Conheça a grade curricular de Psicologia da Pitágoras

estudantes de psicologia

Analisar comportamentos, ajudar pessoas a lidarem com seus problemas, trabalhar o autoconhecimento e estudar saúde mental. Se seus olhos brilham e você sente certa empolgação ao pensar nessas práticas, provavelmente seu coração é da Psicologia, profissão que tem salário médio de R$2.717,19.

Contudo, por mais que você sinta essa identificação logo de cara, conhecer bem as particularidades dessa graduação é importante. Sendo assim, separamos algumas matérias da grade curricular de Psicologia da Pitágoras:

Que tal conhecermos melhor cada uma? Continue a leitura e fique por dentro do nosso curso de Psicologia!

História da Psicologia

Essa é umas das disciplinas introdutórias na grade curricular de Psicologia. Durante o semestre, o estudante conhece como nasceu a área e quem foram seus precursores. Assim, é possível refletir sobre o contexto histórico no qual ela foi reconhecida como disciplina e analisar seu desenvolvimento e mudanças até o dia de hoje.

Apesar de ser uma matéria muito teórica e cheia de detalhes, ela também tem várias curiosidades. Por exemplo, você sabia que a Psicologia surgiu como disciplina científica apenas em 1879? E só em 1962 a profissão de psicólogo foi regulamentada? Se formos comparar a outras, ela é bastante recente, não acha? Talvez por isso tenha demorado tanto tempo para ser valorizada.

Matrizes do Pensamento em Psicologia

Essa disciplina é divida em São 4 matérias de Psicologia na Pitágoras, cada uma com foco em uma abordagem:

  • Behaviorismo;
  • Cognitivo Comportamental;
  • Existencial Humanista;
  • Psicanálise.

As abordagens são formas de interpretar o comportamento de alguém. Fazendo uma analogia, imagine 4 pessoas dentro de uma sala com várias janelas em uma única parede. Ao olhar para fora, todas elas verão a mesma paisagem: árvores, prédios e carros passando. Contudo, a depender da posição de cada uma, ela olhará com mais ênfase para um ângulo específico.

Assim, em Behaviorismo, Cognitivo Comportamental, Existencial Humanista e Psicanálise, você terá essas visões diferenciadas ao olhar para a mesma pessoa.

Análise Experimental do Comportamento

Essa disciplina também faz parte da grade curricular da Pitágoras. Ela é a base empírica do Behaviorismo que, como toda ciência, se baseia em hipóteses, experimentos e comprovações. Assim, ela é bem prática e tem o objetivo de estimular observações e debates sobre o condicionamento operante, por exemplo, um dos principais conceitos da abordagem.

As aulas podem acontecer de várias formas:

  • em laboratórios da faculdade, com treinamento de comportamento em animais;
  • observações in loco: por exemplo, observar comportamento de pessoas na rua, em certo contexto;
  • experimentos com grupos de pessoas, desde que com o consentimento esclarecido de todas;
  • estudo e leitura de pesquisas experimentais tradicionais e relevantes na disciplina.

Terapia Familiar Sistêmica

A disciplina parte da premissa de que nenhuma família é perfeita, todas têm problemas. Contudo, muitas vezes, eles ficam camuflados, podendo se tornar mais evidentes apenas muitos anos depois. Também é comum que passem de geração em geração. Por exemplo, podemos notar todos os homens da família reproduzindo um mesmo comportamento de seu genitor.

Na análise da Terapia Familiar Sistêmica, toda família é como um sistema, em que cada membro influencia o outro. Assim, sabe aquele conceito de “ovelha negra?”. Essa teoria da Psicologia entende que tal pessoa não é quem deve levar a culpa dos problemas, pois ela age influenciada pelo comportamento dos demais. Algumas vezes, ela chega a ser apenas a parte saudável e, ao mesmo tempo, mais sensível de todas.

Psicopatologia

Essa matéria é fundamental para toda faculdade de Psicologia. Em Psicopatologia, são abordados temas como neurose, psicose e perversão. Deles, originam-se distúrbios diversos, entre eles:

  • transtorno obsessivo-compulsivo;
  • fobias;
  • paranoias;
  • alucinações;
  • esquizofrenia;
  • sociopatia.

Costuma ser uma das matérias mais desafiantes aos estudantes. Afinal, muitas dessas patologias levam o paciente a cometer atos que vão contra os principais valores humanos. Porém, como bom psicólogo, o profissional deve procurar entender cada pessoa, dentro da sua história de vida, sem julgá-la.

Neuroanatomofisiologia

A matéria estuda o sistema nervoso e sua influência no organismo. Nela, é possível entender estruturas cerebrais, como:

  • hipotálamo;
  • lobo frontal;
  • lobo temporal;
  • lóbulo parietal;
  • lóbulo occipital;
  • cerebelo;
  • bulbo raquídeo.

Durante a disciplina, também é possível conhecer melhor como acontece a formação de neurônios e ligações sinápticas. O conhecimento é importante, pois dá a noção do papel de cada uma dessas áreas em nossos comportamentos, nossas emoções e em doenças, como o Mal de Alzheimer.

Psicofarmacologia

Psicofarmacologia também é uma disciplina importante na grade curricular de Psicologia. Ela estuda os efeitos de drogas e medicamentos no organismo. Entender o assunto é crucial, pois, em algum momento da carreira, será preciso lidar com atendimentos de dependentes químicos ou pacientes em uso de psicofármacos, a exemplo de ansiolíticos, antidepressivos e antipsicóticos.

Psicologia Organizacional e do Trabalho

O foco aqui é o uso da Psicologia nas empresas. Tem vários conceitos e preceitos sobre Gestão de Pessoas, como:

  • recrutamento e seleção;
  • entrevistas psicológicas e dinâmicas comportamentais;
  • avaliações de desempenho;
  • motivação e satisfação;
  • clima e cultura organizacional.

O estudante entenderá, por exemplo, razões para que os colaboradores tenham um desempenho aquém e como agir diante de cada situação. A matéria é umas das mais relevantes no mercado de trabalho de Psicologia, principalmente, para quem pretende atuar com a tendências de RH.

Então, nossa dica é ter um pouco de experiência nela, por meio de estágios. No Canal Conecta, nosso portal de empregabilidade, é fácil encontrar ótimas oportunidades nas melhores empresas, seja de emprego, seja de estágio profissional.

Orientação Profissional

Quem é fã de testes psicológicos se amarrará nessa disciplina, pois eles são muito usados para avaliar personalidade, predisposições, habilidades, inclinação profissional. A orientação profissional também se baseia em entrevistas, observações e elaboração de laudos. Diante disso, é possível auxiliar a pessoa na escolha de sua graduação e trilha de carreira.

Bem, fizemos a apresentação de apenas algumas matérias, lógico que a grade curricular de Psicologia da Pitágoras, em todas as modalidades de ensino, aborda diversas outras. Não se esqueça da sua integral dedicação às aulas, pois isso será um diferencial no sucesso na carreira de Psicologia, combinado?

Gostou de conhecer melhor sobre o nosso curso? Que tal aproveitar a oportunidade e fazer sua inscrição para o vestibular do Pitágoras? É possível fazer a sua prova online!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4 / 5. Número de votos: 7

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

pep

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.