Como funciona o vestibular de Medicina? Veja 7 características

estudante de medicina

Ser médico é um sonho bem comum entre aqueles que desejam trabalhar na área da saúde. Além do prestígio da profissão, outros motivos incluem a possibilidade de salvar vidas, os salários promissores (com média de R$ 10 mil*), a alta demanda e a pluralidade de carreiras — afinal, existem mais de 50 especialidades médicas! Pra atuar como um, é preciso passar em um dos cursos superiores mais concorridos no Brasil.

Se você deseja seguir carreira como médico, alguns passos são importantes antes de saber tudo sobre Medicina. Buscar informações do vestibular, por exemplo, é uma delas. Entendendo as particularidades da prova agora, vai ficar bem mais tranquilo se preparar pra ela, né?

Pra te ajudar, a gente preparou este guia sobre como funciona o vestibular de Medicina, pra você ser aprovado de primeira aqui na Pitágoras. Vamos lá?

Tem a nota de corte mais alta

No vestibular, a nota de corte se refere à pontuação mínima pra passar ou avançar para as próximas etapas do processo. Ela vale tanto pra quem pretende ingressar na graduação por meio da nota do Enem quanto para os que vão prestar o exame direto pela faculdade.

Sabe quais são os critérios que definem esse conceito? Eles incluem:

  • instituição de ensino;
  • campus desejado;
  • curso escolhido;
  • turno do curso;
  • modalidade de concorrência.

Mas por que será que a nota de corte em Medicina é alta? A resposta é simples: ela é proporcional ao nível de dificuldade do processo seletivo. Afinal, esse é o sonho de muitos, por isso, o curso está entre os mais concorridos do país. Isso sem falar que o número de vagas disponibilizadas pra graduação não costuma ser alto nas faculdades.

Aborda conteúdos comuns

Os conteúdos cobrados no vestibular de Medicina são aqueles que fazem parte da grade curricular do ensino médio:

  • Português;
  • Inglês;
  • Matemática;
  • raciocínio lógico;
  • Ciências Humanas;
  • Ciências Físicas;
  • Ciências Biológicas;
  • redação.

Vale destacar que as matérias podem variar de acordo com a instituição de ensino. Por isso, é fundamental ficar de olho no edital — que inclusive é bem detalhado para o curso de Medicina!

Além disso, no vestibular particular de Medicina (ou seja, em faculdades privadas), é muito comum que o exame seja realizado de forma independente às demais graduações. Nesses casos, a prova geralmente cobra conteúdos diferentes e com maior nível de exigência.

Muda o peso de cada disciplina

Na prova de vestibular de Medicina, as disciplinas de Biologia, Química, Física e Matemática costumam ter um peso maior. Mas o que isso quer dizer? Na prática, significa que as questões dessas áreas do saber representam uma porcentagem mais significativa na nota final. Por isso, no exame, quanto melhor você se sair nessas matérias, melhor vai ser a sua pontuação.

O peso de cada disciplina pode variar de acordo com a faculdade. Essas informações estão especificadas no edital, que deve ser o seu principal aliado ao montar o cronograma de estudos. Lembre que, por se tratar de um curso concorrido e com nota de corte alta, saber definir prioridades é algo que faz toda a diferença na hora de conquistar a aprovação em Medicina, combinado?

Varia de acordo com a instituição

O vestibular para o curso também varia de acordo com a instituição. Algumas dividem o processo seletivo em etapas, outras disponibilizam opção de prova online, entrada por aproveitamento da nota do Enem e assim por diante. De qualquer forma, a aplicação dos exames segue uma dinâmica mais extensa, podendo durar até mesmo de 2 a 3 dias.

Isso porque as provas, no geral, incluem questões de múltipla escolha e discursivas referentes às matérias previstas no edital. Além, é claro, de uma redação.

Inclui questões dissertativas

A gente viu que existem as questões dissertativas no vestibular de Medicina, né? Diferentemente do modelo de múltipla escolha, elas pedem respostas escritas pelos candidatos com suas próprias palavras. Por isso, na sua rotina preparatória para o vestibular, é interessante treinar tanto por meio de simulados quanto por provas antigas. Essa é uma dica de ouro!

O que está em jogo nas questões dissertativas é a capacidade de organizar suas ideias e argumentar. Por isso, é fundamental saber justificar a resposta de forma completa, mostrando o raciocínio utilizado pra chegar ao resultado.

A 2.ª chamada e lista de espera são mais concorridas

A 2.ª chamada é a lista de candidatos que não entraram pra primeira seleção de aprovados, mas que são convocados a preencherem as vagas que não foram ocupadas. Isso porque passar no vestibular por si só não garante um lugar no curso escolhido.

Depois de ser convocado, é necessário efetivar a matrícula. Além disso, pode ser que ele desista ou opte por estudar em outra instituição de ensino, por exemplo.

Para o curso de Medicina, a lista de 2.ª chamada acaba sendo bem extensa e disputada. Os candidatos que não forem selecionados de primeira devem ficar de olho nela pra não perderem a vaga caso sejam convocados.

Os critérios de desclassificação são mais rígidos

Como já era de se esperar, os critérios de desclassificação para o curso de Medicina costumam ser bem mais rígidos. Isso também vale caso você esteja concorrendo uma bolsa para Medicina, ok? É claro que, mais uma vez, cada faculdade tem suas próprias regras ao aplicar o vestibular.

Mas corre o risco de perder a vaga aquele candidato que não tiver uma porcentagem da nota máxima ou não conseguir a pontuação mínima na redação.

Agora, aqui vai uma dica importante: fazer uma graduação de qualidade é essencial. Então, se prepare pra prova de uma instituição que realmente atenda às suas necessidades. Aqui na Pitágoras, a gente te oferece não só excelência no ensino, mas formas de ingresso facilitadas, parcerias com financiamento privado (como o financiamento da Creditas) e até desconto na faculdade de Medicina. Isso sem falar nos benefícios exclusivos, como o Canal Conecta.

Agora você já sabe como funciona o vestibular de Medicina e está por dentro das principais particularidades do exame. Como deu pra perceber, o processo é pra lá de competitivo se comparado ao de outras graduações. Mas nada de se desanimar! Com uma boa rotina preparatória, bastante dedicação, muito foco e, o principal, sem pânico, conquistar o tão sonhado diploma de médico é mais que possível.

E que tal dar esse passo importante rumo ao sucesso com a gente na Pitágoras? Aproveite que está aqui e faça agora mesmo a sua inscrição para o vestibular!

*Sujeito a alteração

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content