Enfermeiro-chefe: o que faz e como se tornar um?

Enfermeiro-chefe

Teste Vocacional Rápido

Você curte a área da saúde e está pesquisando sobre o curso de Enfermagem? Saiba que esta é uma das carreiras mais instigantes, e te permite atuar em diversas especialidades e funções.

Por isso, a graduação tem o objetivo de te preparar pra ser um profissional completo, por meio de conhecimentos gerais da saúde e técnicos da área de Enfermagem. A ideia é conquistar um grande cardápio de conhecimento pra atuar tanto no ambiente hospitalar quanto em outras áreas.

Pra te ajudar a conhecer um pouco mais sobre o dia a dia da profissão, neste post vamos explicar o que é um enfermeiro-chefe, como é sua rotina de trabalho e qual a formação exigida pra se tornar um. Vamos lá? Tenha uma excelente leitura!

O que é um enfermeiro-chefe?

O enfermeiro-chefe é um profissional da Enfermagem que trabalha na gestão de equipes em uma variedade de centros médicos, como hospitais, centros de tratamento ou lares de idosos. Normalmente, a presença dele é necessária em ambientes maiores, onde há muitos enfermeiros, o que torna necessária a coordenação dos times. 

Em geral, o enfermeiro-chefe, apesar do cargo de liderança, desempenha as mesmas funções que qualquer outro enfermeiro. Porém, muitas vezes, são responsáveis ​​por alas ou departamentos inteiros, e sempre estão se comunicando com as famílias, médicos e diretores. 

Por ser um cargo de liderança, também há um aumento no salário. Normalmente, enfermeiro-chefe ganha em torno de R$5 mil a R$8 mil.* Dependendo da instituição onde trabalha e o tempo de experiência, esse valor ficar próximo a R$10 mil.* 

Como é a atuação do enfermeiro-chefe?

Agora, vamos te mostrar um pouco do que faz um enfermeiro-chefe. Dê uma olhada nos tópicos abaixo!

Gestão de equipes

Todo ambiente hospitalar ou outro equipamento de saúde de maior porte, como hospitais gerais, policlínicas, unidades de atenção básica e secretarias de saúde, é composto por alas e departamentos que contam com equipes de Enfermagem.

Logo, um enfermeiro-chefe pode ser responsável por uma área inteira ou um grupo de enfermeiros e auxiliares de Enfermagem. É responsabilidade dele monitorizar os times e garantir que cumprem todos os requisitos do seu trabalho. 

O enfermeiro-chefe oferece assistência de Enfermagem aos demais profissionais. Além de orientar e auxiliar em procedimentos, organizam recursos financeiros, solicitam remédios e materiais, bem como verificam os prontuários de cada paciente.

Pra que o desempenho da equipe melhore, o enfermeiro-chefe também estuda e implanta métodos de trabalho que facilitem a rotina dos enfermeiros e, ao mesmo tempo, aumente a qualidade do serviço prestado.

Atividades administrativas

Como você viu, gestão de equipes envolve trabalho administrativo. Então, além de lidar com as questões práticas dos enfermeiros sob sua coordenação, os enfermeiros-chefes também têm serviços administrativos, como:

  • organizar, compilar e armazenar todas as anotações sobre os pacientes;
  • encaminhar os arquivos dos pacientes aos departamentos de cobrança e pagamento;
  • conforme o local de trabalho, processar informações de pagamento por conta própria;
  • lidar com sistemas informatizados;
  • organizar escalas de trabalho;
  • elaborar planos e relatórios anuais referentes às atividades de Enfermagem;
  • observar equipamentos ou instalações que necessitem de manutenção etc.

Comunicação

Como dissemos, a comunicação é extremamente importante no trabalho dos enfermeiros-chefes. Eles têm uma função central de articular com todos os envolvidos no trabalho. Veja alguns exemplos:

  • dialogar com as famílias e pacientes pra dar informações, acolher dúvidas, reivindicações e oferecer palavras de conforto;
  • gerir conflitos;
  • fazer solicitações de produtos a fornecedores;
  • transmitir informações à diretoria;
  • garantir o cumprimento de regras e protocolos de saúde; 
  • transmitir instruções médicas às equipes;
  • ajudar na remoção de pacientes que precisarem de cuidados especializados.

Contratação e Treinamento

Os enfermeiros-chefes também podem ser responsáveis por etapas de processos seletivos. Assim, eles analisam currículos, realizam entrevistas e tem a decisão final pra contratação de novos funcionários.

Depois disso, eles ficam encarregados pela recepção e treinamento dos enfermeiros recém-contratados. Além disso, os enfermeiros-chefes podem realizar treinamentos e propor aulas de capacitação profissional quando for necessário. 

Qual a formação necessária pra conquistar essa vaga?

Quer saber como ser um enfermeiro-chefe? Separamos aqui 3 itens essenciais. Confira!

Tenha conhecimentos das práticas de Enfermagem

Pra se tornar enfermeiro-chefe, é indispensável que você tenha completo domínio do currículo de Enfermagem. Isso significa que não somente deve ter experiência nas técnicas e procedimentos de Enfermagem, como também uma visão ampla sobre as disciplinas gerais de saúde.

Além disso, é desejável que ao sair da faculdade você invista em pós-graduações na área de Enfermagem. Isso porque fica bem mais fácil construir uma carreira sólida se houver a especialização em uma ou mais áreas que façam sentido pra seus objetivos.

Desenvolva habilidades de liderança

Outro ponto avaliado pra contratantes de enfermeiros-chefes são suas habilidades de liderança. Pra isso, é preciso identificar seu próprio estilo de liderança, saber como gerir uma equipe com flexibilidade, ter empatia, garantir que os processos aconteçam com rapidez etc. 

Embora algumas pessoas já tenham uma postura de liderança natural, todos podem construir seu jeito de liderar. Isso também é feito por meio de cursos, leituras e, claro, a prática do dia a dia.

Ganhe tempo de experiência

Não existe uma exigência dos conselhos de Enfermagem pra que alguém se torne enfermeiro-chefe, mas, obviamente, vão assumir esse posto profissionais bem preparados e com certo tempo de experiência.

Dessa maneira, ao se formar em Enfermagem, procure adquirir o máximo de vivências profissionais e ter atenção às rotinas da área. Se possível, busque um mentor, um enfermeiro experiente que já atue como chefe pra te ensinar tudo o que se espera dessa função.

Qual é a importância de uma boa faculdade pra conquistar as melhores vagas em Enfermagem?

Quando o assunto é estudar Enfermagem, não dá pra arriscar qualquer faculdade, né? Então, você precisa de uma instituição competente, atualizada com as demandas do mercado e dona de uma infraestrutura moderna que permita uma formação acadêmica completa.

Esse é o caso da Pitágoras, que há muitos anos trabalha com excelência e já formou alguns dos mais profissionais mais bem-sucedidos do mercado. Pra você ter uma ideia do que vai encontrar, alguns dos diferenciais são:

  • matriz curricular atualizada com os mais recentes procedimentos, protocolos e técnicas pra atuação em equipes multiprofissionais;
  • metodologia de ensino centrada no aluno;
  • salas de aula e laboratórios equipados;
  • biblioteca física e digital;
  • plataforma de estudos online pra realização de disciplinas interativas;
  • oferecimento de disciplinas voltadas a relacionamento e gestão hospitalar;
  • apoio da faculdade pra realização de estágio supervisionado em unidades de saúde;
  • Aula Destaque online com personalidades da saúde e do mercado;
  • parceria com o portal de empregabilidade Canal Conecta.

Agora é com você!

Viu como é possível se tornar um enfermeiro-chefe? O mais importante nessa trajetória é ter planejamento e disciplina nos estudos, além de contar com uma instituição que realmente entenda do assunto.

Não perca mais tempo e confie a nós a sua educação profissional. Inscreva-se já no vestibular da Pitágoras e comece a estudar o quanto antes.

*Glassdoor, valores sujeitos a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.4 / 5. Número de votos: 7

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.