Como funcionam os cálculos no curso de Engenharia Mecânica

estudante fazendo cálculos na lousa

Quem se prepara pra entrar na faculdade de Engenharia — Mecânica, Civil, Computação e muitas outras — já deve ter em mente que os números dominam boa parte das disciplinas. Os cálculos de Engenharia Mecânica estão nos estudos de Álgebra, Equações, Estatística, Geometria, Termodinâmica, entre os demais temas que compõem a área das Ciências Exatas.

Afinal, o curso de Engenharia Mecânica da Pitágoras habilita os futuros profissionais a buscarem as melhores soluções para o seu escopo de trabalho a partir dos cálculos matemáticos. Por isso, este será o tema do nosso post!

A gente vai te mostrar a importância da disciplina, além de passar por outros temas que fazem parte da grade curricular. Além disso, no final, está cheio de dicas pra você organizar os seus estudos durante a graduação e, assim, assimilar o conteúdo da melhor forma. Boa leitura!

Como funcionam os cálculos no curso de Engenharia Mecânica?

Quando falamos da aula de cálculo na Engenharia, a discussão pode ser bem ampla. Isso acontece porque os números integram boa parte da grade curricular do profissional de Exatas. É o caso, por exemplo, da Engenharia Civil e Mecânica, entre tantas outras áreas — Ambiental, Agrícola, Aeronáutica, Computação, Materiais, Elétrica e por aí vai.

Se você estiver se perguntando como é o curso de Engenharia Mecânica, saiba que é nele que vamos focar. Afinal, cada área demanda cálculos específicos. Os da Mecânica contemplam um ramo da Matemática, que estuda as variações de grandeza, conceitos de limites, acumulação de quantidades, entre outros.

Se você quer saber tudo sobre Engenharia Mecânica antes de fazer a sua inscrição aqui na Pitágoras, é importante entender o papel das disciplinas matemáticas na sua formação profissional. Uma boa rotina de estudos, dedicação e foco vão ser essenciais pra guiar a sua trajetória na graduação.

Por meio dos cálculos, os engenheiros conseguem encontrar as soluções mais eficazes pra resolver desafios do dia a dia, além de potencializar o funcionamento das máquinas. Os números também contribuem com a área administrativa:

  • pesquisa para o desenvolvimento de protótipos de máquinas;
  • gerenciamento dos processos de produção;
  • desenvolvimento de projetos para as mais diferentes linhas de produção;
  • maior valor, suporte técnico especializado e potencial de vendas.

Como é a grade curricular do curso?

O valor da faculdade de Engenharia Mecânica vai muito além da mensalidade. Afinal, a grade curricular contribui pra uma formação altamente valorizada no mercado de trabalho. Aqui na Pitágoras, as disciplinas estão divididas a partir de 3 pilares de conhecimento: bases pra Engenharia, formando o engenheiro e preparando para o futuro.

Cálculos estão presentes nas diferentes fases da graduação, do início ao fim, mas não em todas as matérias. Entre as principais, a gente pode citar:

  • Administração e Economia para Engenheiros: visão macro e micro do cenário econômico, temas em alta no universo das finanças (nacional e internacional);
  • Cálculo Diferencial e Integral I, II e III: conceitos matemáticos do cálculo, como variáveis, funções, derivados, limites, equações diferenciais;
  • Desenho Técnico e Desenho Técnico Mecânico: tipos de representação, projeções de peças, escala, perspectiva, montagens mecânicas;
  • Física Geral e Experimental –– Energia e Mecânica: leis de Newton, rotação, equilíbrio;
  • Geometria Analítica e Álgebra Vetorial: coordenadas cartesianas, produto escalar e vetorial, retas e planos, distância e ângulo;
  • Probabilidade e Estatística: análise exploratória de dados, eventos condicionados, variáveis aleatórias, testes de hipóteses e de aderência;
  • Termodinâmica: comportamento termodinâmico, eficiência, calor, conservação de massa e energia.

No início, durante a construção da base pra Engenharia, os nossos alunos têm contato com disciplinas básicas da Matemática, Física e Química. No decorrer da graduação, o currículo se torna mais específico e busca aprofundamento nos cálculos de Engenharia Mecânica. Assim, dá pra adquirir os conhecimentos necessários pra carreira. Legal, né?

Como se dar bem nos estudos da graduação em Engenharia Mecânica?

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a disciplina, vamos às dicas para cálculos de Engenharia Mecânica. Dedicar algumas horas diárias aos estudos é importante, mas pra mandar bem e tirar de letra todas as aulas dominadas por números, é preciso ir além. Então, como potencializar o seu aprendizado? É o que a gente mostra a seguir.

Crie um cronograma de estudos

A primeira dica é uma das mais importantes, porque é ela que guia os próximos passos. Criar um cronograma de estudos é o ponto de partida pra extrair o máximo do seu rendimento. Isso deve ser feito de acordo com o tempo que você tem disponível, isto é, no seu ritmo.

De nada adianta passar horas na frente dos livros. O que importa é a qualidade dos estudos. Portanto, estipule dias e horários fixos pra estudar cada disciplina, com pausas pensadas e momentos de revisão. Lembre de conciliar com outras atividades do dia a dia. Assim, você evita sobrecarga, ganha produtividade e ainda absorve melhor o conteúdo.

Reforce o conteúdo estudado

Ao terminar uma disciplina, não significa que ela deve ser esquecida. É sempre bom revisar o conteúdo pra mantê-lo fresquinho na mente. Por isso, não se esqueça de incluir momentos de revisão entre uma matéria e outra. Você pode até fazer resumos com os pontos principais pra consultar sempre que chegar a hora de revisar.

Outra dica é buscar um equilíbrio. Pra disciplinas que tiver maior dificuldade, reserve mais tempo. Também tente começar por elas no seu plano de estudos, porque você vai ter um período maior pra assimilar o conteúdo.

Utilize técnicas de memorização

Sabia que uma boa memória e uma mente saudável potencializam o seu aprendizado? Mas quando falamos em memorização, não se trata de “decoreba”. Quem memoriza vai além de decorar, consegue realmente absorver o conteúdo e aplicá-lo nos mais diferentes contextos. Pra chegar nesse ponto, se liga nas dicas:

  • repasse tudo o que aprender em sala de aula pra reter as informações;
  • use os três tipos de memória — visual (gráficos, mapas mentais), auditiva (leitura em voz alta) e cinestésica (sensações, lembranças, cheiros, lugares);
  • faça anotações do que achar relevante sobre um determinado tema;
  • crie materiais complementares como resumos, mapas mentais, enfim, tudo que puder te ajudar a fixar o conteúdo.

Pratique os cálculos aprendidos

Por fim, a última dica também pode ser implementada como uma técnica de memorização. Já ouviu o termo “learn by doing”? Em tradução livre, significa aprender fazendo. Então, sempre que avistar um novo cálculo, resolva exercícios até chegar ao ponto de adaptar a solução pra qualquer tipo de problema.

Os cálculos de Engenharia Mecânica podem parecer complexos no início, mas com a prática tudo tende a ficar cada vez mais simples. Até o final do curso, o que era difícil se torna parte do seu dia a dia –– principalmente pra ir em busca dos salários médios de R$ 9 mil*.

Sem contar que, aqui na Pitágoras, você encontra todo o suporte que precisa pra potencializar o seu aprendizado, desenvolver todos os conhecimentos necessários pra profissão e trilhar a sua carreira no mercado de trabalho. Vencidos os cálculos, dá até pra focar em encontrar um estágio ou emprego com ajuda exclusiva do Canal Conecta, né?

Então, o que acha de ingressar no nosso curso de Engenharia Mecânica? Faça já a sua inscrição e invista na sua qualificação profissional.

*Sujeito a alteração

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content