Como é a rotina de trabalho de um enfermeiro?

comoearotinadetrabalhodeumenfermeiro

Você sente que a sua vida tem mais significado quando você consegue deixar a vida de outras pessoas melhor? Tem paciência de sobra? Não tem medo de correria e pressão? Nunca quis entrar no meio da briga entre Humanas Vs. Exatas? Então, você pode ser um enfermeiro nato!

Aliás, muita gente diz que essa profissão da área de Saúde é para quem realmente tem vocação para cuidar dos outros. E não é por menos, viu? O enfermeiro é o profissional que está todo dia em contato com os pacientes, realizando procedimentos clínicos e executando tratamentos.

Além disso, dá apoio psicológico, passa orientações de preparos para consultas e ainda pode desempenhar atividades gerenciais e administrativas. Para dar conta de tanta coisa, os futuros profissionais precisam de uma formação profunda e ampla.

Quer conhecer mais sobre a profissão e a faculdade de Enfermagem? Então, vem com a gente!

Afinal, o que faz um enfermeiro?

O enfermeiro é responsável pelos cuidados assistenciais com pacientes médicos. Realiza exames físicos, administra medicamentos, trata ferimentos e pratica outros tipos de intervenções, além de ser responsável por tarefas administrativas dentro do ambiente hospitalar, como a checagem de materiais e equipamentos.

Se você já passou por alguma internação, provavelmente se lembra da figura prestativa e atenciosa desse profissional. Sim, a carreira na Enfermagem é quase sempre associada ao trabalho com amor e à vocação para cuidar de pessoas.

Agora, no dia a dia de trabalho, existem algumas diferenças entre as atribuições de um auxiliar de enfermagem, um técnico em enfermagem e um enfermeiro. Olha só!

Auxiliar de enfermagem

O auxiliar não precisa de um curso superior, podendo ser contratado com nível médio ou fundamental de estudo, mas geralmente o profissional passa por cursos livres ou capacitações na área. Suas tarefas são mais básicas, como trocar curativos e aplicar medicamentos em pacientes de baixa complexidade.

Técnico em enfermagem

Como você deve imaginar, o técnico em enfermagem é quem fez um curso técnico na área, com uma duração média de dois anos. Ele pode exercer basicamente todas as funções de um enfermeiro, mas sempre com supervisão de um.

Enfermeiro

Agora, o enfermeiro, propriamente dito é o profissional que fez um curso superior de Enfermagem. Além de realizar procedimentos assistenciais junto aos pacientes, esse profissional costuma desempenhar funções administrativas e gerenciais. Algumas atividades cotidianas são:

  • medição de pressão arterial e glicemia;
  • coletas de sangue para exames;
  • prestação de primeiros socorros;
  • obtenção de históricos médicos;
  • orientações quanto à preparação dos pacientes para consultas e exames;
  • checagem de equipamentos médicos;
  • planejamento da assistência em enfermagem no hospital ou na clínica;
  • supervisão de técnicos e auxiliares etc.

Quais são as opções de carreira em Enfermagem?

Com o grau superior na Enfermagem, o profissional ganha um leque imenso de possibilidades de especialização. Veja algumas delas abaixo:

  • assistência domiciliária: o profissional atua na modalidade Home Care, prestando serviços de assistência médica na casa de pacientes com mobilidade reduzida;
  • enfermagem obstétrica: o profissional atua com pacientes mulheres durante o período de gestação, no planejamento familiar e nos cuidados do pós-parto;
  • enfermeiro neonatal: o profissional atua nos cuidados com o recém-nascido, ajuda a estimular vínculos entre a família e o bebê, acompanha o processo de amamentação e gerencia as unidades neonatais de hospitais;
  • enfermagem em estomaterapia: o profissional cuida de pacientes com estomias (feridas abertas), podendo ser agudas ou crônicas, além de manusear drenos, cateteres e outros instrumentos;
  • enfermagem cardiológica e hemodinâmica: o profissional promove intervenções e tratamentos intensivos em pacientes clínicos e cirúrgicos, especialmente em alas de doenças cardiorrespiratórias;
  • farmacologia: o profissional também pode se especializar em medicamentos farmacológicos e farmacoterápicos, atuando na execução de estratégias terapêuticas e medicamentosas;
  • enfermagem em centro cirúrgico (CC): o profissional atua em cirurgias, prestando assistência ao trabalho do médico-cirurgião, além de ser especialista em intervenções simples e complexas;
  • gestão e auditoria: para focar a carreira em processos gerenciais e de auditoria hospitalar, o enfermeiro pode se especializar em Gestão de Saúde por meio de um MBA.

Bastante coisa, né? E olha que essas são só algumas das opções. Na verdade, de acordo com a Resolução nº 0577/2018 do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), existem 59 especialidades regulamentadas na profissão, divididas em três grandes áreas:

  1. Saúde Coletiva; Saúde da Criança e do Adolescente; Saúde do Adulto (do Homem e da Mulher, do Idoso, Urgência e Emergências);
  2. Gestão, incluindo Administração Hospitalar e Gestão de Qualidade em Saúde;
  3. Ensino e Pesquisa, incluindo Educação no Ensino Superior e Pesquisa Científica.

Como é a formação do enfermeiro?

O curso de Enfermagem dura 5 anos e tem estágio supervisionado obrigatório no último ano. A formação precisa ser aprofundada em disciplinas de saúde e psicologia, mas também dar bases para funções gerenciais.

Por isso, aqui na Pitágoras, a grade curricular é bem ampla, e a gente divide o curso em dois eixos. Dá só uma olhada em alguns dos componentes da grade curricular!

Bases para Enfermagem

  • Ciências Moleculares e Celulares;
  • Ciências Morfofuncionais;
  • Enfermagem em Saúde Mental;
  • Farmacologia;
  • Microbiologia;
  • Psicologia Aplicada à Saúde etc.

Preparando para o futuro

  • Enfermagem, Ciência e Trabalho;
  • Estratégia da Saúde da Família;
  • Produção do Conhecimento em Enfermagem;
  • Gestão em Saúde Pública;
  • Sistematização da Assistência de Enfermagem etc.

E o mercado de trabalho para essa área?

O mercado de trabalho para o enfermeiro é muito versátil e extenso. Afinal, esse profissional é requisitado em todo tipo de ambiente que exige cuidados médicos. E não estamos falando só de hospitais, não. Dá para trabalhar em:

  • clínicas;
  • casas de parto;
  • casas de repouso;
  • laboratórios de análises biológicas;
  • ambulatórios;
  • consultórios particulares;
  • creches;
  • centros esportivos;
  • acampamentos;
  • aeronaves;
  • e até em SPAs.

Em qualquer área que seja, a colocação do enfermeiro recém-formado no mercado é ótima. A média salarial fica entre R$ 1,5 mil e R$ 8 mil, podendo variar bastante conforme o cargo ocupado, o tempo de carreira em Enfermagem e as funções desempenhadas.

Como escolher a melhor faculdade de Enfermagem?

Para escolher uma boa faculdade de Enfermagem, é interessante prezar pela qualidade do currículo e pela preparação do estudante para o mercado de trabalho. Aqui na Pitágoras, o curso é totalmente voltado para a atuação profissional, com disciplinas práticas, laboratórios e recursos que facilitam a aprendizagem.

Tem mais: todos os nossos professores são mestres, doutorandos e doutores. Ou seja, gente que já estudou muito e tem conhecimento e experiência de sobra para passar aos alunos. Além disso, contar com uma instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), como a gente, é essencial!

A escolha de uma boa faculdade impacta toda a carreira em Enfermagem e pode interferir no alcance das melhores oportunidades profissionais. Afinal, o que não faltam são possibilidades de atuação para o enfermeiro, mas o mercado é concorrido e exige uma formação de qualidade.

Então, que tal começar a construir o seu futuro? É fácil: entre em contato com a gente e veja mais de perto nossos diferenciais!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.2 / 5. Número de votos: 5

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.