Direito do futuro: conheça as tendências da profissão! 🧑‍⚖️

direitodofuturoconhecaastendenciasdaprofissao

Quem ingressará na faculdade precisa desde logo se preocupar com o Direito do futuro. Afinal de contas, conhecendo as tendências de mercado, maiores são as chances de se qualificar adequadamente e aproveitar as oportunidades.

A principal missão é entender o impacto da tecnologia no segmento e posicionar-se de maneira correta, desenvolvendo as competências valiosas nesse novo contexto. Você já parou para pensar em como fazer isso?

No conteúdo a seguir, vamos conversar bastante sobre qual será o futuro do Direito. Se você quer trabalhar na área e busca diferenciais competitivos para construir uma carreira de sucesso, não deixe de conferir!

Tendências do Direito do futuro

Basta abrir uma loja de aplicativos para ver que setores como finanças, transporte, alimentação e comércio já passaram por transformações digitais. Pedir uma pizza, pagar boletos, obter uma carona e comprar o presente de natal, tudo isso e muitos mais pode ser feito de maneira ágil com poucos cliques.

Acontece que chegou a vez do Direito. Além das mudanças já consolidadas, como o processo judicial eletrônico, reunião das decisões dos tribunais em fartos bancos de dados, amplo acesso às leis e novas modalidades de ensino, o mundo jurídico se vê diante de uma série de tendências.

Legaltechs

A primeira delas é o surgimento de inovações voltadas para as necessidades dos profissionais. O Direito do futuro exige escritórios e repartições públicas que também sejam do futuro, com softwares de gestão de processos, controle de canais de atendimento, análise de grandes volumes de dados etc.

A palavra “legaltech” é o nome tanto da reunião de tecnologias para solucionar as dores de advogados, juízes, analistas, promotores, defensores e afins como das startups criadas para fornecer inovação aos juristas.

Uma startup, vale ressaltar, é caracterizada por inovação e escalabilidade. Isto é, além de buscar novas tecnologias e métodos, o modelo de negócios permite o crescimento sem aumentos proporcionais de custo.

Imagine, por exemplo, uma fábrica de roupas. Quanto mais pedidos forem realizados, maiores serão os gastos com equipe e matéria-prima. Por sua vez, no caso de uma startup, o mesmo aplicativo pode ser replicado milhões de vezes. O aumento nas despesas pode até vir, mas não será nem de longe proporcional ao crescimento.

Lawtech

Essa segunda palavra é utilizada como sinônima de legaltech na maioria dos contextos. No entanto, existe uma pequena distinção que ajuda a compreender os diferentes focos das tecnologias do Direito. É que as lawtechs são voltadas para os usuários dos serviços jurídicos, e não para os seus prestadores.

Quando falamos em melhorar a velocidade do judiciário, criar sistemas de busca por advogados e coisas do gênero, o assunto é próprio de lawtech. No entanto, é comum que, no Brasil, ambas as palavras caminhem juntas, e startups ofereçam soluções para ambos os segmentos.

Big data e Inteligencia artificial

Entre as tecnologias do futuro, podemos listar a análise de big data. Basicamente, com o auxílio de softwares desse tipo, identificamos tendências e padrões em grandes volumes de dados, como bancos de processos, cadastros de produtos e conjuntos de decisões judiciais.

A utilidade é fazer a chamada jusmetria, projetando resultados processuais, reunindo processos em comum para serem julgados em bloco, buscando fundamentos para argumentação, entre outras atividades.

Um segundo uso diz respeito ao levantamento de indicadores de desempenho. A partir da análise de big data, é possível saber qual é a eficiência, em termos de agilidade na prática dos atos, resultados processuais, número de erros etc.

Por fim, tudo isso pode ser aprimorado com a Inteligência Artificial. Uma IA simula propriedades da mente humana em larga escala, como aprendizado, raciocínio e associação. Logo, pode trazer precisão aos resultados das análises.

Foco na experiência do cliente

A tecnologia também possibilitou um cuidado maior com a experiência dos destinatários dos serviços jurídicos. Pontos como agilidade, conforto e eficiência entraram para o debate e viraram alvo das inovações desenvolvidas no setor.

A primeira grande meta é desafogar o poder judiciário, reduzindo a burocracia, automatizando rotinas de gestão, permitindo a consulta online e reunindo processos para julgamento em grupo, entre outras medidas.

O acesso à justiça também foi facilitado. Quem busca um advogado pode pesquisar profissionais e receber atendimento por diferentes canais, como whatsapp, telefone, e-mail, Facebook e Instagram. E, em geral, a comunicação entre cliente e procurador jurídico melhorou: dúvidas, informações, prestações de conta, documentos, tudo isso pode ser transmitido a distância, de maneira rápida e eficiente.

Segurança de dados

A consequência natural da transformação digital é preocupação com a segurança dos dados. Proteger a integridade, autenticidade e veracidade das informações é um ponto-chave, principalmente em processos judiciais — que podem determinar o destino da liberdade e do patrimônio das pessoas.

Também é importante mencionar que os casos de violação de dados e outros crimes digitais estarão cada vez mais em alta. À medida que as relações migraram para o mundo digital, as irregularidades — como invasões de dispositivos, disseminação de fake news, roubo de dados e fraudes em transações — avançaram pelo mesmo caminho.

Características do profissional do futuro

A adaptação ao Direito do futuro exige uma série de comportamentos e atitudes, além é claro do domínio das tecnologias. Isso passa tanto por habilidades tracionais, como oratória e escrita, como por novas competências.

Relacionamentos interpessoais

O trabalho colaborativo será cada vez mais comum nos escritórios e repartições, uma vez que os atos se tornaram mais complexos e mutáveis, exigindo o fortalecimento da divisão de tarefas. Assim, habilidades como liderança, comunicação e negociação farão parte do perfil do profissional do futuro.

Personalização de serviços

Com tudo muito mais automatizado e baseado em padrões, quem consegue dar atenção especial a cada um de seus clientes também se destaca. É preciso olhar as necessidades do contratante com empatia e criar serviços personalizados, como canais de atendimento, meios de prestação de contas e busca pela melhor via de acesso à justiça.

Não por acaso, hoje o conceito de multi-door justice resolution — resolução de conflitos por múltiplas portas — está em alta. A ideia é entender, entre as vias consensuais (mediação, conciliação e negociação) e impositivas (decisão judicial e arbitragem) qual é o caminho mais adequado para tratar o conflito.

Capacitação

O Direito do futuro então tende a ser muito mais mutável. À medida que as leis acompanham as transformações sociais, e a sociedade muda velozmente, as normas serão atualizadas com mais frequência, quer seja pelo legislador, quer seja pelas decisões judiciais.

Consequentemente, o profissional precisa constantemente buscar a qualificação para acompanhar o ritmo e ficar sempre em dia com as práticas mais recentes. Leituras, cursos de extensão e pós-graduação farão parte do itinerário de quem se forma bacharel em Direito.

O estudo por conta própria só será efetivo se as bases forem muito bem construídas durante a faculdade. Uma formação de excelência é essencial para desenvolver o raciocínio jurídico e conhecer os princípios de cada matéria, a fim de ter os fundamentos para se atualizar.

Aqui na Pitágoras, oferecemos um curso de Direito com o dinamismo e a didática exigidos para que você construa os pilares do conhecimento jurídico. E atualmente, temos uma série de iniciativas para inserir os alunos nas inovações da área, como a semana do empreendedorismo jurídico.

Também cuidamos para que você consiga aliar teoria e prática. Além do núcleo de prática jurídica interno, você pode buscar empregos e estágios na área jurídica por meio do Canal Conecta, que é um benefício que conta com diversas parcerias para alunos Pitágoras.

A Faculdade Pitágoras está presente em várias regiões do Brasil, confira algumas das unidades em que há disponibilidade do curso de Direito:

Então, agora que você já sabe como será o Direito do futuro, não perca a oportunidade de realizar uma formação adequada a essa nova realidade. Assim, será possível se tornar um profissional de excelência e ter plenas condições de construir uma carreira de sucesso.

Para tirar todas as dúvidas sobre a graduação, entre em contato conosco e confira como é o vestibular de Direito na Pitágoras!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content