Enfermeiro intensivista: entenda o trabalho desse profissional

enfermeiro intensivista

Teste Vocacional Rápido

Você sabia que pacientes que se encontram internados em Unidades de Terapia Intensiva necessitam de cuidados especiais? É isso mesmo! Por estarem em uma situação de saúde crítica, eles demandam atenções específicas da equipe e conhecimentos exclusivos desses profissionais.

É aí que entram áreas como a Medicina Intensiva — especialização que prepara os médicos pra lidarem com essas questões — e a Enfermagem Intensivista. Sim, você não leu errado: essa é outra grande possibilidade para os recém-formados como bacharel em Enfermagem, um dos cargos que mais abre portas para os novos profissionais.

E aí, quer saber mais sobre o dia a dia de um enfermeiro intensivista? A partir de agora, descubra detalhes sobre essa carreira e de como você pode ser um dos próximos intensivistas de sua região. Vamos lá?

O que é um enfermeiro intensivista?

O enfermeiro intensivista é o profissional encarregado por realizar as atribuições da área da Enfermagem em um ambiente de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Nesses locais do hospital, o paciente demanda atenção especializada pra lidar com suas necessidades de saúde, que se encontra em estado crítico (ou seja, com grande risco pra vida).

Por isso, é fundamental que toda a equipe tenha uma formação especializada pra lidar com os desafios da recuperação de seus pacientes. Eles devem estar preparados pra possíveis intercorrências e pra otimizar as chances de melhoria dos internados.

O que um enfermeiro intensivista faz?

Rapidez e eficiência são algumas das palavras-chave que podem descrever o dia a dia do profissional. E isso deve ser feito desde o primeiro contato do enfermeiro com o paciente.

O momento da admissão é crucial pra que a situação do paciente em estado crítico se altere. Por isso, uma das funções desse profissional é a aferição dos sinais vitais e alocação rápida do enfermo no ambiente, garantindo que ele comece a receber o suporte o quanto antes.

O monitoramento desses sinais também faz parte das atribuições. O enfermeiro está apto a realizar alguns procedimentos em caso de problemas, mas também tem a autonomia pra chamar o médico caso note uma alteração considerável nas taxas.

Os enfermeiros intensivistas participam de procedimentos como a reanimação por via de massagem cardiotorácica e a intubação de pacientes que precisam de uma oxigenação extra aos tecidos e muito mais. É um cargo com muita responsabilidade e que exige conhecimento de ponta!

Quanto ganha um enfermeiro intensivista?

De acordo com dados do CAGED, o salário médio de um enfermeiro intensivista a nível nacional é de R$ 3.345,27* pra uma carga horária de 36 horas semanais trabalhadas.

Vale lembrar que essa é uma profissão muito focada em plantões. Esse tipo de atendimento é, normalmente, pago como “horas extras”. Ou seja, é possível que essa remuneração aumente consideravelmente, ok?

Como é o mercado de trabalho pra Enfermagem Intensiva?

A área de Enfermagem e Medicina Intensiva é relativamente nova. Ela surgiu pra suprir uma demanda importantíssima: os cuidados com aqueles pacientes mais debilitados e que precisam se monitoramento constante pra se recuperarem.

Por isso, há uma grande demanda por esse profissional no mercado. E existem poucos enfermeiros intensivistas qualificados disponíveis. Desde 2008, houve crescimento somente de 16% no número desses especialistas, que somam pouco mais de 2.800 no país.

Isso faz com que esse seja um segmento em plena expansão, com muitas oportunidades e com vagas praticamente garantidas logo após você receber o diploma de sua especialização.

Qual é a formação necessária pra ser enfermeiro intensivista?

A seguir, veremos os graus de formação que são necessários pra você se tornar um enfermeiro da área Intensiva. Assim, já tira as suas dúvidas e entra na faculdade bem informado!

Graduação

O primeiro passo pra se tornar um Enfermeiro Intensivista é, sem dúvidas, estudar Enfermagem! Essa é uma graduação do tipo Bacharelado, com duração de 4 anos.

Especialização

O segundo passo é investir em uma especialização de Enfermagem na área Intensiva. Essa pós-graduação tem uma duração média de 1 ano e meio a 2 anos.

Nela, o profissional aprende sobre o dia a dia nas UTIs, vendo disciplinas como:

  • Fisiopatologia dos Pacientes Críticos;
  • Tecnologia em UTI;
  • Assistência em Doenças Neurológicas, Renais, Infecciosas, etc.;
  • Cuidados em Situação de Emergência;
  • Controle dos Sinais Vitais;
  • Cuidados Intensivos.

A grade curricular depende muito da instituição escolhida. Por isso, pesquise bastante antes de tomar a sua decisão!

Por que a faculdade é importante pra especialização?

Ainda que a especialização seja fundamental pra trazer os conceitos determinantes pra atuação na área Intensivista, é importante salientar que a faculdade é imprescindível nesse processo. Mas por quê?

O fato é que ela traz todo o aprendizado de base para o aluno, além de tirar uma série de dúvidas (“Será que eu realmente quero Enfermagem ou Biomedicina é mais a minha cara?”, “Qual área devo seguir?”, entre outras) que podem surgir no decorrer do curso.

Na faculdade, por meio dos estágios, o aluno entra em contato com uma grande variedade de áreas de atuação, aprendendo o suficiente pra seguir em qualquer uma delas –– e se aprofundar nas especificidades do segmento escolhido.

Por fim, a faculdade também é essencial pra composição de um bom currículo de Enfermagem. Não esqueça que instituições conceituadas serão muito mais bem-vistas pelos futuros recrutadores de vagas.

Como escolher a melhor faculdade de Enfermagem pra se graduar?

Pra fechar e, assim, você saber tudo sobre o curso de Enfermagem e suas particularidades, confira algumas perguntas que você deve fazer a si mesmo antes de escolher uma faculdade da área.

  • Esse curso segue as tendências da Enfermagem no mundo?
  • A grade curricular é constantemente atualizada?
  • Os professores da instituição são capacitados pra ensinar?
  • A instituição faz uso da tecnologia no ensino?
  • Há certificações para o meu currículo ao longo da graduação?
  • A faculdade está comprometida com a minha inserção no mercado de trabalho?

Na Pitágoras, a resposta pra todas essas perguntas é positiva! Conheça um pouco mais sobre os nossos diferenciais e fique por dentro de estratégias como a Aula Destaque, as Trilhas de Carreira e o Canal Conecta. Esse portal te ajuda a encontrar as melhores vagas de estágio pra consolidar o seu aprendizado!

Venha estudar com a gente!

Agora que já sabe o que faz um enfermeiro intensivista e quais são os passos pra chegar nessa posição em sua carreira, não perca mais tempo! Comece a se preparar pra ingressar em uma instituição de qualidade e pra realizar todos os seus sonhos.

E por falar em instituição de qualidade, aproveite e se inscreva agora mesmo no vestibular Pitágoras pra Enfermagem. Deixe o seu sonho ainda mais próximo de você!

*Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content