Auxiliar de Enfermagem: o que ele faz na prática?

auxiliar de enfermagem

Já pensou em trabalhar na área da saúde? É bem provável que você veja no noticiário o quão importante é esse segmento pra sociedade. Quando ele entra em colapso, todos os outros setores sofrem. Isso oferece ao profissional que segue por esse caminho grande importância e muitas oportunidades pela frente. Além da graduação em Medicina, o curso de Enfermagem recebe cada vez mais alunos.

Mas você já pensou na carreira específica de auxiliar de Enfermagem? Nesse artigo, a gente vai te explicar melhor sobre essa profissão, como é o dia a dia do profissional e o curso. Continue a leitura pra conferir!

O que é o auxiliar de Enfermagem? 

Antes de falarmos quais as tarefas da rotina de um auxiliar de Enfermagem, vamos conhecer mais sobre essa profissão. Existem três profissionais ligados à área: o técnico, o enfermeiro e o auxiliar.

Por conta do tempo menor de curso, esse último tem uma atuação que o prepara pra realização de procedimentos técnicos que são menos complexos que os que são executados pelos outros dois grupos. 

Cabe a ele realizar higienização de pacientes, alimentação deles, fazer a manutenção de curativos, entre outras funções. Pra atuar como auxiliar, é essencial ter um curso profissionalizante, que dura em média 15 meses. Não é preciso estar com o ensino médio completo, mas sim cursando a partir do segundo ano.

O salário de um auxiliar de Enfermagem é de R$ 1.776,42*. Enquanto isso, um enfermeiro com graduação tem a média salarial de R$ 3.419,46*.

O que faz um auxiliar de Enfermagem? 

Pra te responder essa pergunta, a gente fez uma lista com as principais tarefas que um auxiliar de Enfermagem tem na área da saúde!

Atendimento básico nas unidades de saúde

Sabe os postos de saúde das cidades? Eles são considerados Unidades Básicas de Saúde (UBS). É neles que acontece o que a gente chama de atenção primária, em que as pessoas recebem assistência. 

Os auxiliares de Enfermagem são profissionais essenciais nesses ambientes, que concentram ações de promoção, prevenção e tratamento à saúde. Cabe ao profissional fazer tarefas como a administração de medicamentos orientados pelos médicos, realização de exames simples (sangue, por exemplo) e de curativos, esterilização de instrumentos e equipamentos. Ele trabalha como um verdadeiro apoio aos técnicos, enfermeiros e médicos, tendo um papel importante nessas unidades.

Administração de remédios orientados pelo médico

O sistema de medicação tem uma série de processos interligados, o que exige um bom planejamento pra facilitar a administração aderente às demandas de um paciente, por exemplo. O auxiliar é o profissional que aplica esses fármacos no organismo por meio das várias vias possíveis e de acordo com a proposta terapêutica que o médico determinou.

Pra garantir essa administração correta do medicamento, é importante que o profissional identifique o paciente, saiba a diluição desses produtos, se há incompatibilidades entre os medicamentos a serem utilizados, além da dose certa e a frequência. Geralmente, essas informações vêm nas receitas dadas pelos médicos, cabendo ao auxiliar de Enfermagem realizar a tarefa. 

Realização de exames simples

Nos manuais de procedimentos básicos dos profissionais da área de Enfermagem, a realização de exames simples está como uma das principais tarefas dos auxiliares –– o que envolve muito mais do que a coleta. O trabalho começa na orientação ao paciente sobre como será realizada a coleta e o tempo pra que os resultados saiam. 

O auxiliar de Enfermagem também faz a rotulação de frascos e precisa estar atento à técnica mais indicada pra coleta do exame. Depois de seguir para o biomédico, ele realiza o registro no prontuário, caso o paciente esteja internado, assinando um documento sobre o procedimento realizado. 

Auxílio na higiene dos pacientes

Geralmente, um paciente doente tem menor resistência à infecção, estando mais exposto a bactérias e micróbios. Por isso, é importante que receber uma higienização adequada, já que nem sempre ele consegue fazer isso sozinho. O auxiliar de Enfermagem é o profissional indicado pra ajudá-lo. 

Existem diferentes etapas: 

  • higiene oral: cuidado com a escovação ou outro tipo de limpeza dental, pra prevenir acúmulo de restos alimentares, cáries e outras infecções;
  • higiene corporal: com procedimentos como banho de leito, a ideia é dar conforto e trazer bem-estar ao paciente, além de relaxamento muscular e estímulo da circulação corporal.

Cabe ao auxiliar entender as necessidades de cada paciente, pra oferecer a higienização mais adequada.

Imobilizações e cuidados com curativos

A parte de imobilizações e cuidado com curativos também é uma função atribuída ao auxiliar de Enfermagem. Se você pensa em seguir por esse caminho, é importante ter mente que aprenderá tudo sobre assepsia de machucados –– ou seja, correta limpeza deles, como fazer os curativos e a imobilização mais adequados, especialmente, em procedimentos médicos dentro de hospitais. 

Por exemplo, o profissional precisa saber qual o tipo de curativo funciona melhor pra cada momento. Existem diferentes tipos, como o semioclusivo, oclusivo, compressivo e aberto. O responsável deve avaliar as feridas e junto do médico e enfermeiro. 

Coleta de materiais e controle de estoque

Um dos conhecimentos mais importantes para o auxiliar de Enfermagem é sobre como realizar a coleta de materiais e fazer o controle de estoque. O profissional é um dos principais responsáveis por realizar a coleta de materiais utilizados em diferentes procedimentos médicos e organizar pra que o médico possa utilizar ou mesmo descartar após o uso. 

Além disso, você precisa saber sobre gestão. Isso porque é necessário controlar o estoque de elementos como gazes, curativos, ataduras, seringas, bem como medicamentos. Dependendo do local em que for trabalhar, deve passar ao setor de compras a necessidade de tais itens.

Esterilização de instrumentos e equipamentos

Um conhecimento importante pra área de Enfermagem e que o auxiliar vê em seu dia a dia é sobre a esterilização de instrumentos e equipamentos. De acordo com normas da Organização Mundial da Saúde (OMS) e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), existem regras e melhores práticas pra utilização e limpeza dos instrumentos médicos. 

Por exemplo, o profissional deve conhecer diferentes processos: 

  • desinfecção; 
  • esterilização; 
  • degermação; 
  • sanificação; 
  • limpeza.

Cada um deles tem uma função específica, mas, de maneira geral, todos focam na assepsia –– reduzir ou evitar a disseminação de agentes infecciosos. A gente sabe que nos hospitais todo o cuidado é pouco por ser um local onde circulam doenças, bactérias e outros agentes nocivos à saúde. 

Como funciona o curso Enfermagem? 

Lá no início do texto, a gente falou que o auxiliar é um profissional que atua numa parte simples dos procedimentos médicos. Nesse sentido, fazer uma graduação e saber tudo sobre o curso de Enfermagem pode te dar uma base muito mais ampla de atuação. Afinal, vai trabalhar diretamente na linha de frente do atendimento médico. 

Pra isso, é necessário ter uma boa formação. Aqui na Pitágoras, você pode fazer seu curso, tendo profissionais conceituados como professores, além de toda a estrutura de aulas práticas, pra vivenciar na prática a rotina de um enfermeiro.

Chegou a sua vez!

Quem sonha em ser estudante de Enfermagem na Pitágoras ainda tem uma série de possibilidades de ingresso na instituição, além da possibilidade de bolsa para Enfermagem. Lembrando que essa área é bastante promissora e tem demandado cada vez mais profissionais de qualidade e com conhecimento aprimorado sobre cuidados com a saúde. Então, é uma boa oportunidade pra começar a se preparar. 

Quer saber como? Inscreva-se no vestibular da Pitágoras!

*Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content