Emprego em Farmácia: 11 possibilidades de atuação na área

emprego em farmácia

A faculdade de Farmácia sempre acaba surpreendendo pelas possibilidades. Quem não está na área acredita que o farmacêutico é apenas aquele profissional que fica atrás do balcão das farmácias ajudando na prescrição de medicamentos. Se você é desses e ainda adora áreas de Saúde, saiba que está bem errado. Na verdade, a variedade de empregos em Farmácia vai se tornar um atrativo extra para a cursar faculdade na área!

O curso de Farmácia permite que os formandos atuem em mais de 135 especialidades, divididas entre diversas áreas, como laboratórios, pesquisa e hospitais. O salário médio no Brasil é de R$ 3.471,61, de acordo com pesquisa do Salario.com.br junto a dados oficiais do CAGED.

Para você ficar mais por dentro do assunto, vamos falar sobre essa carreira tão variada e também um pouco sobre como é a formação nesse curso. Preparado para decidir seu futuro? Vem com a gente!

Como é a formação em Farmácia?

O Bacharelado em Farmácia aqui da Pitágoras traz disciplinas de Ciências Biológicas, da área da saúde e de química, permitindo que você esteja apto a desenvolver e criar medicamentos, cosméticos e produtos de higiene, além de monitorar os processos.

Mas não só isso: ao longo do curso, você passa a ter uma vasta visão sobre práticas adotadas nas indústrias. Entender sobre programas de promoção e de manutenção da saúde, buscando mostrar à população a importância do uso correto de medicamentos, é outra possibilidade.

Dessa maneira, a carreira em Farmácia é extensa e com muita opção. Para que isso, seja possível, algumas das disciplinas estudadas na formação — que pode ser presencial ou semipresencial — são:

  • Epidemiologia;
  • Farmácia Hospitalar;
  • Farmacobotânica;
  • Genética;
  • Saúde Pública;
  • Química Farmacêutica;
  • Patologia;
  • Microbiologia;
  • Cosmetologia.

Ao longo da formação, você estará apto a atuar nos melhores empregos para Farmácia, já que vai aprender a pesquisar substâncias e medicamentos novos, controlar a qualidade de remédios, cosméticos e alimentos, assessorar equipes médicas no tratamento de pacientes e muito mais.

Quais as opções de emprego em Farmácia?

Como já dissemos, um formando dessa faculdade não vai trabalhar apenas em farmácias, atendendo o público e ajudando na escolha de medicamentos. Isso é só a pontinha do iceberg quanto às vagas em Farmácia. Nós falamos mais na sequência!

1. Laboratórios

Aqui, há duas opções. Trabalhar em laboratórios farmacêuticos desenvolvendo e pesquisando mais medicamentos para o mercado, ou atuar em laboratórios de análises clínicas, com a realização de exames toxicológicos e laboratoriais. O profissional também está apto a gerenciar os laboratórios e prestar assessoria em análises clínicas.

2. Hospitais

Um farmacêutico hospitalar seleciona, recebe, faz as requisições e também cuida do armazenamento dos medicamentos, elaborando boas práticas para isso. Ainda cabe ao profissional controlar a distribuição dos remédios.

3. Auditorias

A auditoria é uma das áreas da Farmácia que verifica se o local, seja um laboratório ou farmácia, atende a todos os padrões e as boas práticas preestabelecidos por órgãos como Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), CFF (Conselho Federal de Farmácia) e outras autoridades. Esse profissional é quem faz os relatórios e observa a qualidade de cada estabelecimento.

4. Pesquisa

Uma vez que o ramo da Saúde está sempre em busca de tratamentos novos e alternativos, o pesquisador da área farmacêutica tem um campo promissor. Ele pode desenvolver novos medicamentos (incluindo as versões genéricas), analisar fornecedores de matérias-primas, fazer alterações em fórmulas já existentes etc.

5. Assistência domiciliar em equipes multidisciplinares

Também conhecido como farmacêutico home care, esse profissional ajuda a trazer melhorias na qualidade de vida dos pacientes, além de otimizar a utilização de leitos hospitalares, o que diminui os custos do tratamento.

O farmacêutico especialista em home care avalia, junto a uma equipe multidisciplinar, a melhora dos pacientes, responde pelo setor de farmacoterapia clínica, monitora a terapia usada, entre outros.

6. Estética

Um campo bem promissor quanto às chances de emprego em Farmácia. Isso porque o Conselho Federal de Farmácia regulamentou diversas atividades e atribuições àqueles formados nesse curso. Conheça algumas delas a seguir:

  • radiofrequência estética;
  • criolipólise;
  • cosmetoterapia;
  • luz intensa pulsada;
  • laserterapia;
  • peelings;
  • ozonioterapia;
  • carboxiterapia;
  • agulhamento e microagulhamento estéticos;
  • toxina botulínica.

Quem já tem experiência comprovada (dois anos, no mínimo) deve apresentar os comprovantes ao Conselho. Quem não tem, deve fazer uma pós-graduação na área de estética.

7. Fitoterapia

O farmacêutico fitoterápico atua dedicando atenção ao ramo de plantas medicinais e fitoterápicos. Ele pode desenvolver novos produtos, atuar como responsável técnico, realizar estudos e novas pesquisas, orientar outros profissionais quanto ao uso dos fitoterápicos, entre outros.

8. Indústria de cosméticos

Já reparou o tanto de novos cosméticos que vêm surgindo? Veganos, funcionais, livres de substâncias tóxicas etc. Por isso, este ramo de emprego em Farmácia deve seguir boas práticas de fabricação, desenvolver novos lotes, prezar pelo armazenamento correto e verificar a utilização ideal dos materiais, recipientes e rótulos, por exemplo.

9. Toxicologia forense

O farmacêutico toxicólogo pode atuar nos ramos de laboratórios de análises clínicas, perícias criminais e laboratórios de análises ambientais. Entre as funções, estão ser responsável pelo processo de gestão laboratorial, fazer exames em cadáveres (necropsia) e verificar o efeito tóxico de contaminantes no meio ambiente.

10. Controle de pragas urbanas

Baratas, mosquitos da dengue, escorpião… Esses exemplos fazem parte das pragas urbanas, e cabe ao farmacêutico que atua no controle delas estabelecer medidas de boas práticas para o monitoramento de pontos críticos vulneráveis e realizar ações preventivas.

11. Farmacêutico magistral

Este profissional transforma as substâncias químicas em medicamentos ou em cosméticos por meio de processos quase artesanais para atender pacientes, seguindo a prescrição médica. Ele pode gerenciar farmácias de manipulação, responder por controle de qualidade, além de criar fórmulas.

Você viu que as chances de emprego em Farmácia são bem variadas, certo? Para se dar bem nesse mercado de trabalho, optar por uma boa formação é o primeiro caminho. Na Pitágoras, você pode escolher entre a modalidades presencial ou semipresencial, além de ter ótimos professores e disciplinas que preparam você para o mercado.

Outra dica é se dedicar muito em cada disciplina, prestando atenção às aulas e aprofundando-se nos temas ao estudar sozinho. Buscar estágios quanto antes também ajuda você a ter um currículo bem recheado!

Gostou de saber tudo sobre as possibilidades de emprego em Farmácia? Então, entre em contato com a Pitágoras para saber como ser um de nossos alunos. Esperamos você!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.