O que é preciso para seguir na carreira militar?

militares em fila

O sonho de muitos jovens é o de se desenvolver em uma carreira militar. A escolha por esse caminho vai além da questão do patriotismo, já que ela também proporciona crescimento pessoal e profissional a quem escolhe segui-lo.

Esse é um de seus objetivos de carreira? Então, fique conosco! Neste post, vamos entender o que é preciso fazer para conquistar sua oportunidade com as seguintes etapas:

  • escolher entre as opções existentes de carreira militar;
  • capacitar-se para escolher as melhores vagas;
  • ser aprovado nos processos seletivos.

Boa leitura!

Escolha entre as opções de carreira militar

Você já deve saber o que é a carreira militar, não é mesmo? Mas é bom reforçar que as Forças Armadas do Brasil têm como principal objetivo zelar pela lei, pela ordem e pela soberania do Estado. Para isso, contam com 3 organizações a nível nacional, mais 2 que atuam a nível estadual.

O primeiro passo para ingressar nessa carreira é escolher qual caminho é mais adequado para o seu perfil, de acordo com as opções disponíveis, que explicaremos abaixo.

Exército

O Exército é a instituição militar responsável pela atuação por meios terrestres. Ela conta com o auxílio de tanques, carros blindados e artilharia de guerra, além do Comando de Aviação, que opera os helicópteros utilizados para transporte de militares e apoio a operações.

Marinha

A Marinha é a instituição militar responsável por zelar pelas águas dos rios e dos mares do Brasil. Sua frota inclui navios, submarinos e barcos, que ajudam na defesa do litoral do país, bem como no acesso a comunidades ribeirinhas mais afastadas, principalmente na região amazônica.

Aeronáutica

A Aeronáutica é a instituição militar que cuida do espaço aéreo brasileiro. É função dela cuidar da segurança nos ares, controlar o fluxo de aeronaves e proteger o país de possíveis invasões ao território nacional.

Polícia Militar

A Polícia Militar de cada estado é responsável pela segurança física e material dos cidadãos. São esses policiais que cuidam da ordem nas ruas das cidades e têm o poder de intervir com a força — inclusive com emprego de armamento, em situações de risco à vida e à integridade de uma pessoa.

Corpo de Bombeiros Militar

O Corpo de Bombeiros Militar é a organização responsável pela segurança à vida dos cidadãos, principalmente no que diz respeito à prevenção e ao combate a incêndios e resgate de vítimas de acidentes de diversas naturezas.

Capacite-se para ocupar as melhores vagas

As opções para a entrada na carreira militar são muitas, mas não pense que isso significa facilidade de ingresso. Muito pelo contrário: é preciso preparar-se adequadamente para aumentar as suas chances e também para conquistar melhores cargos.

Mesmo depois de ingressar, o foco nos estudos deve ser mantido, pois ele é obrigatório em alguns cargos e pode facilitar a ascensão em outros casos. Veja algumas graduações que se destacam na carreira militar.

Graduação na área da saúde

Todas as organizações militares citadas no tópico anterior precisam de pessoas habilitadas na área da saúde. Para quem sempre pensou em fazer um estágio no setor público, as Forças Armadas unem o útil ao agradável.

Alguns dos cursos mais requisitados são:

Graduação em Engenharias

Os cursos da área de Engenharia são os mais disputados dentro da carreira militar. Algumas instituições oferecem a formação própria, mas existem formas mais fáceis e igualmente eficientes de obter o diploma para concorrer a um cargo nas Forças Armadas.

Veja algumas opções:

Graduação em áreas administrativas

Além dos cargos mais técnicos e especializados, existem os administrativos, que são essenciais para o bom andamento dessas organizações. Nesses casos, a graduação pode ser feita após o ingresso na área militar escolhida, aumentando as chances de promoções e subidas de patentes.

Os cursos mais frequentados nesses cenários são:

Seja aprovado no processo seletivo

A entrada de pessoas na carreira militar pode acontecer de duas formas distintas. A primeira é com o alistamento militar obrigatório. Apenas os homens, ao completarem 18 anos, devem se apresentar ao Exército para cumprir essa exigência. Nem todos que se apresentam são convocados ou que completam o período de serviço dão seguimento à profissão.

A segunda forma é por meio de concursos públicos. Cada entidade lança editais específicos com exigências que condizem com a necessidade atual de preenchimento de vagas. Entretanto, todas elas têm algumas diretrizes em comum, como você confere a seguir.

Prova escrita

A prova escrita tem caráter eliminatório e classificatório e, em geral, constitui a primeira etapa do concurso militar. Para os cargos que exigem o ensino médio como escolaridade mínima, é cobrado o conhecimento nas disciplinas que compõem a grade curricular comum, bem como alguns temas em legislação.

Por outro lado, as provas para quem almeja um cargo de ensino superior são mais específicas. Além de conteúdos mais genéricos, como Português e Matemática, serão cobradas as matérias relacionadas à área escolhida.

Testes físicos

Para encarar os desafios de trabalhar como militar, é fundamental estar com uma boa saúde e com o condicionamento físico em dia. Inclusive, uma das etapas consiste em testes de aptidão que têm caráter eliminatório. As provas incluem corrida, flexões e, nos casos de Bombeiros e da Marinha, a natação.

Exame psicológico

Além das condições físicas, o estado de saúde mental também é avaliado antes de iniciar a carreira militar. O exercício da profissão nessas entidades é bastante rigoroso e intenso — em casos de necessidade de uso da força, como em situações de guerra ou de emergência, a pressão é muito grande.

Os profissionais das Forças Armadas precisam estar em plenas condições mentais, com consciência de seus atos. Por isso, o exame psicológico também é de caráter eliminatório.

Ter menos de 30 anos

Se você pretende seguir carreira militar, fique atento à idade limite para ingresso. Com exceção de cargos muito específicos, relacionados à área da saúde e em situações pontuais, o cidadão só pode alistar nas Forças Armadas até os 30 anos. Essa é uma exigência que está relacionada aos tipos de atividades que podem ser exigidas no decorrer dos anos — o corpo precisa estar apto a responder à altura, não é?

Enfim, se você tem mais de 18 anos e ainda não completou 30, ainda tem chances de se tornar um militar. Escolha qual das carreiras pretende seguir, invista na preparação para as provas e exames e vá em busca do seu sonho!

Gostou das dicas? Que tal começar a colocar uma delas em prática ainda este ano? Confira, neste outro post, quais são as portas que um diploma de Direito pode abrir para você, inclusive na carreira militar!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.6 / 5. Número de votos: 14

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content