8 estratégias para se tornar mais autoconfiante no dia a dia

jovens e estratégias para se tornarem mais autoconfiantes

O grande Renato Russo, em uma de suas composições, afirmou: “Se você quiser alguém em quem confiar, confie em si mesmo”. Essa frase pode ter uma série de interpretações, mas uma delas é bem simples: nós precisamos de nós mesmos para obter o sucesso que merecemos. Mas, afinal, como ser autoconfiante e colocar isso em prática?

A autoconfiança é uma característica em falta nos dias atuais. Vivemos em uma sociedade moldada pela mídia que, direta ou indiretamente, faz com que nós duvidemos de nossas próprias capacidades ao estarmos, constantemente, nos comparando uns com os outros. Em longo prazo, esse tipo de atitude é muito prejudicial para a saúde mental e para a vida profissional.

Pensando nisso, tiraremos um tempinho para discutir esse assunto. Ao longo de nossa conversa, descobriremos o que é a autoconfiança, quais são os benefícios de desenvolvê-la — e as consequências de sua falta — e conheceremos algumas dicas para nos tornarmos cada dia mais autoconfiantes. Boa leitura!

O que é a autoconfiança?

A autoconfiança é a capacidade que uma pessoa tem de confiar em seu próprio potencial. Por muito tempo, essa característica foi vista com maus olhos, por ser interpretada como arrogância ou falta de humildade.

Hoje em dia, no entanto, ela é extremamente valorizada no âmbito profissional. Além disso, são reconhecidos os seus benefícios para a vida pessoal e profissional. O pesquisador Brian Tracy, por exemplo, descobriu em anos de pesquisa que a autoconfiança é o principal elemento para o sucesso das pessoas.

Qual é a importância da autoconfiança no dia a dia?

Mas como a autoconfiança é importante para a nossa vida? Pode parecer bobagem, mas, quando acreditamos em nosso próprio potencial, conseguimos produzir muito mais e muito melhor. Alguns dos benefícios dessa característica incluem:

  • maior determinação;
  • melhores resultados;
  • melhor desempenho;
  • mais produtividade;
  • melhor capacidade de concentração e de memorização;
  • melhor comunicação com as outras pessoas;
  • mais autoestima para o dia a dia;
  • mais qualidade de vida e felicidade.

Vale a pena ressaltar, inclusive, que a autoconfiança é uma característica que pode ser desenvolvida. Por isso, nada de desanimar: se você ainda não é confiante, é possível desenvolver isso aos poucos. Mais à frente, daremos algumas dicas para alcançar esse objetivo!

Quais são as consequências de não sermos autoconfiantes?

Da mesma forma que ser autoconfiante traz uma série de benefícios, a falta dessa característica também pode trazer alguns prejuízos. O principal deles é, sem dúvidas, o bloqueio para atingirmos o nosso potencial de crescimento, que sempre ficará “à espera” devido às inseguranças geradas pela ausência de confiança.

Dessa maneira, podemos perder uma série de oportunidades, como uma boa vaga de emprego ou até mesmo várias situações em nossas vidas pessoais. Sendo assim, estimular e trabalhar essa característica pessoal é algo extremamente importante para o sucesso profissional e em outros âmbitos.

Afinal, como ser autoconfiante?

Agora, veremos algumas estratégias que podem nos ajudar a desenvolver a autoconfiança.

1.     Faça terapia

A terapia é um dos principais caminhos para o autoconhecimento. Com ela, aprendemos a lidar com questões como a ansiedade e descobrimos quais são as nossas fraquezas e pontos fortes, a fim de trabalhar essas questões com inteligência e eficiência. Lidar com o emocional é fundamental para a autoconfiança.

2.     Não se cobre demais

Evite colocar muita pressão sobre si mesmo. Muitas vezes, nos cobramos em demasia, o que faz com que não possamos atingir as nossas próprias expectativas. Pegue leve! Conheça o seu valor e comemore, pouco a pouco, as conquistas diárias. Assim, você será muito mais confiante ao longo de sua jornada.

3.     Acompanhe a própria evolução

Acompanhar a própria evolução também é algo muito importante. Você pode contribuir para isso, investindo, por exemplo, em cursos e em qualificações variadas para ampliar o seu conhecimento. Na Pitágoras, você terá uma série de opções de cursos para escolher e certamente encontrará um que é a sua cara! Além disso, não deixe de procurar outras formas de investir em você e na sua evolução, como participando de eventos profissionais.

4.     Não se compare com os outros

Já que falamos sobre o curso superior ideal para você, temos uma dica que não pode deixar de ser menciona: evite comparações. É a partir dela que nasce boa parte das inseguranças que minam a nossa confiança. Foque apenas sua própria vida e faça aquilo que for melhor para si. Cada pessoa tem um próprio caminho a trilhar, e as conquistas alheias não diminuem as suas!

5.     Saiba que errar é importante

Além disso, saiba também valorizar os erros que ocorrerem ao longo do caminho. Sim, você vai errar: isso é um fato. Os erros são fundamentais para que possamos aprender e identificar falhas e problemas que podem ser resolvidos. Assim, caminharemos rumo ao crescimento, um degrau de cada vez.

6.     Controle a ansiedade

Já falamos sobre ela, mas nunca é demais mencionar: a ansiedade é um grande problema e uma verdadeira inimiga do sucesso e da autoconfiança. Busque, além da terapia, alternativas para ajudar você com essa questão. Atividades físicas e investimento em hobbies variados podem ser boas opções para relaxar.

7.     Não busque a aceitação de outras pessoas

Além da comparação, a busca pela aceitação de outras pessoas também é outro problema muito recorrente e que deve ser evitado. Ainda que queiramos ser admirados pelos outros, saiba que, primeiramente, você mesmo deve estar orgulhoso de si. A opinião negativa de terceiros não é importante. Mantenha junto a si apenas quem apoia e impulsiona você!

8.     Trace metas concisas

Por fim, estabelecer alguns objetivos (de curto, longo e médio prazo) é também muito importante. Valorize as pequenas conquistas e saiba que elas levarão você rumo ao seu grande objetivo final. A cada meta conquistada, você estará mais perto daquilo que sempre sonhou e se tornará, dia após dia, mais confiante.

Agora que você já sabe como ser confiante e conhece a importância da autoconfiança para a sua vida pessoal e profissional, não perca mais tempo! Comece quanto antes a sua mudança de vida e, em breve, você colherá os resultados que a confiança trará para o seu dia a dia.

Para complementar o seu conhecimento sobre esse tema, sugerimos a leitura de nosso post sobre a importância da comunicação interpessoal. Saber comunicar-se é outro ponto muito importante para nos tornarmos cada vez mais capacitados e, claro, confiantes. Boa leitura!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.6 / 5. Número de votos: 11

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.