Como conseguir uma bolsa de estudos em Psicologia?

estudante de psicologia

Quer se formar como psicólogo, mas não tem certeza se essa faculdade está acessível para você? Não se preocupe! Assim como em outras graduações, é possível obter uma bolsa de Psicologia com desconto parcial ou até mesmo total da mensalidade, ou seja, você faz o curso completo sem precisar pagar por ele.

Com a formação, você pode conquistar salários de R$ 2.761,60 para 33 horas trabalhadas em clínicas. Ficou interessado? Então, saiba que existem diversas formas de obter uma bolsa em Psicologia, como:

  • inscrever-se no Enem;
  • concorrer ao Prouni;
  • obter bolsas institucionais;
  • participar de convênios da empresa;
  • solicitar financiamentos estudantis.

Você pode até mesmo tentar mais de uma alternativa ao mesmo tempo, aumentando suas chances de se profissionalizar e ingressar no mercado de trabalho em Psicologia. Quer mais detalhes? Então, continue lendo para conferir como conquistar essas bolsas e as vantagens de cada um dos programas.

Faça inscrição para o Enem

Se você já decidiu que quer ingressar no ensino superior, o próximo passo é fazer a sua inscrição para o Enem. Isso porque, com a nota do Exame Nacional do Ensino Médio, você consegue participar de diferentes programas para obter a bolsa de Psicologia que tanto deseja. Esse é o caso do Prouni e do FIES, que são oferecidos pelo governo.

Além disso, muitas faculdades aceitam o Enem como forma de ingresso. Assim, você não precisará fazer o vestibular e ainda conta com a vantagem de que essa nota tem validade de 3 anos. Mesmo que pretenda iniciar a sua graduação no próximo semestre ou no ano seguinte, pode aproveitar a sua pontuação.

Participe do Prouni

O Prouni (Programa Universidade para Todos) é uma iniciativa do Governo Federal que oferece bolsas com 50 ou 100% de desconto para pessoas com renda familiar mais baixa. No primeiro caso, para aqueles que recebem até 5 salários-mínimos por pessoa e, no segundo, até 3 salários-mínimos.

Além de preencher esse requisito, para participar do Prouni de Psicologia, você não pode ter outro diploma de ensino superior e precisa da nota do Enem. Isso porque a seleção dos candidatos é feita com base na pontuação alcançada: quanto maior, melhores são as suas chances.

Não se esqueça de que também existe nota de corte no Prouni. Um dos requisitos, nesse caso, é alcançar uma pontuação mínima de 450 para se inscrever. Em algumas faculdades, a nota de corte pode ultrapassar 700 pontos.

No entanto, isso varia, uma vez que o cálculo dessa nota considera 4 elementos:

  • o número de candidatos que desejam uma vaga no curso;
  • a quantidade de bolsas disponíveis para aquela graduação;
  • a faixa de renda familiar;
  • a escola de origem (pública ou privada).

De toda forma, o ideal é que você se prepare bem para o Enem. Seja visando a uma vaga do Prouni ou um financiamento, seja em busca da utilização da nota para substituir o vestibular, precisará de uma boa pontuação para aumentar as suas chances de aprovação.

A grande vantagem do Prouni é a possibilidade de você fazer uma faculdade particular perto da sua casa e totalmente de graça. Além disso, o programa conta com duas edições por ano, aumentando suas chances de conquistar uma vaga.

Procure faculdades que ofereçam bolsa para Psicologia

Não é somente por meio dos programas do governo que você pode obter uma bolsa para Psicologia. As faculdades também disponibilizam esse benefício por meio de iniciativas internas. Então, é válido fazer uma boa pesquisa procurando por aquelas que ofereçam esse incentivo.

Entretanto, não se esqueça de que, para ter sucesso na carreira de Psicologia, é fundamental escolher uma boa instituição de ensino. Sendo assim, sua pesquisa precisa considerar a qualidade do ensino da faculdade, sua presença no mercado de trabalho, o suporte oferecido aos alunos, entre outros aspectos.

No curso de Psicologia aqui da Pitágoras, você tem o suporte de professores bem preparados que trabalham com uma grade profissionalizante completa. Além disso, a faculdade disponibiliza diversos programas de créditos universitários, para que você possa ingressar no ensino superior sem se preocupar com mensalidade.

Participar desses programas oferecidos pela instituição de ensino tem a vantagem de que a concorrência pode ser menor. Em muitos casos, não existem limites de vagas, e as regras para participação não são rigorosas, contemplando uma quantidade maior de estudantes.

Confira se a empresa em que trabalha oferece convênio

Da mesma forma que as empresas fazem convênios com estabelecimentos como farmácias e academias, elas apostam em parcerias com instituições de ensino superior. Com isso, seus colaboradores podem cursar uma graduação obtendo benefícios exclusivos.

Confira com o setor de RH da empresa em que você trabalha se ela também oferece esse tipo de vantagem para os funcionários. Verifique também quais são as faculdades que estão disponíveis, bem como os pré-requisitos ou regras para participar desse programa de incentivo.

Tentar uma bolsa na faculdade de Psicologia junto da empresa em que trabalha é a demonstração da sua vontade de progredir profissionalmente. Novas portas podem se abrir e haverá interesse em preservar um talento promissor, o que garante o seu emprego.

Considere a possibilidade de um financiamento e parcelamento

A relação entre duração e valor da faculdade de Psicologia costuma ser um dos motivos de dúvidas para quem sonha em seguir por essa área. Afinal, trata-se de um curso presencial com uma grade curricular muito rica e que exige dedicação.

Mesmo assim, esse curso é acessível para você, porque existe a possibilidade de obter uma bolsa de estudos de Psicologia por meio do financiamento estudantil. Nesse caso, você paga apenas uma parcela bem pequena da mensalidade e o restante somente depois que já estiver formado. Veja duas opções.

FIES

O FIES é um financiamento oferecido pelo governo. Para participar dele, é preciso que você tenha feito o Enem, pois a nota do exame é a base para a seleção dos candidatos. Além disso, é considerada a renda familiar para verificar quem tem ou não direito de participar do programa.

PEP

Uma opção mais vantajosa para bolsa na faculdade de Psicologia é o PEP (Parcelamento Estudantil Privado). Esse é um benefício oferecido por algumas faculdades particulares para todos os alunos matriculados em uma de suas unidades. Ou seja, não existe distinção nem processo seletivo: todos podem participar.

O PEP é solicitado no ato da matrícula, sem a necessidade de apresentar documentos ou ir a bancos. O estudante só precisa manifestar o desejo de parcelar a faculdade. Então, ele poderá obter um desconto na faculdade de até 70%*, e o restante é pago depois de se formar, sem acréscimo de juros.

Lembrando que você não precisa escolher apenas uma dessas opções, porque pode tentar a sua bolsa de Psicologia participando de todas essas alternativas simultaneamente. Assim, terá diversas chances de conquistar a sua vaga e dar início a tão sonhada graduação.

Já que está se preparando para atuar na área de Psicologia, veja este outro artigo que mostra 8 pontos do Código de Ética do psicólogo que você precisa conhecer.

*Sujeito a alteração

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3.7 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

pep

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.