Currículo para primeiro emprego: como estruturar?

pessoa digitando

A busca pelo primeiro emprego é certamente um desafio. Ainda mais quando a gente lembra que o mercado de trabalho está bem competitivo, até mesmo pra quem ainda está dando os seus primeiros passos na carreira. Mas se liga nas boas notícias: se você estiver preparado, as chances de obter sucesso nesse objetivo são grandes.

Pra começar sua preparação, nada melhor do que contar com um currículo pra primeiro emprego caprichado e bem estruturado.

Mas como montar um CV atrativo e conquistar uma vaga de primeiro emprego quando ainda não se tem experiência profissional? É justamente sobre isso que a gente fala neste post! A seguir, veja como estruturar um documento que desperta a atenção dos recrutadores e quais informações incluir.

Vem com a gente!

Comece com as suas informações pessoais

Todos os tipos de currículo têm algo em comum: eles começam com as informações pessoais do candidato. Por isso, logo no início do documento, você precisa disponibilizar os seguintes dados:

  • nome completo;
  • idade ou data de nascimento;
  • estado civil;
  • endereço;
  • e-mail;
  • telefone pra contato.

Algumas pessoas optam por colocar nessa seção o perfil no LinkedIn pra networking ou consulta –– o que também é uma ótima ideia, sobretudo quando se trata de um currículo online. De qualquer forma, lembre que é fundamental que todos os dados inseridos estejam atualizados.

Ah, e não é preciso inserir documentos como RG, CPF etc., combinado? Deixe esses dados pra quando você for contratado!

Mantenha o equilíbrio ao falar de si mesmo

Quando o assunto é currículo pra primeiro emprego, é normal que, por se sentir ainda inseguro, você insira mais informações que o necessário na hora de falar de si mesmo. Mas isso dificilmente é algo que te coloca em posição de destaque.

Na verdade, o exagero nesse sentido pode acabar até mesmo sendo prejudicial, uma vez que os recrutadores dão mais valor aos currículos equilibrados, claros e objetivos. Então, já sabe: mantenha o equilíbrio nas informações ao falar sobre seus atributos — campo que pode ser inserido abaixo dos dados pessoais. Nessa seção, siga a máxima de que o menos é mais.

Escolha de 3 a 5 atributos pra revelar suas intenções aos empregadores. Veja só alguns exemplos:

  • facilidade de aprendizagem: está aberto a novidades facilmente e tem interesse em aprendê-las;
  • boa comunicação: bons relacionamentos interpessoais, facilidade pra atender o público etc.;
  • trabalho em equipe: sabe ouvir e respeitar diferentes ideias e tem senso de colaboração;
  • resolução de problemas: tem proatividade e criatividade pra encontrar soluções.

Coloque o seu objetivo profissional em pauta

O campo “objetivo profissional” é um dos mais importantes de qualquer CV — e o que você inserir aqui faz toda a diferença na hora de encontrar o primeiro emprego! Seguindo a estrutura de um currículo, ele deve estar localizado logo abaixo dos seus dados pessoais e de contato.

Como a gente viu, você deve ser simples e direto nessa seção. Descreva o cargo e a área na qual você deseja trabalhar em no máximo duas frases. Uma dica interessante, aqui, é modificar o campo conforme a vaga pra qual pretende se candidatar. Pra te ajudar a entender melhor como preencher o seu objetivo profissional, um exemplo seria:

Estou começando minha trajetória profissional e meu objetivo é integrar a equipe do setor (x). Acredito que trabalhar nesta área permitirá que eu desenvolva minhas habilidades, aumentará meus conhecimentos e colaborará com os resultados da empresa.

Apresente a sua jornada escolar e acadêmica

Depois de preencher o seu objetivo profissional, passe para o campo “formação acadêmica”. Nessa seção, as informações devem ser inseridas em ordem de importância (por exemplo: pós-graduação, graduação e por aí vai). A intenção é informar à empresa o seu grau de escolaridade.

Vale destacar a importância de um curso de nível superior pra enriquecer o currículo e potencializar as chances de conquistar as melhores vagas. Afinal, as empresas estão em busca dos candidatos mais qualificados e preparados. Caso já esteja fazendo uma graduação, informe o nome da instituição de ensino, o tipo de formação, a data de início e a previsão de término.

Quando você se forma na Pitágoras, tem bem mais do que um ensino de excelência, com professores qualificados e infraestrutura completa. Nas diferentes modalidades de cursos, ainda encontra amparo do nosso parceiro exclusivo: o Canal Conecta. Já pensou conquistar seu primeiro emprego logo na graduação?

Inclua também os cursos extracurriculares

Como o nome já indica, os cursos extracurriculares são aqueles realizados fora da faculdade. Eles são uma ótima forma de deixar o currículo pra primeiro emprego mais atrativo, uma vez que contribuem com sua formação como indivíduo, com o desenvolvimento de habilidades importantes para o mercado de trabalho, entre outras vantagens.

Tenha em mente que, num processo de recrutamento e seleção, esses cursos extracurriculares no currículo podem ser a diferença entre você e outro candidato que não conta com essa vivência. Sendo assim, quando se tem pouca ou nenhuma experiência profissional, vale a pena investir em atividades que te destacam nesse sentido, como um curso de idiomas, cursos livres etc.

Mencione os seus trabalhos voluntários

No CV, os trabalhos voluntários são considerados como atividades extracurriculares. Além de trazerem realização pessoal pra quem os pratica, eles também contribuem com o currículo pra primeiro emprego, já que costumam ser muito bem-vistos pelos recrutadores.

Isso porque quem busca fazer o bem ao próximo ou a alguma causa sem esperar um retorno financeiro demonstra empatia, proatividade e senso de coletividade. Caso não tenha uma experiência desse tipo pra colocar no currículo, vale pesquisar na internet ou pedir indicação pra seus amigos. Sempre existem lugares precisando de ajuda!

Informe os seus diferenciais e qualificações

Por fim, num modelo de currículo tradicional, você também deve incluir os seus diferenciais e qualificações. Aqui, entram em jogo os certificados relacionados com a área de interesse e afins (como participação em palestras, workshops e eventos), conhecimentos em ferramentas de informática (como pacote Excel e demais programas) e domínio de um idioma estrangeiro.

Preparado pra criar o CV?

Viu só como montar o currículo pra primeiro emprego pode ser uma tarefa descomplicada? Seguindo as dicas do post e, mais importante ainda, sendo sincero nas informações que incluir, você tem tudo pra despertar o interesse dos recrutadores e ser chamado pra uma entrevista!

Por falar nisso, é igualmente importante estar preparado para os processos de recrutamento e seleção. Sendo assim, aproveite pra conferir também o nosso post com dicas de como se comportar numa entrevista de emprego.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content