode incluir, contratação de equipe, delegação e acompanhamento das tarefas, por exemplo. 

Já um engenheiro de software, atuará mais na prática, criando os projetos. Em todo o caso, esses profissionais costumam trabalhar em equipe, por isso é essencial saber se comunicar bem com os colegas e aprender a ouvir ideias diferentes. 

Existe ainda a possibilidade, amplificada pela recente pandemia, de trabalhar home office, com a rotina sendo ainda mais variável, por conta das atividades repassadas para o engenheiro de software. 

Em quais áreas um engenheiro de software pode trabalhar?

Uma das vantagens de estudar Engenharia de Software é que esse profissional tem uma grande gama de oportunidades de trabalho. Dessa maneira, ele pode atuar em diversas áreas, como gerenciamento de projetos, o que vai desde a escolha da equipe até a delegação de tarefas. 

Ele também pode atuar no setor de arquitetura de produtos, no desenvolvimento de aplicativos para aparelhos móveis e softwares para computadores e exclusivamente operando os testes e verificando quaisquer erros nos programas antes que eles sejam entregues ao usuário final. 

Quais especializações uma pessoa formada em Engenharia de Software pode fazer?

Atualmente, existem diversas especializações que um profissional da área de TI, ou Tecnologia da Informação, podem fazer. Algumas das pós-graduações mais populares são nos campos de Ciência de Dados, Business Intelligence, Inteligência Artificial e Desenvolvimento Web.

Presencial, 100% EAD ou semipresencial: em qual vou me adaptar melhor?

Porém, também há espaço para pós-graduação em Desenvolvimento de Jogos ou Aplicativos, Segurança da Informação e Engenharia Robótica, uma vez que todas essas dão oportunidade de aprofundar os conhecimentos vistos na graduação para se destacar no mercado de trabalho e aumentar a remuneração. 

Como é o mercado de trabalho para um engenheiro de software?

A Engenharia de Software é uma área que está em alta no mercado de trabalho. Por isso, quem se forma nesse curso sempre encontrará vagas disponíveis, seja para quem deseja construir uma carreira em alguma empresa ou atuar como autônomo.

Para ter uma pequena noção, um engenheiro de software pode ser contratado por empresas especializadas em tecnologia para trabalhar nos mais diversos cargos. Empresas gerais também costumam empregar esses profissionais, para lidar com processos internos sem precisar da intermediação de terceiros. 

Além do mais, como citamos, há uma grande área para quem deseja empreender e começar a própria empresa ou trabalhar como profissional autônomo, prestando serviços para companhias. 

Por conta desse cenário amplo, é importante escolher uma faculdade que proporcionará uma formação completa e que permita que o futuro engenheiro de software atue em qualquer lugar, como é o caso da Pitágoras. 

Qual é a média salarial para essa profissão?

O salário de um engenheiro de Software pode variar de acordo com o tempo de experiência do profissional, cargo que ele assume dentro da empresa, se possui alguma especialização e até mesmo pelo tamanho do local e em que estado ele fica. 

Mas a remuneração para essa área costuma ser alta, com a média brasileira ficando em torno de R$10.063,00, de acordo com um levantamento feito pelo site salario.com.br

Cidades que oferecem melhores remunerações

Como mencionamos anteriormente, o estado influencia no salário, por causa do custo de vida e maior disponibilidade de vagas. Dito isso, os estados com os maiores salários para engenheiros de software são:

  • Rio de Janeiro: R$ 10.471,35 
  • São Paulo: R$ 10.183,71
  • Paraíba: R$ 8.702,38 
  • Bahia: R$ 8.402,44
  • Minas Gerais: R$ 8.353,02 

O futuro para Engenharia de Software

O futuro da área de Engenharia de Software é bastante promissor. Afinal, estamos vivendo em uma época em que todos os processos estão se tornando cada vez mais tecnológicos, o que cria a demanda por profissionais especializados para atuar no setor. Para você ter noção, em 2021 o Brasil registrou um aumento de 21,88% no número de contratações desse tipo de profissional via regime CLT. 

Esse cenário só tende a melhorar, por causa dos avanços tecnológicos que acontecem a uma velocidade alarmante. Por isso, é de se esperar que surjam ainda mais oportunidades de trabalho no futuro, com ótimos salários, para quem deseja se especializar nesse segmento. 

Venha para a Pitágoras e realize o sonho de cursar a Faculdade de Engenharia de Software!

Quer ingressar em uma área que tem a necessidade de mão de obra e oferece salários altos? Então venha para a Pitágoras e aproveite as vantagens que ela oferece para que você consiga se formar e construir uma carreira de sucesso!

A instituição, que é uma das melhores do país, está presente em diversos estados, possui apenas professores altamente qualificados no seu corpo docente e entrega uma infraestrutura completa para atender todas as necessidades dos estudantes. Além disso, ela oferece apoio para que seus alunos ingressem no mercado de trabalho o quanto antes, através do Portal Conecta. 

Tudo isso com mensalidades que cabem no seu bolso e oportunidade de conseguir uma bolsa de estudos ou outro tipo de desconto. Então, vai perder tempo esperando o quê? Faça hoje mesmo sua inscrição no vestibular e fique um passo à frente!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3.3 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Prouni, FIES, crédito estudantil ou bolsa privada: qual a melhor opção para mim?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.